Astrologia Autoconhecimento

Seres extraterrestres podem colaborar com a transição planetária? Mito ou verdade?

Ilustração de ser extraterrestre olhando para humano caminhando
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Nos últimos anos, cresceu o número de artigos falando sobre transição planetária, uma vez que se prevê que esse fenômeno ocorra a partir de 2019. A maioria das pessoas já deve ter ouvido falar que neste ano se iniciaria um período de possíveis catástrofes naturais, mas a maioria delas não entendeu efetivamente a motivação destes acontecimentos. O que acontece é que, logo no comecinho de 2019, mais precisamente na primeira madrugada do ano, um alinhamento planetário envolveu a nossa Lua, Vênus, Júpiter e Mercúrio. Há quem diga que este alinhamento promoveu transformações em nosso Sistema Solar e na Terra, trazendo um novo quadro para o meio ambiente, caracterizado por extinções, modificações no relevo e alterações no clima. Além disso, a crença espiritual é de que esse ciclo se completou com uma nova forma de vida entre os humanos, promovida por uma renovação espiritual.

As previsões de Chico Xavier, inclusive, ainda na década de 80, relataram possíveis mudanças significativas para o ano de 2019, contando o ano como a data limite para a redenção da humanidade. Resumidamente, o médium alegou que, caso isso não acontecesse, o mundo sofreria cataclismos que mudariam nossa forma de viver no planeta. Ou seja, a transição planetária fará com que a Terra deixe de ser um mundo de “expiação e prova” e passe a ser um mundo de “regeneração”. Segundo as palavras de Chico Xavier, a humanidade poderá passar por conflitos mundiais, catástrofes naturais e pela visita de civilizações extraterrenas, que nos ajudarão a recomeçar e auxiliarão em nossa evolução espiritual. Esta última parte é a que mais intriga a população, afinal nunca, até hoje, foi relatado que recebemos contato de algum ser extraterrestre.

Ilustração de pessoa olhando para planetas

A crença de ufólogos é de que os extraterrestres serão tridimensionais, ou seja, que eles têm corpo físico, assim como nós, humanos. Já os espíritas acreditam em extraterrestres como espíritos desencarnados/sem corpo. De acordo com os adeptos do espiritismo que seguem estes fundamentos, os extraterrestres pertencem a civilizações mais avançadas que a nossa e, por isso, são capazes de nos ajudar neste processo de evolução e desenvolvimento, para que haja uma transição bem-sucedida do nosso mundo e para que seja possível a reconstrução da nova Terra. Segundo essas pessoas, os extraterrestres estão em nosso meio, mas ainda não se manifestaram, pois a humanidade não está preparada para ter este contato. Aldomon Ferreira, autor de um artigo sobre o assunto na internet, alega que “nosso animalismo, nosso temor e nosso desamor ainda não possibilitam a presença maciça aqui desses irmãos que já galgaram por seus esforços, como nós ainda galgaremos, o nível de evolução, de expansão humana, não mais de purificação animal”.

Ilustração de planetas se alinhando

Segundo Mônica Medeiros, médica e sensitiva, o mundo atual não é um local amigável e precisa evoluir: “A característica do mundo atual é o predomínio da força sobre o direito, da matéria sobre o espírito, da dor sobre o amor, do egoísmo sobre a fraternidade. É um mundo onde a injustiça social rege o sistema de vida; onde o ser humano se sente no direito de matar irmãos hominais, animais, vegetais e minerais; onde doenças ceifam esperanças, vidas; onde o mal parece prevalecer, tendo o domínio de forças financeiras mundiais”. A evolução humanal, nos níveis intelectual e espiritual, também se darão com a evolução da Terra, que depende da ajuda dos ETs para acontecer. Ainda de acordo com Mônica, existem seres extraterrestres de boas e más intenções: “Os draconianos, seres reptilianos que chegaram à Terra pouco depois do dilúvio bíblico, aportando na África, mancomunaram-se com os magos negros da Terra e (…) nada de bom fazem; são altamente destrutivos para o planeta e para todas as espécies que aqui vivem.”

Você também pode gostar de:

Uma vez que estes seres positivos contribuirão para que a Terra entre em sua fase de regeneração, para, mais a frente, se tornar o que é chamado de mundo feliz, a interferência de extraterrestres é claramente benéfica a nós mesmos e ao planeta, para que as boas mudanças aconteçam. De acordo com as crenças atuais sobre esta evolução, as consciências estarão mais elevadas, fazendo com o que os males da sociedade atual, como inveja, egoísmo, ruindade e muitos outros, deixem de existir.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]