Comportamento

Arte. Expresse os seus sentimentos e contagie as pessoas

Ilustração da palavra arte escrita em inglês, em amarelo, em cima de desenhos de diversos elementos relacionados a arte como tintas e pincéis. Tudo isso em um fundo roxo escuro.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A arte tem um grande poder, principalmente quando é feita por pessoas que possuem o interesse de levar a alegria a todos. Este é o caso de Domingos Montagner e de Fernando Sampaio, que foram grandes fundadores do grupo LaMínima.

A expressão artística acontece no mundo de diversas maneiras. Artesanatos, teatro, filmes, circo etc. Essas são algumas formas de levar amor e felicidade à vida de outras pessoas. Domingos e Fernando viveram essa forma de expressão da arte por muitos anos. Até hoje o grupo LaMínina atua nessa vivência.

O que é o grupo LaMínima?

Este grupo artístico teve como grandes fundadores Domingos e Fernando. Os artistas se conheceram no Circo Escola de Picadeiro e, por causa de uma forte ligação pessoal, iniciaram uma dupla de palhaços.

Grupo La Mínima

Como palhaços, os dois começaram sua trajetória artística pelas ruas de São Paulo. Decididos a vibrar e a levar a vibração da felicidade, eles apresentavam grandes reprises e números de circo. Este início teve muita influência do mentor Roger Avanzi, conhecido como Palhaço Picolino.

Então, em 1997, os artistas decidiram abrir o grupo LaMínina, com um grande espetáculo de humor físico e acrobático, o “LaMínima Cia. de Ballet”. A partir daí, a trajetória dos palhaços Agenor e Padoca teve seu caminhar em prol da expressão da emoção e do riso.

Apresentações como “À La Carte” (2001), “Piratas do Tietê – O filme” (2003) e “A noite dos palhaços mudos” (2008) foram grandes marcos da carreira dos artistas. Muitas delas foram adaptadas para que os palhaços pudessem expressar a arte às suas maneiras.

O que não se pode negar é que eles fizeram um incrível trabalho e levaram o riso para muitas pessoas. Até hoje, mesmo com a morte de Montagner, o grupo se mantém de pé e apresenta seus espetáculos para o público.

Você também pode gostar de:

O artista tem o poder de influenciar

Os artistas possuem grandes poderes em suas mãos: inspirar e influenciar outras pessoas. Por esse motivo, muitos deles são vistos como referência por alguns. O artista é capaz de emanar uma emoção e contagiar todos ao redor.

Logo, ao decidir levar a arte para as pessoas, também é necessário ter grande consciência. Afinal, qualquer expressão colocada de forma errada pode gerar emoções e sentimentos ruins. É justamente por isso que existem diversos tipos de arte e suas formas de expressão.

La Mínima se apresentando

Se você é fã de um boa gargalhada, entende muito bem quando dizem que a arte tem grandes efeitos na vida de uma pessoa. Grande parte dos espetáculos apresentados pelo Grupo LaMínima aconteciam e ainda acontecem por meio da expressão corporal.

Muitos deles acontecem sem a presença de fala, o que deixa livre a interpretação emocional de cada um. Ou seja, não importa quão simples seja a arte, se ela for capaz de levar alguma emoção, muito pode ser absorvido por quem a presencia.

A importância da arte na vida das pessoas

O foco dos artistas do LaMínina, de rua, de circo e do teatro é o riso. Embora existam muitos gêneros dentro da arte, aquelas que conseguem despertar o riso e bons sentimentos são as mais benéficas.

Se você preserva os bons sentimentos e momentos de riso em sua rotina, certamente você tem uma vida com alto nível de bem-estar. Por isso a arte que tem como principal objetivo levar essas ações à vida das pessoas é uma das mais incríveis do mundo!

Alegria da arte

A felicidade é o propósito, por isso a arte expressa de forma adequada tem grande potencial de mudar momentos e, quem sabe, vidas. Muitas pessoas pelo mundo dizem que suas vidas foram modificadas ao apreciar algum tipo de arte.

Faça uma breve pesquisa sobre “a arte mudou a minha vida” e confira extraordinários e belos relatos. Por fim, manter a aliança com a arte que mais lhe agrada na vida pode ser um caminho sem volta para a felicidade.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]