Comportamento

Verdade ou mentira?

Quadro negro com as palavras "lies" e "truth".
Stephen Rees / 123rf
Escrito por Luis Lemos

Todo mundo sabe que hoje em dia as fake news estão por todas as partes. São tantas mentiras contadas, principalmente por políticos, que o povo acaba confundindo-as com as verdades. Você sabe, porém, distinguir essas duas palavras? Vamos refletir sobre isso?

Infelizmente, no Brasil atual, a mentira vem ganhando status de verdade e confundido a cabeça de muita gente, principalmente dos mais jovens, das crianças, dos adolescentes, dos alienados e dos analfabetos funcionais.

Posso estar errado pensando dessa maneira, mas acredito que o mentiroso contumaz é quem não sabe distinguir a verdade da mentira, por isso fala mentira achando que está falando a verdade.

Para ajudar você a entender melhor a diferenciação entre verdade e mentira, vou lhe contar uma história, mas vou logo dizendo que essa história não é minha e que eu também não sei citar a fonte. Enfim, a história começa assim…

“Um dia, a verdade e a mentira se encontraram. Toda dona de si, a mentira disse:

— Bom dia, dona Verdade!

A verdade tentou entender se era real aquele bom dia. Olhou para o horizonte e não viu nuvem chegando. O céu estava limpo e claro e, vendo que parecia ser realmente um dia lindo, respondeu à mentira:

— Bom dia, dona Mentira!

— Está muito quente hoje, bom para um banho de rio — disse a Mentira.

Em seguida, a mentira tirou a roupa e se jogou na água.

— Venha, pois a água está ótima – disse a Mentira.

— Obrigada pelo convite. Estou indo – disse a Verdade.

Quando a Verdade tirou a roupa e entrou no rio, a Mentira saiu da água e vestiu as roupas da Verdade.

Diante daquela situação, a Verdade se recusou a vestir as roupas da Mentira e, sem nenhuma vergonha, saiu sem roupa pelas ruas.”

Perfil de homem branco de touca em meio a árvores.
kikib030 / Reshot

Conta-se que desde esse dia as pessoas não sabem mais distinguir a verdade da mentira. É preciso, portanto, ter cuidado com o poder destruidor da mentira.

Existe, entretanto, um caminho de salvação para aqueles que amam a verdade: a ética. A prática da ética é a forma mais clara de distinguir a verdade da mentira. O mentiroso geralmente não é ético.

Ao contrário, quem tem ética é um amente da verdade. Quem é ético sempre prefere a verdade, custe o que custar. O homem ético, mesmo em situações mais adversas da vida, ficará sempre do lado da verdade.

Assim, a mentira acontece, em grande parte, na vida das pessoas que não assumem a ética como modo de vida. Ser ético é ser totalmente contra a mentira e não existe essa de que “foi só uma mentirinha”.

Precisamos aprender que a mentira nunca proporciona conforto ao ser humano. Pelo contrário, o mentiroso é sempre uma pessoa frustrada, infeliz. Não existe essa de “mentirinha do bem”. Mentira é sempre mentira, ruim, danosa à vida humana.

Sabemos que “uma mentira contada diversas vezes acaba tornando-se verdade”. Sabemos também, no entanto, que uma mentira pode destruir uma vida. Quantas vidas não foram destruídas no Brasil, nesse período de pandemia, por causa de mentiras?

O poder de destruição de uma mentira é tão grande que muitas pessoas estão morrendo infectadas pelo coronavírus no Brasil e muitas ainda, principalmente idosos, estão deixando de tomar a vacina por causa de fake news.

Embora o indivíduo saiba que mentir é feio e errado, que causa danos irreparáveis em muitas pessoas, muitos preferem continuar mentindo a falar a verdade. Essa sensação de que mentimos o tempo todo, todos os dias, todos os meses, não só no dia primeiro de abril, deve dar lugar a verdade.

Por fim e não menos importante, somente o ser humano que anda na verdade consegue ser livre, feliz, pleno, realizado. Afinal, o Divino Mestre já nos ensinou:

Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

(João 8:32)

Sobre o autor

Luis Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2010); O segundo olhar – A filosofia em temas amazônicos (2012); O terceiro olhar – A filosofia em lendas amazônicas (2014); O homem religioso - A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas - Histórias do universo amazônico (2019).

Email: luisc.lemos@hotmail.com
Instagram: @professorluislemos
Facebook: professorluislemos
Twitter: @luisclsilva
Youtube: Luis Lemos