Autoconhecimento

Os sonhos são reais? É possível interpretá-los?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Segundo psicanalistas, os sonhos são uma maneira que o nosso inconsciente encontra para se manifestar e tentar mostrar algo que está guardado, escondido. É uma ótima ferramenta para que possamos ter acesso ao nosso mundo interno. Mas, não é nada fácil fazer uma interpretação dos sonhos, justamente porque eles nos mostram um material que até então se encontrava inacessível.

Podemos definir o sonho como sendo uma peça de teatro montado pelo nosso inconsciente. É ele quem escolhe os personagens, o cenário e o roteiro, mas isto não é casual. Quando acordamos no meio do sonho, isso significa que o trabalho dele falhou, porque não conseguiu esconder conteúdos que fossem aceitos pelo indivíduo sonhador sem que este se assustasse.

É essencial sonhar. O paganismo e diversas religiões, enxergavam o sonho como um modo de premonição do futuro e de revelações divinas. Nos dias de hoje, no entanto, a neurociência diminui esse valor e os interpreta apenas como uma descarga neurológica, não possuindo significado algum e sendo totalmente aleatória.

Indivíduos que não costumam sonhar possuem grande dificuldade para se conectar com o seu mundo interno. Em geral, nesses indivíduos, essa conexão com o mundo interno se manifesta através da somatização. A maioria deles apresentam doenças psicossomáticas (quando existe uma doença iniciada pela mente, sendo ela física ou não).

Não são todas as pessoas que conseguem se lembrar dos sonhos. E isso pode se dar por diversas razões. A primeira delas é que ele pode não ter significado muita coisa para você. Outro motivo é porque o indivíduo sonhador possui uma certa restrição ou dificuldade em se conectar com o mundo interior. Não existe uma frequência adequada para os sonhos. E até mesmo os sonhos ruins são bons, já que o seu inconsciente estava com a necessidade de colocá-lo em contato com uma situação ou conteúdo que você considera difícil, mas era essencial que você aprendesse a lidar com ele.

Existem diversas técnicas para se interpretar os sonhos.

Segundo a psicanálise, cada sonho está ligado com o indivíduo sonhador e o momento no qual ele está vivendo. No entanto, ele nunca pode ser examinado ao pé da letra, até porque, o que você enxerga dele, não é exatamente a mensagem que ele quer transmitir.

Por exemplo, se você sonhou com um acidente de carro que o seu pai morreria, isso não significa ele morrerá na vida real. É muito provável que o seu inconsciente queira ou precise que o seu pai morra, porque você pode estar se sentindo oprimido, retraído e ele é um empecilho para você assumir o controle de sua vida e de si mesmo.


  • Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]