Autoconhecimento Comportamento Sagrado Masculino

A Jornada Solar — Conheça o livro sobre autoconhecimento masculino

Imagem da silhueta masculina olhando para a luz do sol que brilha no horizonte sobre o oceano.
Suwatpo / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Resgatar a conexão com quem somos e explorar a nossa verdadeira essência, além do que a sociedade nos impõe, deveria ser um esforço coletivo. Mulheres realizam esse processo a partir do Sagrado Feminino, por meio do qual elas aprendem com o conhecimento ancestral de mulheres que vieram antes delas. Mas e quanto aos homens?

O Sagrado Masculino também existe e é um meio essencial para que os homens sejam capazes de reconhecer a própria interioridade, abolindo os estereótipos impostos e construídos pela masculinidade. É uma oportunidade de olhar para dentro de si, entender o seu espaço no mundo e o que é preciso fazer para se tornar alguém melhor.

Imaginar simplesmente que “os homens são assim” e que os comportamentos deles não podem ser transformados não condiz mais com os novos tempos. É preciso se avaliar, atualizar-se e entender quais são as demandas da sociedade. Assim, é possível trazer novos exemplos para os meninos, agir com respeito e com compreensão e despertar uma nova masculinidade.

Tendo compreendido a importância de os homens se conhecerem mais e abandonarem as construções atribuídas ao gênero masculino, é importante dar o primeiro passo para iniciar essa nova trajetória. Com o livro agenda “A Jornada Solar”, vai se tornar muito fácil fazer isso.

A Jornada Solar

A produção de Eduardo Pereira e de Juliano Poeta, na edição para 2021, tem como objetivo promover o autoconhecimento dos homens e desenvolver uma masculinidade mais saudável. Os questionamentos que a agenda traz, podendo ser entendida como um livro, abordam temas como: quais são as maneiras pelas quais um homem aprende a ser homem? É possível encontrar uma masculinidade que não seja nociva para si e para os outros?

Além de provocar essas reflexões, estimulando os homens a repensarem o papel que desempenharam ao longo de toda a vida, “A Jornada Solar” apresenta exercícios que podem ser praticados diariamente. Eles permitem que os homens reflitam sobre seus sentimentos, avaliem seus desejos e considerem quais são as suas verdadeiras necessidades.

Imagem da silhueta de um homem de braços abertos e ao fundo a imagem do sol brilhando no horizonte.
Igor Goncharenko / 123RF

Os exercícios e as reflexões, dessa forma, unem-se à observação e à interação com os ciclos da natureza, proporcionando uma conexão mais forte com o que há de mais simples e de mais primitivo em cada um. A partir de depoimentos de homens que contaram como aprenderam a ser aquilo que a sociedade esperava deles, ainda é possível se inspirar e se modificar.

Outro ponto interessante sobre “A Jornada Solar” é que a compra do livro-agenda garante também acesso a um aplicativo homônimo, que permite que os homens monitorem as emoções, os hábitos e os comportamentos que têm ao longo do dia. Assim, fica ainda mais fácil compreender, observar-se e se transformar de acordo com aquilo que não está tão bom quanto poderia.

O livro agenda “A Jornada Solar” pode ser adquirido por R$ 55 + taxa de entrega, a partir do site ou do perfil do Instagram @jornadasolar.

Guiados pelo Sol

O Sol é, em muitas culturas, associado ao gênero masculino, enquanto a Lua é associada ao gênero feminino. Tomando o astro como inspiração, os questionamentos trazidos pelo livro-agenda acompanham os doze signos do Zodíaco, como um estímulo extra para promover a conexão com a natureza e com o que ela pode oferecer.

É reconhecendo o papel do homem na Terra, a necessidade de construir debates sobre masculinidade e de estudar as próprias emoções que “A Jornada Solar” também pode ser utilizado para gerar conversas entre os homens que querem despertar o que há de melhor neles.

Imagem da silhueta de um homem saltando de uma pedra para a outra em um penhasco. Ao fundo a imagem do Sol.
Igor Goncharenko / 123RF

Para estimular ainda mais esse tipo de interação, os criadores do livro-agenda, Eduardo e Juliano, realizam encontros online de maneira quinzenal, a partir de contato pelo WhatsApp (48) 9 8457-9726. Mais de mil homens já participaram desses debates que abordam questões que dizem respeito a eles, tais como sexualidade, assédio, paternidade e vulnerabilidade.

Você também pode gostar

Desconstruir a masculinidade tóxica e construir uma nova realidade é um trabalho para todos os homens. Quanto mais eles estiverem dedicados e comprometidos com isso, maiores serão as chances de viver em uma sociedade que reconhece a importância dos sentimentos dos homens, os medos e os desejos deles, sempre batalhando por uma masculinidade benéfica e compreensiva.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]