Autoconhecimento

Porque é importante viver o amor e não falar sobre ele

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Já perceberam como muita gente fala sobre o amor? As redes sociais viraram uma espécie de Academia Brasileira de Letras voltada para discutir o sentimento. Os textos até são bonitos, repletos de frases de efeito e dão receitas para cultivar o amor. Quem lê tudo isso até pensa “nossa, que pessoa sensível”, mas, pouco tempo depois, a mesma pessoa que discursou lindamente posta que está cansado de sofrer por amor. Ué, cadê a sensibilidade e o extremo entendimento sobre as relações amorosas?

O maior dilema amoroso desses tempos é falar demais. Muitos falam demais sobre o amor, têm fórmulas incríveis, porém, não colocam em prática. Quando os poetas e poetisas percebem que o mar do amor às vezes pode ser revolto, contrariando sua filosofia barata, abandonam o barco imediatamente e comunicam a decisão por mensagens em redes sociais ou aplicativos.

Mais do que falar sobre amor, precisamos vivê-lo em todas suas nuances. Precisamos parar com essa mania de fazer “textões” sobre assuntos que não conhecemos. Vamos nos dedicar às nossas relações, aprender a conviver e tolerar o diferente e a lutar todos os dias para manter a relação de pé. Enquanto não houver tal disposição, o amor será apenas um tema para conseguir curtidas e “rasgações de seda”.

E você vai fazer o que? Vai continuar aí falando sobre o amor ou criar coragem para vivê-lo?


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]