Autoconhecimento Psicologia

Onde encontrar atendimento psicológico gratuito?

Quando se trata de atendimento psicológico gratuito, há uma desconfiança em relação às estruturas públicas. Porém, muitos serviços já estão em funcionamento e podem ser utilizados por aqueles que procuram um serviço profissional gratuito e, no momento, não têm condições para pagar.

A boa notícia é que universidades públicas e privadas oferecem esse serviço, além de haver os programas do governo. Por isso, o Eu sem Fronteiras preparou um artigo com informações atualizadas dos locais que atualmente oferecem atendimento psicológico gratuito, seja para o público adulto, seja para o público infantil.

Acompanhamento psicológico gratuito

É possível contar com acompanhamento psicológico gratuito presencial oferecido pelo governo pelo SUS de duas formas: pela UBS e pelo Caps. No caso, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) são a porta de entrada preferencial ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Sendo assim, cada Unidade Básica de Saúde (UBS) é responsável pela assistência à saúde de uma população definida; portanto, cada cidadão tem uma UBS de referência, também chamada de posto de saúde. Nelas, também se encontram os psicólogos, e a comunidade local pode procurar esse serviço de forma gratuita.

Porém, vale ressaltar que existem também os Centros de Atenção Psicossocial, os Caps. O acesso ocorre a partir de encaminhamento pelas unidades de saúde, e esses são serviços de saúde de caráter aberto e comunitário, voltados aos atendimentos de pessoas com sofrimento psíquico ou transtorno mental. O Caps, portanto, é formado por uma equipe de psiquiatras, psicólogos, terapeuta ocupacional e assistentes sociais.

Dependendo da cidade, o paciente pode contar com serviço de UBS e de Caps, mas a rede funciona em todos os estados brasileiros. É importante destacar que pessoas com transtornos mentais possuem direitos, conforme o estabelecido pelo Ministério da Saúde. De acordo com a última atualização de 2020 do Ministério da saúde, atualmente, no Brasil, são:

• 42 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 144 Consultórios na Rua;
• 2.657 Centros de Atenção Psicossocial (Caps);
• 66 Unidades de Acolhimento (adulto e infantojuvenil);
• 1.641 leitos em hospitais gerais;
• 13.877 leitos em hospitais psiquiátricos;
• 50 equipes multiprofissionais de atenção especializada em saúde mental;
• 691 Residências Terapêuticas (SRT).

Para saber se esse serviço existe na sua região, acesse este link do governo federal, para encontrar o tipo de atendimento psicológico gratuito (seja por estados ou regiões).

Atendimento psicológico adulto e infantil

Solicitar ajuda psicológica pode ser benéfico em qualquer idade, no entanto, o processo terapêutico será diferente, dependendo do estágio de desenvolvimento da pessoa que inicia a terapia. Isso se deve às diferenças biológicas e cognitivas entre crianças, adolescentes e adultos. Além disso, outro fator que influencia é o papel diferenciado desempenhado na família e na sociedade.

Na infância, para a realização da psicoterapia, a comunicação entre o profissional e a criança se dará, sobretudo, por meio da simbologia. Os diferentes jogos, desenhos e atividades assumirão uma importância especial e serão os principais meios de ligação. Nesses casos, mesmo que o paciente seja a criança, será necessária a participação da família.

Logo, também é possível encontrar atendimento psicológico infantil gratuito, que pode ser feito pelo Caps ou, ainda, pelo Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSi). Para ver se esse serviço está disponível na sua região, consulte a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência.

Alguns municípios brasileiros também disponibilizam serviços ou programas próprios voltados para o tratamento psicológico infantil gratuito. Por isso, também vale a pena verificar, com a secretaria do seu município, se é oferecido esse serviço.

Psicoterapeuta atendendo um garotinho em uma sala lúdica.
New Africa / Shutterstock

Como procurar por esse tipo de atendimento

Como vimos, existe atendimento psicológico gratuito no Brasil. Porém, é importante ressaltar que, para o usuário conseguir esse serviço, ele deve procurar os locais corretos. Vamos explicar logo abaixo como funcionam a UBS e o Caps, e como encontrá-los.

Unidade Básica de Saúde (UBS)

Unidades também chamadas de postos de saúde. No país, são 42 mil postos. O usuário deve acessar a UBS mais próxima da residência. Para isso, é preciso ter um cartão do SUS.

Após a finalização da triagem, o paciente é encaminhado a um psicólogo gratuito, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps). E, para acompanhar onde existe UBS no Brasil: https://aps.saude.gov.br/ape/requalificaUbs.

Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)

Depois de feita a triagem, o usuário é encaminhado para o Caps do município. Nesse caso, o Caps conta com um time de profissionais que, após as consultas, conseguirá encaminhar o usuário para o profissional mais adequado para ele, e, assim, ele poderá fazer o tratamento.

Como se trata de um serviço público, o agendamento para psicólogo, no SUS, pode demorar um pouco, ainda mais após a pandemia. Uma pesquisa divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em março de 2022, revelou que, no primeiro ano da pandemia de covid-19, a prevalência global de ansiedade e depressão aumentou em 25%.

Também vale ressaltar que nem todos os postos de saúde tem disponibilidade desse profissional, portanto, talvez seja necessário que o usuário vá para outra unidade, que não seja a mais próxima de sua casa, para agilizar o serviço. E, para acompanhar onde existe Caps no Brasil: https://www.gov.br/saude/pt-br/composicao/saes/desme/raps/caps.

Portanto, o atendimento psicológico no SUS é possível. Basta verificar isso na unidade de saúde próxima à sua casa e ficar atento às agendas disponíveis.

Homem passando em terapia com uma psicóloga.
AlexGreen / Pexels

Faculdades com atendimento psicológico gratuito

Também existe a possibilidade de atendimento nas universidades e faculdades públicas e privadas que atuam com atendimento psicológico gratuito. Abaixo, listamos alguns links com endereços atualizados, por região, onde há esse serviço de graça.

Sudeste

Faculdade pública

Atendimento psicológico gratuito Unicamp – A Universidade Estadual de Campinas oferece serviços para a comunidade. Neste link, você encontra endereço e telefone atualizados para marcar uma consulta: https://www.prg.unicamp.br/sappe/.

Atendimento psicológico gratuito em São Paulo – A Universidade de São Paulo oferece alguns projetos, tanto para pessoas de dentro quanto de fora, no Instituto de Psicologia da USP. O link para acesso é: https://www.ip.usp.br/site/servicos-a-comunidade/.

Atendimento psicológico gratuito em São Caetano do Sul – O curso de Psicologia da Universidade Municipal de São Caetano do Sul oferece tratamento psicológico. Por meio deste link, encontra-se o telefone para contato: https://noticias.uscs.edu.br/curso-de-psicologia-da-uscs-oferece-servicos-de-atendimento-a-comunidade/.

Faculdade particular

Atendimento psicológico gratuito Unip – Neste link, você encontra endereço e telefone atualizados para marcar consulta psicológica oferecida pelos Centros de Psicologia Aplicada (CPAs) da Unip: https://www.unip.br/universidade/clinicas/cpa.aspx.

Atendimento psicológico gratuito FMU – Os serviços são oferecidos pela clínica da Escola de Psicologia da FMU, individualmente e/ou em grupos, a partir de agendamento por telefone ou e-mail. Os tratamentos custam R$ 30,00 (trinta reais) mensais. Neste link, encontra-se o telefone para contato: https://portal.fmu.br/servico/psicologia/.

Atendimento psicológico gratuito no Rio de Janeiro – A Universidade Estácio de Sá oferece o serviço por meio de alunos, coordenadores e docentes do curso de Psicologia da instituição. Neste link, encontra-se o e-mail para contato: https://www.educamaisbrasil.com.br/estacio/noticias/atendimento-psicologico-gratuito-e-promovido-pela-estacio.

Nordeste

Faculdade pública

Atendimento online

Atendimento psicológico gratuito em Fortaleza – O Serviço de Psicologia Aplicada (SPA), em parceria com a Liga Acadêmica de Psiquiatria e Saúde Mental (Lapsam), da Universidade Estadual do Ceará (Uece), oferece atendimentos psicológicos emergenciais gratuitos, realizados pela internet. Informações neste telefone: (85) 99753-1296.

Faculdade particular

Atendimento online

Atendimento psicológico gratuito em Salvador – A Clínica-Escola de Psicologia da Unime Salvador está realizando atendimentos online e gratuitos para a população de Salvador. O e-mail para contato é: servicopsiunime@hotmail.com.

Atendimento presencial

Atendimento psicológico gratuito em Recife – Para a população que busca atendimento psicológico de forma gratuita, o Centro Universitário UniFBV conta com esse serviço. Para informações, ligue para (81) 3081-4428, ou envie e-mail para nisclinicapsicologia@gmail.com.

Idosos fazendo terapia em grupo com uma psicoterapeuta.
Rido / Shutterstock

Norte

Faculdade pública

Atendimento psicológico gratuito em Belém – A Universidade Federal do Pará, por meio da Clínica de Psicologia da UFPA, também conta com esse serviço. Os telefones para contatos são: (91) 98429-0279, falar com Roseane; e (91) 98382-9628, falar com Fernanda.

Faculdade particular

A Unama, Universidade da Amazônia, oferece serviço de psicólogo gratuito. Mais informações pelo telefone (81) 4009-3012.

Centro-Oeste

Faculdade pública

O Instituto de Psicologia (IP) da Universidade de Brasília (UnB) oferece serviço de Atendimento Psicológico à Comunidade. Contato por e-mail: asscaep@unb.br, ou por telefone (61) 3107-9102.

Faculdade particular

Atendimento psicológico gratuito no Distrito Federal – A Universidade Católica de Brasília disponibiliza atendimento psicológico gratuito à comunidade. O telefone para contato é: (61) 3356-9328.

Sul

Faculdade pública

Atendimento psicológico gratuito em Curitiba

O curso de Psicologia da UFPR oferece esse serviço. Informações podem ser feitas pelo link: http://www.humanas.ufpr.br/portal/psicologia/centro-de-psicologia-aplicada/, ou pelo telefone: (41) 3310-2614.

Atendimento psicológico gratuito em Novo Hamburgo (RS)

A Universidade Feevale oferece atendimento psicológico aos moradores de Novo Hamburgo e da região do Vale do Sinos, por meio do Centro Integrado de Psicologia (CIP) da instituição. Mais informações pelo e-mail: cip@feevale.br.

Faculdade particular

Atendimento psicológico gratuito em Porto Alegre

A Clínica-Escola de Psicologia da Anhanguera, em Porto Alegre, oferece serviço gratuito. Mais informações pelo link: http://bit.ly/psicoanhanguera.

Atendimento psicológico online gratuito

A terapia online é um recurso fundamental nesta era, especialmente após a pandemia de covid-19. O desenvolvimento exponencial da tecnologia e sua consequente integração com as diversas profissões têm exigido que disciplinas, como a Psicologia, tenham uma notável capacidade de adaptação.

Por isso, desde o início da pandemia, equipes de psicólogos tomaram medidas para prestar assistência telemática à população que, subitamente atingida pela propagação exponencial de um vírus, desenvolveu vários tipos de sofrimento psíquico. A procura pela ajuda profissional foi notada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), que relatou, em estudo publicado em 2020, que 59% de seus associados perceberam aumento de até 25% nas consultas no período; 69,3% atenderam pacientes que já haviam recebido alta; e 82,9% perceberam o agravamento dos sintomas em pacientes que ainda estão em tratamento. Os números correspondem a apenas dois meses de pandemia.

E como encontrar psicólogo online? Se você acha que chegou a hora de pedir ajuda, faça isso da sua casa, do seu celular. Há muitos serviços online de terapia disponíveis. No início da pandemia, o portal do Conselho Federal de Psicologia autorizou os psicólogos do Brasil todo a atenderem de forma online. Nesse sentido, também é possível pagar pelo serviço online. Para isso, é preciso encontrar profissional que realize o serviço.

Até mesmo o atendimento psicológico gratuito online está disponível, como mencionamos no texto, mas ressaltamos que não são todas as regiões do Brasil que possuem. Sobre o serviço disponibilizado, uma dúvida é: como conversar com um psicólogo online grátis? Do mesmo modo como se fosse presencial: relatando o que sente e sendo verdadeiro em suas falas.

Por fim, outra dúvida é sobre atendimento psicológico online para crianças. Quanto a isso, há quem concorde e ache válido, todavia, também há profissionais que não recomendam e não realizam. É importante ver com o profissional e, também, sobre o que a criança está passando, para, assim, ver o melhor tratamento, e se é melhor que seja online ou presencial.

Você também pode gostar

Logo, o tratamento psicológico gratuito aumentou, durante a pandemia, mostrando-se eficiente em muitos casos.

Lembre-se, portanto, de que, neste período histórico difícil, entre pandemias, fechamentos forçados e permanência em casa, o psicólogo pode nos ajudar a encontrar o caminho para melhorar muito mais rápido. Além disso, pode ajudar a reduzir a ansiedade e o sofrimento ao pensar em adoecer ou perder entes queridos, abordando a questão da vida e da morte, e, também, a superar traumas e entender por que agimos e reagimos de determinadas maneiras e não de outras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br