Convivendo Sustentabilidade

Projetos incríveis para mudar a economia de energia no mundo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você já parou para pensar quantas coisas no seu dia envolvem a energia elétrica? Se fizermos este exercício obtemos resultados impressionantes! Quase todas as nossas atividades diárias envolvem a energia elétrica em alguma forma, direta ou indiretamente.

A energia está na água quente de seu banho, na luz de sua residência, no relógio, em seu celular, no computador, na televisão, no micro-ondas, na geladeira, no portão elétrico, no telefone, sim, em muito mais… Por ser tão automática, facilitada e inserida em nossa rotina, não paramos para refletir de onde ela vem, como ela vem e quais as causas e consequências deste processo de produção energética.

A energia elétrica

Existem diversas formas de produzir energia: a partir da água, pelas usinas hidrelétricas; a partir do vento, por meio da captação de grande pás eólicas; pelo carvão e sua combustão; pelo calor do Sol, entre outros.
Ao longo dos anos, a produção de energia elétrica teve de sofrer algumas alterações; No início de sua descoberta, o uso desmedido não limitava-se em quantidades nem mesmo em fontes, o que causou muito dano ao meio ambiente, alguns deles irremediáveis.

Num período mais atual, identifica-se a necessidade de controlar este tipo de produção e principalmente o seu consumo, a fim de poupar o meio ambiente e além disso, não esgotar as fontes de energia não-renováveis, como a água e o carvão, substituindo-as por fontes renováveis, ou seja, que não se esgotam e que são menos agressivas ao nosso planeta.

Algumas questões giram em torno destas variáveis. A produção de energias chamadas “alternativas” exige uma série de estudos e custos elevados. Além disso, depende muitas vezes de fatores geográficos e ambientais que limitam a sua execução.

A fim de “resolver” estes problemas, muitos inventores e outros leigos vêm tentando aplicar novas técnicas para captar energia, as ideias são inúmeras, suas execuções práticas algumas vezes bem sucedidas, outras não…

Criatividade efetiva

Com tal viés, listamos alguns dos projetos mais criativos e bem sucedidos ao redor do mundo, os quais surgiram com o intuito de gerar novas alternativas de captação e utilização de energia, confira:

1. Havaí, EUA:

Starpath-600x399

A ideia que surgiu no Estado do Havaí, nos EUA conta com um projeto de geração de energia para uma escola, entretanto, os resultados foram tão positivos que a invenção geriu um extra na produção. Ou seja, a energia produzida é ainda maior do que a consumida no local.

Lá foi usada a energia solar com o diferencial de alto aproveitamento. Isso se deve pela projeção arquitetônica das salas de aula que aproveita ao máximo a exposição solar, fazendo-a mais que suficiente para gerar energia por meio dos painéis suprindo ventiladores, lâmpadas, tomadas, etc.

2. Cambrige, Reino Unido:

A empresa britânica Pro-Teq desenvolveu um sistema de aproveitamento dos raios ultravioleta para iluminação. O projeto chamado Starhpath visa substituir a iluminação noturna das ruas com um meio dependente de energia alternativa, no caso os raios ultravioletas.

O sistema de captação funciona durante o dia com a energia solar e armazena a energia absorvida para a utilização noturna.

3. Suécia

orbsys-space-shower-closed-loop-water-showerhead-2 Mehrdad Mahdjoubi, designer residente na Suécia foi responsável por criar um inteligente mecanismo de “reciclagem da água”. Os banhos de aproximadamente 15 minutos gasta cerca de 135 litros de água que correm pelo ralo e são gastas, sendo que podem ser muito bem reutilizadas, como faz a tecnologia Orbsys de Mehrdad.

O sistema funciona com um chuveiro “especial” capaz de purificar a água que cai na ralo fazendo com que ela seja reutilizada durante o banho e reduzindo em cerca de 80% o gasto do recurso.

4. Distrito Federal, Brasil

No metrô do Distrito Federal, no Brasil está sendo utilizada a energia solar para produção de eletricidade que move os trens assim como para a energia que supre as bilheterias e estações. O projeto tem tendência de ampliação para mais estações e é o primeiro da América Latina neste tipo de transporte. A ideia tem contribuído para umas diminuição de aproximadamente 20% nos gastos energéticos.

Entre as diversas ideia, o mundo precisa realmente de renovações com um espírito mais preocupado com o nosso futuro e o futuro de nosso planeta atuando de forma consciente e inteligente. 


Texto escrito por Júlia Zayas da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]