Autoconhecimento Meditação

Meditação para uma transformação pessoal

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Se você está insatisfeito com a sua vida, isso pode ser consequência de uma vontade interna de você transformar a si mesmo. Assistir a vida passar na TV, enquanto seus sonhos ficam para trás, traz desconforto, desânimo e um mal-estar que indica como você deixou as suas verdades para trás. E é nesse ponto que métodos de autoconhecimento e autotransformação podem te ajudar a reencontrar o que mais te entusiasma e acende a sua vontade de ter uma vida melhor. Um desses métodos é a meditação. Mais especificamente alguns tipos de meditação focadas na transformação pessoal. Conheça algumas delas:

“Encontre seu propósito!”
O propósito do desconforto

Somos acostumados a ficar e buscar a zona de conforto. Mas, quando você tem um sonho, um desejo, um propósito de vida claro para, aprende a lidar com o desconforto para atingir os seus objetivos. Muitas pessoas só mudam quando atingem o fundo do poço. O desconforto chega num nível tão grande que elas descobrem o propósito de vida delas e começam a se mexer para alcançá-lo. Então, a proposta dessa primeira meditação é você sentar em silêncio e entrar em contato com o seu desconforto. Reflita em silêncio sobre todos os seus desconfortos. Por que eles te incomodam? Descubra o propósito por trás dos desconfortos e você estará mais próximo de descobrir para onde levar a sua vida.

Identifique padrões

Uma transformação pessoal surge quando você identifica e faz algo em relação ao que está te mantendo preso em ciclos viciosos. São padrões de comportamentos, atitudes e estados emocionais que você insiste em repetir e que sempre te levam ao mesmo lugar: o sofrimento. Nessa meditação, pare e reflita as situações de sua vida que te levaram ao sofrimento e identifique qual é o padrão que está repetindo. Somente quebrando esses padrões é que você transformará a sua vida. É importante ressaltar que são padrões seus. Você não pode mudar o comportamento dos outros, mas pode mudar a forma como reage ao que vem de fora.

Sou responsável pelos meus problemas

É comum as pessoas culparem seus fracassos na infância que tiveram, nos colegas de trabalho que não ajudam, na família que não apoia, nos relacionamentos turbulentos. Mas a verdade é que cada pessoa é responsável por resolver os seus próprios problemas. Quando assume essa responsabilidade, você aceita que nada externo é forte o suficiente para impedir a sua transformação pessoal, desde que tenha a força de vontade necessária para isso. Então, medite nesta frase como um mantra: “Sou responsável pelo meu destino e tenho o poder de resolver todos os meus problemas”.

Deixe-os de lado

Quando você busca uma transformação pessoal e ela começa a acontecer, algumas pessoas devem se afastar naturalmente. Caso contrário, podem tomar uma energia preciosa sua. Você não precisa se apegar ao passado. Os relacionamentos mudam, e a nova vibração que você emana atrairá novas pessoas para a sua vida; pessoas que estejam em consonância com a sua vontade de evoluir. Medite sobre os seus relacionamentos e descubra como algumas pessoas vão se distanciar de você e como isso pode ser bom para todos. Inclusive para abrir espaço para novas pessoas entrarem em sua vida.

Sinta como uma criança

Aceitar experiências novas que te façam evoluir exige que você esteja disposto a sair da zona de conforto. Assim como uma criança, que tem a alegria de descobrir algo novo a cada dia. Pare por alguns minutos e tente fazer a sua mente funcionar da forma mais pura possível, como uma criança. Não julgue ou tenha preconceitos com as ideias e vontades que surgirem. Sinta o que é mais verdadeiro em seu coração e o que te empolga. Medite para libertar a sua criança interior e aceitar tudo de novo que pode aparecer em sua vida para ajudar na sua transformação pessoal.

Pequenas vitórias

Os grandes objetivos e sonhos são alcançados não de uma hora para outra, mas de forma gradativa com pequenas vitórias. Medite todos os dias sobre as pequenas vitórias que obteve em seu dia. Esse exercício serve para você aprender a valorizar conquistas importantes que possam passar despercebidas. Outro ponto importante sobre essa meditação de reconhecimento é a de ter a consciência dos pequenos passos que você dá todos os dias em direção aos seus objetivos. Aprenda a reconhecer e você perceberá como a sua transformação pessoal já começou.


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]