Consciência Aplicada

Série – Consciência em Transformação Artigo 1 – A Forma

Mulher sentada em um campo observando o sol
lldigo / Pixabay / Canva
Escrito por Anna Maria Oliveira

“Acredite que algo é verdade, e acabará se manifestando. Nada muda até que a forma que possuímos seja desafiada.”

Bem-vinda (o) à série “Consciência em Transformação”, preparada com carinho para inspirar mudanças conscientes e significativas.

Como nos tornamos aquilo em que acreditamos?

Quando aceitamos que já estamos vivendo aquilo em que acreditamos!

Por exemplo: posso acreditar no amor, mas isso pede que me liberte do medo de amar e ser amado. Quero acreditar na abundância, mas isso requer que eu amenize o apego à escassez.

Se você quer saber em que acredita realmente, o que tem a fazer é olhar para o seu mundo:

  • Como está a sua agenda de pensamentos, sentimentos, palavras e atitudes?
  • Qual a qualidade do seu alimento físico, mental, emocional e espiritual?
  • O que verdadeiramente o motiva e alegra?

Um ideal, mesmo que verdadeiro, não é a nossa crença até que seja vivido em nível celular. Então nos tornamos essa crença! Portanto, não se trata de um ideal vivido lá fora, como as roupas usadas no verão ou no inverno.

Aquilo que somos não pode mais estar separado de nós, como a cor dos nossos olhos. Quando você sente, verdadeiramente, que o universo é maravilhoso, você sente o amor e se torna amor. Passa a ser a expressão do amor em tudo o que realiza.

O amor permeia e envolve suas ações: meditar, caminhar, preparar alimentos, tomar banho. O amor está na sua impressão digital, no ar que respira!

Mulher de olhos fechados em um jardim respirando ar puro
Oleksandr Pidvalnyi / Pexels / Canva

Uma crença que se torna parte de nosso ser tem o poder de afetar, e até mesmo alterar, tudo aquilo que toca. Sua frequência energética penetra a nossa aura e é lançada no meio ambiente.

“A floresta vai lhe responder no mesmo tom que você usar para se dirigir a ela.”

Provérbio finlandês

Então?

  • Qual é a crença que o move? É desafiadora ou limitante?
  • Você acredita em tudo o que afirma acreditar?
  • Você se move além das formas de pensamentos culturais, sociais, religiosos?
  • Você acredita que não é bom suficiente e deve fazer um grande esforço para se tornar bom?
  • Se a sua criança interior, a menina ou o menino que habita em seu coração, pudesse lhe dizer algo sobre a sua essência, o que diria?

Como criadores conscientes estamos sempre caminhando sobre uma linha tênue entre a essência e a forma. Quando inspiramos a essência indefinida, expiramos uma criação que é a soma de nossas crenças.

O truque é saber que se trata apenas de uma criação, de uma forma, e não da essência.

Quando deixamos de nos identificar com o que criamos, quando podemos reconhecer que somos os criadores, estamos livres para explorar mais a essência de quem somos e viver a crença de quem somos!!!

Assim, a obra é a criação e o artista o criador, não o contrário.

Prática meditativa para inspirá-lo:

“Sente-se em posição confortável, agora é o momento de cuidar de você!

Mantenha atenção completa a sua respiração… Inspirando luz… Em 4 tempos…. Retendo o ar em quatro tempos.. Expirando confiança em oito tempos…

Quando você inspira luz…. Seu corpo e sua mente ficam brilhantes. Ao reter o ar, a luz por quatro segundos, você retém a luz…. E quando você expira… A luz se transforma em confiança e enche o ambiente ao seu redor.

Continue a respiração no seu ritmo… Sem pressa….

Você também pode gostar:

Imagine na tela de sua mente… O nascer do sol… Numa manhã de verão… Você está sentada (o), respirando… E contemplando o espetáculo preparado pelo Sol … Para você… Sinta como ele chega de mansinho… E vai iluminando o céu com suas cores quentes… Cheias de energia… Você se deixa preencher pela luz do Sol… Você se entrega ao Sol… Seus olhos brilham… E por eles… A vibração solar entra… E clareia mais e mais seus pensamentos. Você está bem… Segura (o)… Só você e o Sol reluzente… Preparando você para um lindo dia.

Você respira várias vezes profundamente…. Sem pressa… Despede-se do Sol… Aos poucos vai alongando o corpo… Abrindo os olhos… E voltando dessa viagem incrível. Inspire e expire profunda e suavemente.

Pronto, você está fortalecida e animada para realizar suas atividades diárias… Com clareza mental. Você sabe o que fazer e terá sucesso.” (Anna Maria)

Boas experiências!!!

Você pode ouvir o podcast dessa meditação aqui

Siga nosso perfil no Instagram

Abraço carinhoso repleto de paz!

Sobre o autor

Anna Maria Oliveira

Atuo como palestrante, consultora, professora formadora na abordagem meditação e yoga lúdico na educação, desenvolvida por mim. Graduada em cursos complementares, como arte contemporânea, xilogravura, educadora brincante, reiki tibetano, técnicas corporais ayurveda, instrutora de yoga na educação com crianças.

Vasta experiência em educação pública e no terceiro setor.

Realizo atendimento individualizado para profissionais da educação, utilizando a abordagem consultoria integrada experiencial.

Fundadora da Academia Confluência, escola de desenvolvimento humano para autogestão.

CONTATOS
E-mail: annaeduc@outlook.com
Site: academiaconfluencia.com.br
Facebook: academiaconfluencia
Instagram: @academiaconfluencia
Linkedin: Anna Maria de Oliveira