Espiritualidade

As oito chaves da paz

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Dez entre dez pessoas provavelmente responderão que o que mais buscam na vida é a paz. Felicidade, saúde, dinheiro e amor também são muito citados, mas variam em cada caso, já a paz é uma busca unânime. Os mais conscientes sabem que se não existir paz não adianta possuir qualquer uma outras coisas, pois sem a paz você nunca estará satisfeito e sempre julgará que precisa de mais para ser feliz, realizado e pleno em sua existência.

Mas o que será que realmente determina essa coisa tão perseguida e desejada por todos nós? A paz é apenas uma questão de ser, uma sensação de aceitação e a superação de necessidades infundadas de atenção e amor exclusivo. É difícil de ser atingida, mas com um pouco de disciplina, muita vontade e a compreensão e implementação na vida dos passos sugeridos pelo budismo é totalmente alcançável.

Confira abaixo as oito chaves da paz indicadas pelo budismo:

1- Silêncio

Poderíamos dizer aqui que a primeira chave é a meditação, mas podemos partir do mais simples e mostrar que o silêncio já é o suficiente. Para ele é necessário que você esteja em harmonia consigo mesmo e seja capaz de ficar sozinho apenas em sua companhia. Basta manter a mente calma e desligada de tudo.

“O silêncio deve ser principalmente interno, eduque sua mente
para saber
ficar quieta”

2- Verdade

Aqui a importância não é ser verdadeiro perante o mundo, mas verdadeiro perante você mesmo. Ter consciência plena de quem você é, do que quer e o que pensa. Se você ainda encontra desarmonia em sua vida é porque em algum campo dela ainda falta verdade. Seja sincero consigo mesmo, sempre!

3- Ação correta

Não se trata de ser moralista, ditar regras e apontar o que é certo e errado. A chave aqui é a ação consciente, é ser fiel às suas convicções. Ser espontâneo, verdadeiro e autêntico. É seguir seu coração.

4- Não violência

A ação sem ego. A não violência implica em executar suas ações e alcançar suas conquistas sem atingir o outro; agir sem provocar nenhum tipo de sofrimento. Indica a ação que vem direto do coração e não nasce do medo ou do ódio.

5- Amor consciente

Se o amor não tivesse sido tão deturpado a quinta chave para a paz poderia ser apenas o amor, mas como muitos o confundem com paixão, sexo e até mesmo com o ódio o complemento consciente é necessário. É o amor puro, simples e verdadeiro. É o amor desinteressado.

6- Presença

Estar presente em tudo que se faz é a sexta chave para atingir a paz. Muitas vezes estamos apenas em partes entregues ao que estamos fazendo, ainda mais com tantos estímulos do mundo digital. Estar presente no que se faz, em encontros e trabalhos, é imprescindível. É doar sua total atenção ao momento.

7- Serviço desinteressado

Servir ao outro ou a alguma coisa sem esperar nada em troca, colocar seus dons e habilidades a serviço de quem precisar sem necessidade de recompensa. Fazer este tipo de serviço mantém uma conexão aberta com a felicidade e o amor, que transpassam de você para as pessoas ao seu redor.

8- Lembrança constante de Deus

Não importa qual o seu Deus, é necessário ter uma conexão direta e constante com o divino. Ter consciência de que existe uma energia maior que rege a todos, leva a um caminho certeiro para a paz.


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]