Convivendo

Varal solidário para ajudar quem precisa de roupas no inverno

Colleagues sorting clothes from donation box in the office
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Sopinhas, chocolate quente, cobertor, filme na TV, pipoca e roupas chiques e estilosas. Sem dúvida, esse seria o enredo perfeito para todos estrelarem durante o inverno, mas infelizmente muitas pessoas não têm as condições necessárias para conseguir todos estes itens e, algumas vezes, nem mesmo os mais básicos como mantas e roupas quentes. Segundo informações do censo do IBGE, cerca de 0,6 a 1% da população brasileira vive nas ruas, o que em número absoluto se aproxima de 1,8 milhões. Isso sem contar as pessoas de baixa renda que têm uma submoradia, mas mesmo assim, não possuem condição de subsistência básica.

Pensando nisso, e com o inverno cada vez mais próximo, algumas ações visam ajudar e disponibilizar roupas para os necessitados. Uma nova vertente de solidariedade neste sentido são os varais solidários.

varal_solidario (1)

Eles funcionam da seguinte forma: doações são feitas e disponibilizadas em um varal para os necessitados. Não é preciso nenhum tipo de infraestrutura, cadastro ou pensar em formas de distribuição, o varal fica lá totalmente à disposição de quem precisar. O ideal é ter roupas de diferentes numerações e gênero, além de cobertores e sapatos. Roupas com pequenos defeitos também podem ser doadas, o que pode parecer um problema para você, sem dúvida, passará despercebido para quem está ao relento passando frio.

Cidades como Ponta Grossa, no Paraná e Itapetininga e Taubaté, em São Paulo, tiveram instituições como escolas públicas e centros de profissionalização como os incentivadores da iniciativa. O ideal é que uma espécie de fiscalização seja feita para que os produtos não sejam roubados por pessoas de má índole, bem como uma divulgação e até busca dos moradores de rua e pessoas de baixa renda para que possam ir escolher e recolher o que precisam.

Além das já conhecidas campanhas de doação de roupa dos Bombeiros e do Fundo Social de Solidariedade dos estados, e cidades brasileiras e iniciativas tradicionais de arrecadação de cobertores, o varal solidário é uma nova e prática forma de ajudar. Basta se conscientizar e procurar um local de fácil acesso próximo a sua região. Chame os amigos e vizinhos, ou uma comunidade – de bairro, igreja, escola ou grupo qualquer – e promova a ideia. Sem dúvida, os moradores de rua ou baixa renda do seu bairro agradecerão.


  • Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]