Convivendo

Amizade

Mãos dadas em frente de um fundo de madeira. Uma mão é de pessoa branca e outra é de pessoa negra.
Nathalia Lanfredi
Escrito por Nathalia Lanfredi

Acho um desperdício diferenciarmos amizade de amor. “Eu a amo, como amiga”, oras, você a ama e não precisa rotular. Não é necessário ficar dividindo o amor em potinhos como se reservasse uma quantia para os amigos, uma quantia para a família e outra para o namorado. É tudo amor, vem de uma a só fonte que é o seu coração e a partir dele se dissipa e envolve aqueles que cruzam o seu caminho.

Mas então, a amizade. Sempre questiono o que ela realmente significa. Vejo pessoas que têm amigos de longa data, alguns que praticamente nasceram juntos, mas comigo é um pouco diferente, porque muitas pessoas passaram pela minha vida, mas praticamente nenhuma é fixa.

As pessoas chegam, depois elas vão e algumas voltam, …
… mas nem por isso arrisco falar que não as amei de verdade, porque eu amei enquanto estivemos juntos ali. Isso me faz pensar sobre as amizades, e os relacionamentos humanos em geral, porque nós temos uma ideia de que só é verdadeiro se estamos presentes um na vida do outro vinte e quatro horas e sete dias por semana. Mas não, não é assim.

Duas mulheres sentadas na beira de um lago observando a paisagem, sendo uma mulher loira e uma morena.

O que é mais incrível que os acasos da vida?

O que é melhor do que pessoas que chegam sem cobrar nada de ti, mas que também não se esforçam em impressionar e vocês podem deixar fluir conversas, ideias e podem colocar o ser inteiro de vocês para fora na presença daquela pessoa em especial.

Naquele momento acontece o amor, naquele momento acontece a amizade. Depois disso, ambos são livres para ir e, se não houver prisão, se aquilo não se torna uma obrigação, o sentimento se torna prazeroso e por livre e espontânea vontade nos encontramos mais uma vez e mais outra vez.

Grupo de pessoas de diferentes etnias, todas sorridentes, a noite, segurando velas com faíscas acesas.

Temos a mania de pensar que o amor prende, mas isso é errado.

O amor conecta. Portanto, amizade é você conversar com uma pessoa de tempos em tempos e ainda assim vocês conseguem sorrir juntos.

Amizade é quando sentimos liberdade para expressar as coisas mais profundas, é sorrir, é se encantar com o outro e abraçar sem a certeza que iremos ver aquela pessoa novamente, mas com a certeza de que onde quer que estejamos levaremos um pedaço dela conosco e ela estará com um pedaço da gente.

Amizade é o que acontece naquele momento, aquele bem específico, em que você olha para uma outra alma e pensa: “obrigada por fazer parte da minha vida, mesmo que por um instante”.


Você também pode gostar de outros artigos da autora: O grande teatro da vida adulta

Sobre o autor

Nathalia Lanfredi

Nathalia Lanfredi

Estudante de Relações Públicas, Libriana e Assistente de Comunicação aqui do EuSemFronteiras, sempre fui muito curiosa e tento entender como funcionam todas as coisas que envolvem o comportamento e os relacionamentos humanos. Por isso, a vida me guiou para estudar a comunicação e o autoconhecimento, e, por sorte, aqui eu consigo unir as duas coisas que amo e, assim, tentarei compartilhar com vocês um pouco das experiências que já vivi e espero que de alguma forma eu consiga contribuir positivamente com a evolução de vocês!

Instagram: @nathalialanfredi