Autoconhecimento Comportamento

Sobre comportamentos tóxicos e porque você deve se afastar

Rodrigo Frazzão
Escrito por Rodrigo Frazzão
“Saiba que o veneno só mata se você engolir. Deixe-o de lado, no mesmo frasco podre de sempre, e ele não poderá fazer mal algum a você.”

Homem gritando com mulher

Não podemos escolher o que as outras pessoas dizem, porém devemos ter a consciência de que o que o outro diz não reflete quem somos, mas espelha uma face inegável de quem critica. Estamos, todos os dias, rodeados de comportamentos tóxicos, vindo de pessoas de que gostamos ou não, e que vez ou outra acabam com nossa energia, com nossa vitalidade.

Pessoas que são infelizes, arrogantes, apáticas, que não foram amadas pelos pais, e que não aprenderam a amar a si mesmas. Essas pessoas muitas vezes tornam-se tóxicas, matando tudo que tocam, repelindo qualquer sentimento de amizade, de carinho ou de afeto, pessoas que não podem receber apoio ou conselho, em primeira instância, porque não acreditam que precisam de ajuda, de amor, de um abraço. E infelizmente a única coisa que podemos fazer, nesses casos, é nos afastarmos, porque a luz está disponível para todos, mas infelizmente algumas pessoas preferem permanecer na escuridão.

Você também pode gostar de:

Há dias em que estamos felizes pra caramba e nada nos abala, mas há outros em que estamos mais sensíveis à realidade que nos cerca e ao ouvirmos um comentário negativo acabamos por nos importar e ficando devastados por dentro, tudo isso porque acreditamos que talvez o que o outro tenha dito seja verdade. E se for? Será que você não tem maturidade suficiente para aceitar essa crítica de cabeça erguida, mesmo que ela seja dita na sua cara? Será que você não tem autonomia o suficiente para saber se o que o outro diz é ou não verdade? Será que você não se conhece? Bom, se a resposta for não, então está na hora de olhar para dentro de si mesmo e procurar se autoconhecer, porque pior do que a mentira que outra pessoa diz a seu respeito é você acreditar que ela é verdade. Então, de fato, não podemos controlar o comentário do outro, o julgamento do outro, porém podemos filtrar com qual iremos nos importar.

Água e fogo

Hoje é o dia de você cortar relações que lhe fazem mal, hoje é o dia de se olhar no espelho e ter a coragem de enxergar a realidade como ela é. Hoje é o dia de se livrar dos grilhões que te prendem ao seu passado ou às pessoas tóxicas. Saiba que o veneno só mata se você engolir, deixe-o de lado, no mesmo frasco podre de sempre, e ele não poderá fazer mal algum a você. E mesmo que não seja possível se afastar do contato, evite pelo menos beber desse mal que tanto pode prejudicar sua vida. Às vezes o covarde não é aquele que foge, mas sim aquele que fica mesmo sabendo da derrota iminente, porque nesses casos ficar só irá te trazer morte e retirar-se pode ser uma ótima estratégia para vencer a próxima batalha, pense nisso.

Sobre o autor

Rodrigo Frazzão

Rodrigo Frazzão

Desde criança sempre me fascinei pela escrita, pela leitura, pelo comportamento humano e por toda forma de manifestação de arte. Cresci em meio à pobreza, na roça, na caatinga, morava em uma casa de taipa, com poucos recursos, mas sempre muito feliz e desde essa época sempre mostrei interesse pela área da educação. Com 10 anos mudei-me para a zona rural de Petrolina, uma cidadezinha no interior de Pernambuco, onde minha família começaria a trabalhar na área de fruticultura irrigada, às margens do rio São Francisco, um paraíso.

Aqui, um pouco mais perto da cidade, fui me aprofundando na leitura, tendo contato com a escrita, com as artes e lendo mais e mais sobre a psicologia humana, o que nos molda e o que nós somos irresponsáveis, por que sofremos. Comecei a me conhecer por completo, os meus medos, meus traumas, minhas limitações. Comecei também a ler muito sobre a importância de amar a si mesmo, de se perdoar, de entender a mente, seus processos e desde então passei a me amar mais, a aceitar as pessoas como elas são, a não julgar, a querer ajudar quem precisa de um conselho, de um ombro amigo.

Aprendi que o modo como pensamos muda nossa experiência e nossa vida, então quero aos poucos ajudar as pessoas, mesmo sendo jovem, mesmo não sabendo de tudo, quero ajudá-las a mudar a forma como se enxergam, a forma como veem todos os seus problemas, todos os traumas, como veem a si mesmas. Eu aprendi que para as angústias da alma existe um alívio, um remédio, uma cura, basta apenas mudar a forma como enxergamos tudo ao nosso redor, começando por nós mesmos. Todo o meu conteúdo é livre, eu só quero ajudar você a ser cada vez melhor, mas para isso você precisa se permitir.

Em breve lançarei meu livro, falando sobre revolução do eu e por que todos nós podemos evoluir cada vez mais.

E-mail: [email protected]
Telefone: 87 99641-3093
Youtube: Rodrigo Frazzão
Facebook:
Rodrigo Frazzão

Instagram: @rodrigofrazzao