Convivendo

Nasce uma Nova Estrela no Firmamento

Wilian Lichtenthäler

Nesse texto gostaria de falar sobre a perda de nossos entes queridos e a repercussão dentro do íntimo de cada pessoa. As vezes a notícia é avassaladora, sem que de imediato consigamos discernir o que está acontecendo dentro de nós, a dor começa a sufocar, uma imensa tristeza e vazio surgem de uma hora para outra e nunca nos foi ensinado como lidar com isto, e nem entendemos o porquê dessa avalanche de fatos que sem dúvida abala nossas estruturas, principalmente emocionais.

E agora, como será a vida sem essa pessoa que tanto amo, que tanto bem e amor nos cumulou no transcorrer de todos esses anos, o carinho, a companhia, as conversas, o aconchego da presença e aí percebemos que uma parte de nós também morre juntamente com todos os sonhos que tínhamos planejado juntos… Que dor incomensurável, que aperta o peito e faz que a cada dia a falta seja maior.

mulher consolando outra em luto

Desde minha infância acreditei que cada ser amado que partia era uma nova estrela no firmamento do céu de Deus, e ainda hoje tenho essa convicção, que o Criador em tudo tem uma razão de ser, “aqueles que as vezes pensamos que foram antes do combinado”, nada mais fizeram que terminarão suas tarefas aqui no nosso mundo e seguem realizando outros trabalhos e olhando por nós do mais alto.

Você também pode gostar de:

Isso faz com que a tristeza comece a desaparecer e que vai se transformando ou transmutando em saudades, daquilo que vivenciamos com eles.

Perdas não são fáceis de assimilarmos, principalmente daqueles a quem amamos, mas precisamos continuar pois a vida nos pede que sigamos em frente, naquilo que a vida nos trouxer de melhor daqui em diante, não é uma substituição e sim ter que continuar mesmo com a dor. E é importante entender que precisamos de ajuda, de amigos, de orientação, e compreensão de nossas feridas.

Existem outros tipos de perdas, emprego, de nossa saúde, de nosso pet, que também causam um grande abalo em nosso ser, mas acredito que se a vida permitiu que se tivéssemos estes, era para que aprendêssemos que nada é eterno e que tudo passa, e precisamos entender isso e deixar que tudo flua para onde deve ir.

mulher em luto

Para finalizar, gosto muito de um trecho do poema de Fernando Pessoa onde ele diz: “Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena”, que usemos a frase para fortalecermos nosso interior para continuação da nossa jornada e sabedores que estes seres queridos estarão todos os dias conosco dentro do nosso coração.

Sobre o autor

Wilian Lichtenthäler

Wilian Lichtenthäler

Formado pela Universidade Metodista de São Paulo em Administração de Empresas.

Completei cursos de extensão na área de saúde: Psicanálise e Análise /Medicina Tradicional Chinesa / Terapia Ortomolecular.

Tenho mais de 20 anos de experiência atuando como Psicanalista / Analista Clínico e Terapeuta Transpessoal. Foco em distúrbios de ordem Mental, Física e Emocional. Além de experiência de mais de 2 décadas em Medicina Tradicional Chinesa, tendo como especialidades áreas Ginecológicas, Neurológica, Psicológica e Reumatológica.

Possuo conhecimento de Terapias Complementares para o reequilíbrio dos pacientes mediante uso de técnicas como Massoterapia, Cromoterapia, Tuína, Do-in, Shiatsu e Terapia Ortomolecular. Além de conhecimento em Fitoterapia Chinesa, Brasileira e Florais de Bach e Quântico como complemento em tratamentos de casos crônicos e agudos e na prevenção de enfermidades.

Ministro Palestras e Aulas focadas principalmente às áreas de atuação em especial, Medicina Tradicional Chines, Psicanálise & Análise Psíquica, Florais de Bach, e ligadas ás áreas comportamentais.

Celular: (11) 99938-9122 (WhatsApp)
Facebook:www.facebook.com/wilianlichte
Blog: wilianlichte.blogspot.com
Skype: wilianlicht