Autoconhecimento

5 motivos para dizer sim

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Não se deve dizer “sim” para tudo, mas é importante saber dizer quando se é necessário. Muitas vezes, dizemos “não” por que achamos que não merecemos dizer “sim”. O “sim” funciona como aceitação e quase sempre pensamos não ser merecedores para aceitar, seja uma proposta de emprego ou algo natural, como um favor simples. Outras vezes, achamos que dizer “sim” irá incomodar ou desrespeitar a pessoa que nos propõe ou quer fazer algo por nós.

O primeiro fator necessário para dizer “sim” é saber para que dizer, e quando. Não há como julgar algo como certo ou errado, pois é muito relativo de acordo com a pessoa que está sobre uma determinada situação, mas, a princípio, tudo o que você tem vontade de fazer, falar ou aceitar é merecedor de um grande SIM. Existe um filme chamado Sim, senhor, com o ator Jim Carrey, que recomendo para quem diz muito “não”, e para que reflitam sobre essa questão.

Mas, afinal, por que dizer “sim”?

1. Ao dizer “sim”, nos permitirmos ser e aceitar o que queremos e o que somos: uma resposta positiva, além de ser aceitação, é uma escolha. Quando escolhemos o que fazer naquele momento, isso é nos permitir ser nós mesmos e aceitar isso.

2. O “sim” abre novas portas: quando você diz um “sim” consciente daquilo que quer, você cria novas oportunidades. Por exemplo: quando você diz “sim” para aprender um idioma, você está criando possibilidades de ir para um novo país onde se fala aquela língua. Quanto mais você aceitar os desafios, mais portas vão se abrir.

Vector illustration in floral style of a hand with victory sign

3. Dizer “sim” é uma forma de autoestima: quando se diz “não” muitas vezes, você se nega a algo que gostaria de fazer, isso deixa a pessoa desanimada. Mas o “sim” oferece caminhos para novos conhecimentos, ele te faz aceitar que merece aquilo, portanto, sua autoestima aumenta.

4. Quem diz “sim” é mais feliz: tantas coisas novas, tantos lugares, tanto a aprender, se permitir e deixar levar-se. Por isso, é uma dádiva usar a palavra “sim”. Ser feliz começa aceitando a felicidade, e mesmo que tudo dê errado, se você tiver feito por escolha, não irá ser tão ruim e poderá, na verdade, ser visto como um enorme aprendizado. O “sim”, ao contrário do “não”, jamais será visto como uma perda de tempo ou como um arrependimento.

5. Dizer “sim” também é humildade: aceitar um pedido ou conceder um favor é uma forma de humildade, que vem da sua vontade de realizar algo pela outra pessoa, portanto, dizer “sim” não é arrogância, mas um ato de humildade.


Texto escrito por Giulia Maquiaveli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]