Convivendo

O Justiceiro

Escultura de Rei Davi.
rafaelbenari / 123rf

Davi, Rei dos Hebreus, teve alguns filhos, de diferentes esposas. Amnom, o mais velho, Quilíade, Absalão, Adonias, Tamar, Salomão, dentre outros. Absalão era irmão puro de Tamar (filhos de Maacá), era uma pessoa com uma notável beleza, chamava a atenção de todos, sua vaidade estava em seus cabelos longos, ele nutria uma grande admiração por seu pai, sendo mútua.

Absalão era o terceiro filho de Davi, nasceu por volta de 1000 A.C. e morreu em 967 A.C. Teve quatro filhos, três meninos e uma menina. Tinha uma ótima relação com seu pai, existia muito amor entre eles. Além do mais, tinha um zelo por sua irmã mais nova: Tamar, no entanto, seu irmão mais velho, Amnon sentia outro tipo de sentimento por sua meia-irmã, essa relação gerou problemas na família e principalmente no Reino.

Amnom, inflado de desejo por sua irmã, estupra-a. Passado algum tempo, Absalão fica sabendo e resolve se vingar do irmão: mata-o numa emboscada, porém isso ocorreu anos depois. Davi fica sabendo do ocorrido e é tomado pela dor, sacerdotes e conselheiros querem que ele condene Absalão à morte, no entanto ele não tem coragem de fazer isso com seu filho, não colocando objeções no exílio de três anos dele, haja vista que teria a oportunidade de pensar na ação praticada e retornar a Jerusalém perdoando o seu irmão falecido e o mais importante: o autoperdão.

Escultura de Rei Davi.
Martin Völcker / 123rf

Absalão poderia ter reconhecido que era errado retirar a vida de alguém, e o pior: seu irmão, porém estava tomado de raiva e ódio, sentia-se injustiçado, porque, no seu entender, sua atitude tinha sido certa. Então, no tempo em que ficou isolado, começou o plano de se tornar Rei, tomando o trono de seu pai, o qual não passou a mão na sua cabeça, mas também não foi severo. Sua tentativa de repassar um ensinamento tinha fracassado, pelo contrário, o tempo fez surgir um inimigo: seu próprio filho.

Absalão, com a ajuda de Aitofel, um sacerdote, utilizou de sua sensualidade e de seu poder de ingerência e trouxe para si vários aliados, conseguiu expulsar seu pai de Jerusalém. Os Hebreus, num determinado momento, tiveram dois Reis. Numa batalha entre Hebreus, Davi tinha ordenado para não matarem seu filho, entretanto um arqueiro, ao ver que Absalão tinha prendido os seus longos cabelos nuns galhos, não perdeu a oportunidade e desferiu uma flechada que o atingiu, Davi sentiu uma dor imensurável pela morte do seu filho predileto, nem a vitória na batalha compensaria tamanha perda.

Você também pode gostar

Davi fez com Absalão o que seu coração mandou, não mandou matá-lo, nem menos foi omisso. Acontece que Absalão não refletiu o que fez, não percebeu que tinha tirado a vida de seu irmão, mesmo sendo um monstro. Na vida, aparecerão oportunidades de se tornar justiceiros, deve-se ter a cautela de amenizar a raiva interior, porque cega tudo ao redor, têm situações que o único remédio é o tempo, um ato maldoso poderá desenfrear um dominó do mesmo sentimento e isso ninguém, no seu bom juízo, tem esse propósito.

Sobre o autor

Marcell Schaidhauer Barcellos

Marcell Schaidhauer Barcellos

Formado em direito. E pós-graduado. Porém, na parte espiritual, por enquanto, não detém formação. Sua busca está para o lado espiritual na mesma velocidade que as informações estão correndo no presente ano. Tem como missão divina despertar o maior número de pessoas na sua verdadeira realidade interior. Semear aquilo está claro para alguns, para que outros bebam da mesma fonte. O caminho é a mensagem, mas a finalidade é o amor.

Email: [email protected]
Site: marcellbarcellos.blogspot.com
Facebook: marcell.schaidhauerbarcellos
Instagram: @marcellschaidhauer