Convivendo

Resgatando nossa humanidade diante da pandemia do coronavírus

Desenho de quatro mãos de cores diferentes, segurando o planeta Terra.
Deise Aur
Escrito por Deise Aur

A maioria de nós vive pela primeira vez um momento de pandemia, como o atual que estamos testemunhando, e isso tem mexido com muitos de nossos valores e hábitos.
A humanidade está amedrontada e desorientada diante de algo novo e assustador, que é a disseminação do coronavírus, porém, como tudo que acontece e marca nossa vida, podem surgir muitas possibilidades de reavaliação e até renovação, isso dependerá da forma como reagiremos a este momento.

O cenário em que surgiu o coronavírus

Em um mundo em que a ação humana vem tendo um efeito devastador na Natureza, no meio ambiente, sobre a vida animal e até na própria saúde humana, surgiu esse vírus e, metaforicamente, brecou o efeito destruidor do ser humano.

Chaminés de fábricas de diversos tamanhos, soltando fumaça durante o dia.
Pexels/Pixabay

Com a chegada dessa pandemia, a humanidade está sendo induzida a diminuir o ritmo e até a parar, mesmo sem querer. E agora o que fará diante dessa parada?

Uma parada pode ser um momento para análise do que não está indo bem, anda desequilibrado e necessita ser reformulado.

A humanidade não tem feito nada para evitar o pior… aí surge um acontecimento global como esse para frear o ser humano.

Parada para preservar-se e, também, perceber-se

Assim, cada um de nós está sendo impulsionado, pelas circunstâncias, a desacelerar… Como o exemplo do que está ocorrendo em muitos países que estão em quarentena para evitar que o coronavírus continue se disseminando. Em consequência disso, tem havido redução da poluição, do excesso de lixo e do consumismo.

Há países em que não foi decretada a quarentena, porém já começam a surgir medidas de prevenção, como, por exemplo, evitar sair de casa. Com isso, as pessoas estão percebendo a importância e o peso da colaboração individual nessa mobilização de precaução contra essa doença.

Choque de realidade

Neste contexto, tem se despertado a solidariedade para reduzir os danos dessa pandemia, colocar mais atenção à saúde e a cooperação coletiva para evitar a proliferação dessa infecção. Contudo, mais uma lição podemos tirar disso: que essa pandemia está fazendo o ser humano acordar da indiferença, da arrogância, do egoísmo, do excesso de competição, do acirrado materialismo e da dispersão.

Você também pode gostar

Que aprendizado cada ser humano tirará desse momento marcará o percurso de nossa existência.

Questões fundamentais

Ficam, diante deste momento, vários questionamentos para reflexão:

  • É necessário consumir tanto?
  • Estou cuidando e respeitando meu corpo?
  • Respeito a vida animal e percebo como meus hábitos interferem, a ponto de prejudicar e, até, provocar a morte dos animais?
  • Enxergo que minhas escolhas contribuem para a desigualdade, o preconceito e para dar poder a quem quer manipular e dominar os outros
  • Aceito as limitações de meu próximo, sem julgá-lo?
  • Contribuo com minhas ações para um mundo melhor e busco simplificar a existência?
  • Promovo o equilíbrio do planeta, com meu estilo de vida?

Esses são alguns dos questionamentos, que neste momento, podemos fazer a nós mesmos, pois estão relacionados com os desequilíbrios que a humanidade está causando à sua existência e à vida em nosso planeta, como um todo. E que podem reduzir muitos dos problemas que estamos vivendo.

Pausa para reflexão

Que aproveitemos essa pausa que se faz necessária no atual momento que estamos vivendo para colocarmos mais atenção ao que é essencial e vital em nossa vida e promovermos nosso equilíbrio e lucidez e, até, nossa regeneração.

Quanto mais indivíduos conscientes, equilibrados e lúcidos, melhor para a vida em nosso planeta e para lidarmos com esta fase que estamos vivendo.

Imagem do planeta Terra, com desenhos de pessoas de mãos dadas ao seu redor.
Pixabay/cocoparisienne

Além das medidas de prevenção, cuidemos de nosso estado emocional

Precisamos não só de medidas de prevenção do contágio desse vírus mas também de serenidade, foco e observação para lidar de maneira sábia com esse desafio e extrair dele aprendizado e crescimento.

Não podemos controlar certos acontecimentos, mas podemos modular nossas reações diante deles. Façamos nossa parte para reduzir os danos desta pandemia e sairmos melhores de tudo isso, por mais desafiante que seja!

Cuide-se e estará somando no cuidado do coletivo!

Sobre o autor

Deise Aur

Deise Aur

Meu nome é Deise Aur. Exerci a carreira de professora, primeiro de alfabetizadora, depois de professor de História, até me aposentar.

Em sala de aula procurava despertar nos seres humanos a sensibilidade para a arte, filosofia, mística e psicologia. Atualmente, faço isso através das mídias digitais.

Tenho diversas áreas de interesse, focando vários temas como Vida, Veganismo, História e Moda.

Gosto de escrever, expressando inquietudes e anseios que habitam na nossa alma e traduzo em palavras, utilizando minha sensibilidade, principalmente, com relação à espiritualidade e também aos sentimentos humanos.

Contatos:

Sites:

deiseaur.blogspot.com.br

veganpelavida.com.br

historia-dinamica.blogspot.com.br

E-mail: [email protected]

Youtube: Canal Deise Aur