Comportamento

Deixa minha alma leve seu riso frouxo desdentado…

Bebê branco. sem dentes, sorrindo com a boca aberta, embrulhado em uma roupa laranja.
Lande Bomfim
Escrito por Lande Bomfim

Fotografias me fazem sorrir, até mesmo fotografar as pessoas me faz sorrir. Outro dia, minha mãe disse que quando estou com a câmera para fotografar alguém eu sorrio, parecendo que também vou ser fotografada. É a alegria de registrar momento que me dá esse encantamento.

O sorriso nos identifica, pelo prazer em fazer aquilo que gostamos, pelas bênçãos que conquistamos. Um riso feliz pode ser, por vezes, “contagioso”. Gosto de amanhecer e vestir de alegria minha alma, estampar no rosto expressões que embriaga… o sorriso que acalma… ilumina… contagiar a leveza do meu ser.

Eu gosto de sorrisos largos, risos que alegram nosso olhar, que expressam a alegria de viver… aqueles risos espontâneos, sobre rir de si mesmo, “das histórias contadas pela minha cunhada” que “me faz morrer de tanto rir…”, e agora mais ainda dos risos frouxos… desdentados, com os quais estou a conviver!

Foto de bebê branco, vestindo só uma frauda descartável, deitado em cima de uma manta branca, sorrindo.

É tão fascinante quando a simplicidade nos contagia com a alegria do riso. Esta alegria, quando estampada no riso de uma criança, nos leva ao encontro do desabrochar de suas primeiras expressões que marcarão para sempre seu semblante relaxado e feliz, sua amabilidade, contentamento. “Sorriso frouxo”, assim me disse uma amiga, quando viu a primeira foto com o sorriso do meu neto Zion.

Este é o mais lindo sorriso de todos os meus atuais dias. Fotografo-o sorrindo. O riso frouxo desdentado da Vovó, um sorriso frouxo mesmo, daqueles que alarga a boca e deixa sair o riso dessa coisa bonita que também te faz rir. Sorriso de quem leva a vida em sonhos, sem sinfonia ou sons esperados, mas especial e encantado que transmite tudo que significa você!

Você também pode gostar

Sorriso de alma leve, afrouxado, expressão da maior ternura de felicidade e encantos que já vem do seu pequeno Ser.

Sorrisos como pássaro livre, nesse mundo de arco íris!

Razão do meu sorrir!

Razão do meu viver!

Sobre o autor

Lande Bomfim

Lande Bomfim

Sou blogueira, adoro café, sou uma pessoa sensível, sorriso espontâneo, apaixonada pela vida, escrevo poesias desde a adolescência. Hoje além de escrever poesias e crônicas também faço fotografias da natureza. Escrever e fotografar são formas de expressar os sentimentos. Recentemente tive o privilégio de publicar o primeiro livro de poesias e fotografias “Pincel dos Acontecimentos”, a necessidade fez o sonho realidade. O livro foi vendido para adquirir um aparelho auditivo, sou deficiente auditiva. Ainda tenho exemplares, envio pelos correios a quem tiver interesse. Amo viajar e o maior sonho hoje é conhecer o mundo.

Contatos:
Email: [email protected]
Site: rioitaguaricocosbahia.blogspot.com
Facebook:
Lande Bomfim Trindade

Instagram: @landetrindade