Autoconhecimento

O que pais de primeira viagem precisam saber

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A notícia da chegada de um bebê traz um misto de sentimentos. Mesmo com toda felicidade gerada junto à nova vida, é quase que inevitável que surjam certos receios e muitas dúvidas em torno desse acontecimento tão único.

Desde a gestação, os pais são bombardeados com diversos conselhos, dicas e histórias de como cuidar melhor do seu bebê. Mesmo que todos estejam apenas querendo ajudar, essas orientações nem sempre são verdadeiras ou funcionarão para você, pois assim como nós, os bebês não são todos iguais, não existe nenhuma fórmula pronta ou jeito certo. Com o tempo e a convivência é que será possível saber o que é bom para vocês e o bebê.

O período da gestação, tão importante para o desenvolvimento do feto, é também tempo dos pais se prepararem para todos os processos que estão por vir: o parto, os cuidados com o bebê e as mudanças que acontecerão na vida da família.

É importante durante este momento que os pais busquem informações, orientações, acompanhamento de profissionais da área da saúde e, principalmente, confiem em seus instintos.

Conversem bastante para que ambos estejam em sintonia, troquem entre si as expectativas e também os anseios que carregam consigo.

O medo é natural do ser humano, principalmente em situações que é preciso lidar com o novo, o desconhecido. Por isso, separamos aqui algumas dicas para orientá-los da melhor maneira para se preparar para os cuidados com o novo bebê. Mas saiba que nem sempre tudo vai sair como vocês planejaram, ou ainda, às vezes, vocês vão errar, mas lembre-se: assim como esta nascendo um bebê, vocês também estão nascendo como pais, tudo será aprendizado.

  • Parto

O parto é um dos momentos mais esperados e também o que gera mais dúvidas e medos, principalmente para as futuras mamães. O fundamental é que a gestante busque informações, converse com seu companheiro e com seu médico sobre como quer o seu parto, pensando sempre no seu bem-estar e do bebê.

Saiba que independente de qualquer coisa ou do método que escolher parir, o corpo feminino é preparado para isso, é certo que existe as dores e que não são tão fáceis de administrar, mas tenha certeza que é um processo natural e que tudo terminará bem.

Vale a pena buscar informações, assistir vídeos e trocar experiências com mulheres que já tenham tido filhos, isso os ajudará a se prepararem para o grande momento.

  • Alimentação

Uma dúvida muito comum aos pais de primeira viagem é se o neném está bem alimentado, se o leite está o satisfazendo. É necessário que o bebê visite o pediatra mensalmente, pelo menos nos primeiros seis meses, para o acompanhamento do seu crescimento. Somente ele dirá se o seu bebê está tendo um bom desenvolvimento ou não.

Existem muitos mitos em torno do aleitamento materno, sobre a cor do leite, espessura, tempo e intervalo entre as mamadas. É importante ressaltar que não existe leite fraco, o leite materno é rico em nutrientes e em anticorpos que ajudarão não só no crescimento do seu bebê, mas também a prevenir algumas doenças. Confie no seu corpo e em seu médico, somente ele poderá orientar a introdução de complemento ou algo do tipo.

  • Acordar de madrugada

Muitos pais têm receio se conseguirão acordar de madrugada, se saberão atender seus bebês caso tenham fome, dor, ou qualquer outro problema. Tenha certeza que sim, isso é natural e involuntário, sabe aquela história de colocar a mão para ver se o neném está respirando? Pois é, algumas vezes vocês acordarão de madrugada apenas para fazer isso, é normal e muito comum.

A natureza é tão perfeita que mesmo cansados, principalmente nos primeiros dias do bebê, nós conseguimos acordar com facilidade a qualquer chamado dele, é instintivo.

  • O que o neném quer

O choro é a primeira comunicação do neném e será usado para tudo, seja para informar que está com fome, com sono, com frio, calor, incomodado, etc. Porém, somente com o tempo e a convivência vocês conseguirão compreender melhor cada choro e atender as necessidades do pequeno. Por isso, tenha paciência e, no início, o ideal mesmo é ir por eliminação. Com a prática, tudo se tornará mais simples e a comunicação entre vocês ficará em sintonia.

  • Banho e higiene

Um medo comum entre os pais de primeira viagem é dar banho e trocar fraldas de recém-nascidos. O que muitos não se dão conta é que essa será a fase mais fácil para fazer estes cuidados, pois os bebês estão muito pequenos e quase não se mexem. Não tenha medo: nenéns são frágeis, mas não quebram!

Fiquem tranquilos, transmitam segurança aos seus filhos, torne estes momentos bons para vocês trocarem olhares, conversarem, criarem ambientes harmoniosos e confortáveis. Uma boa dica para os primeiros dias é, durante o banho, enrolar o bebê numa fralda de pano ao mergulhá-lo na banheira e deixá-la com bastante água, para que o banho seja relaxante e muito gostoso.

Para evitar acidentes nos momentos de troca e banho, sempre pegue tudo o que vai precisar antes de levar o bebê ao trocador, deixe tudo a mão e, em hipótese alguma, deixe ele sozinho no trocador, nem por um segundo. Por mais rápido que seja, é tempo suficiente para acontecer algo.

Tenham em mente que esse processo será de aprendizado para toda a família, os erros e acertos é que os fortalecerão no dia a dia. Estejam unidos e prontos para qualquer desafio, vocês vão perceber que não tem nenhum segredo!


Texto escrito por Carolina Peixoto da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]