Energia em Equilíbrio Yoga

Versões inusitadas do Yoga para se aventurar

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O yoga é uma técnica bem conhecida por todos. Mas, até bem recentemente, tudo era apenas uma questão de manter a espinha reta e o coração e a mente tranquilos, tendo o alongamento e a tonificação dos músculos como objetivos principais.

Recentemente, versões inusitadas dessa atividade vêm sendo disseminadas pelo mundo todo. A grande novidade é a aceleração de cada sequência para otimizar os resultados e tornar a aula mais energética e mais animada. E, para isso, vale até utilizar ritmos mais agitados.

Conheça algumas dessas versões!

Spin Yoga: a prática desta nova versão mistura as conhecidas técnicas de yoga com spinning. A atividade divide a aula em duas partes. A primeira delas é a prática do yoga em si. A segunda parte da aula é chamada de rotação e é feita na bicicleta.

O ideal é que a primeira fase seja feita ao ar livre para promoção de bem-estar e, em seguida, voltar para o estúdio para começar a segunda fase. Pedalar por 30 minutos numa bicicleta não proporciona apenas a queima de calorias, mas também aumenta a frequência cardíaca e de suor, deixando os músculos preparados para o alongamento.

Ambos os exercícios têm como objetivo trabalhar a força, conseguir um corpo melhor alongado e manter em níveis altos as energias pessoais de cada um dos praticantes.

Superioga: se a sua desculpa para não dar uma chance para a prática do yoga era a calmaria do ritmo, por que não tentar o superioga, método mais movimentado e dinâmico dessa conhecida atividade? Esta nova técnica de yoga é voltada para o lado fitness, já que mistura as posturas tradicionais dessa atividade com ritmos aeróbicos. Ela foca mais em misturar a consciência, a respiração e a postura com a frequência cardíaca e toda a movimentação da ginástica. O praticante não fica um minuto sequer parado numa só posição.

Apesar de parecer fácil, essa nova modalidade acaba exigindo uma concentração maior do que a versão tradicional, já que combina uma série de movimentos com a respiração.

Entre os principais benefícios do superioga, podemos citar o equilíbrio entre a mente e o corpo, o fortalecimento do sistema imunológico, a melhora da circulação sanguínea e a perda de peso. Além disso, essa atividade proporciona uma disposição maior para realizar atividades rotineiras do nosso dia a dia.

Em apenas uma hora de atividade, em nível fácil de iniciante, o praticante perde em média 400 calorias.

Hip Hop Yoga: a grande diferença dessa nova versão começa pela música. A modalidade, que é muito conhecida nos Estados Unidos e na Austrália, tem início com um leve alongamento. Em seguida, são exigidos dos praticantes posturas mais vigorosas e movimentos que trabalham mais o abdômen.

Esta nova técnica coordena yoga e música e faz com que os movimentos se encaixem com o ritmo.

Ainda não existe nenhuma data para que esta nova versão inusitada chegue ao Brasil.


Escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]