Convivendo

A vida

vida
Marcella Bonicelli
Escrito por Marcella Bonicelli
A vida passa…

Fora de mim, os reflexos de vozes ditando o que deve ser feito me invadem com questionamentos.

Estou deixando de viver?

Mas como eu posso me agarrar a algo que não me prende, que não me desperta?

vida

É supérfluo, passageiro.

Há mais nesta vida, eu experimentei. Quero mais.

Aceitar o momento presente não é tão fácil quanto muitos fazem parecer.

Como você está? Bem… Esse tipo de felicidade não mais me encanta.

Às vezes, caio em tentação.

Até a voz sussurrar: é hora de parar, de observar.

O exterior? Não mais, ele já cumpriu o seu propósito, ela me diz.

O de dentro, o vazio.

Tento ainda me despir. Últimas camadas que encobrem a minha verdade.

Algo está se formando, dolorosamente feliz.

vida

A vontade de gritar:

“Para, espera, vamos congelar o tempo, somente por um infinito momento!”.

Mas o tempo não vai parar.

Os escaladores, esperançosos, vão continuar os seus percursos sofridos, rumo à sagrada vista.

“Será que todos sabem o que há lá em cima?”

A determinação deles, às vezes, chega a me encantar.

A mim, só me resta parar. Eu escuto.

A dúvida me invade, angustiante, novamente.

“Estou deixando de viver?”

vidaMinhas certezas de hoje.

Bexigas flutuantes a se perderem de vista.

Um momento de sossego, apenas o que sinto.

O de fora deixou de ter importância.

Como uma observadora, me questiono:

“Para onde correm todos?”

“O que há de tão atrativo que não os deixa parar?”.

Observo e sigo observando, o fora, o dentro.

Cada vez mais me aconchegando no vazio.

Em alguns momentos, se mostra completo.

Tranquilidade.

Respostas sutis. Perguntas pesadas, nunca antes atendidas.

Minha alma pede.

Espaço para nascer.

vida

Vida.

E os outros?

Seguem sobrevivendo, a cada rocha, uma esperança.

A chegada que todos desconhecem.

Qual o sentido, sigo me questionando.


 

Sobre o autor

Marcella Bonicelli

Marcella Bonicelli

Sou escritora, peregrina e fã de literatura e cinema.

Nos últimos anos, minha curiosidade me levou a mergulhar em um profundo processo de autoconhecimento. Por meio da psicanálise, de leituras e de algumas peregrinações pelo mundo, descobri uma nova vida!
A escrita ressurgiu em mim e hoje acredito no seu poder de transformação.

“Solidão não é não ter pessoas ao seu redor, e sim ser incapaz de expressar coisas que parecem importantes, ou de perceber certos pontos de vista que os outros acham inadmissíveis.”
Carl Jung

Atualmente moro na Europa, onde dou aulas particulares.
Em paralelo, sigo escrevendo e buscando inspirar aos outros a não temerem a suas verdades.
Escrevo textos sobre autoconhecimento, viagens e excertos de livros.
No momento estou finalizando meu primeiro livro.

No final do dia, acredito na força das emoções, pois são elas que fazem de todos nós, humanos e imperfeitos!

Email: [email protected]
Facebook: /mabonicelli
Skype: ma_bonicelli
Instagram: @mabonicelli
Whatsapp: +5511976180880