Convivendo Energia em Equilíbrio

Gratidão

Segurando pequena flor amarela
Daniela Crespo
Escrito por Daniela Crespo

Nunca peça mais do que você daria e nunca aceite menos do que você merece. Tem que ser grato quem oferece e não quem pensa em receber.” – Luiz Guilherme Todeschi

Como começou o seu dia hoje? Ou o terminou na noite de ontem? Andamos sempre tão cansados, tão estressados, que acabamos por nos esquecer de olhar para a nossa vida e ver o quanto evoluímos, tudo o que construímos, o quanto temos para agradecer.

E aquela oração que se fazia à mesa para agradecer pelos alimentos antes de serem consumidos… Foi numa época em que esses alimentos eram escassos e por isso mais valorizados. Hoje os alimentos, o vestuário, a tecnologia, entre tantas outras coisas, passaram a fazer parte integrante do nosso dia a dia e não fomos ensinados a agradecer por essas grandes dádivas, pelo menos a maioria de nós.

Família rezando na mesa em gesto de gratidão

São tantas coisas que nos habituamos a ter por garantidas e que deixamos de agradecer por elas, pelo menos a maioria dos humanos da sociedade ocidental.

Então há que mudar isso. Não é só mudar a forma como cultivamos os alimentos, como tratamos o nosso planeta, os nossos animais, também é preciso mudar a consciência.

Devemos agradecer por estarmos vivos, pelo ar puro que respiramos, pela comida que nos alimenta, pelo conforto que nos rodeia, pelo amor das pessoas que nos rodeiam… Há tantas coisas pelas quais agradecer que quanto mais agradecemos mais motivos vamos ter para agradecer.

Devemos ser justos conosco e com os outros. Evitando criar expectativas relativamente aos outros, porque cada um tem o seu caminho, as suas batalhas. Entender e aceitar isso é muito importante para a nossa própria paz. Mas é importante que não nos anulemos, que não nos esqueçamos de nós. Isso é dar e receber.

E devemos ser gratos por poder oferecer, porque significa que temos para dar, e porque oferecer de coração aberto é um sentimento tão bonito, tão grandioso, que não é possível pôr em palavras, mas também há quem diga: “É dando que se recebe” – e recebe-se amor, retribuição positiva dos nossos atos.

Gratidão também significa: “Reconheço o bem que fazes por mim”. E é parte do caminho para a paz interior.


Você também pode gostar de outros artigos desse autor. Acesse: A Guerra do Plástico

Sobre o autor

Daniela Crespo

Daniela Crespo

Tenho formação superior na área de ciências agrárias (agricultura biológica), mas a minha área de estudo pessoal e autodidata vai muito além disso. As minhas áreas de interesse vão além da agricultura biológica/orgânica, natural, biodinâmica, permacultura. Interesso-me muito pela natureza, sustentabilidade ambiental, alimentação natural, cura natural pelas plantas e também por toda a área da cura energética, por meio do reiki, ioga, meditação, entre outras técnicas.

Acredito que todas essas áreas estão ligadas e que todas contribuem para a saúde e bem-estar do indivíduo e do planeta Terra.

A minha missão passa por ensinar, dar dicas de como ter uma vida melhor ao mesmo tempo que cuidamos de nós próprios e nunca esquecendo a nossa mãe, Gaia, que nos alimenta, nos nutre em vários sentidos e à qual devemos uma enorme gratidão.

Contato
Email: [email protected]