Autoconhecimento Comportamento

Beijo no terceiro olho como forma de cura

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O beijo na testa pode acompanhar uma pessoa em diferentes momentos da vida: quando está sendo colocada para dormir, ainda criança; quando está sendo levada até o altar, na vida adulta; quando está passando por um momento difícil e recebe essa forma carinhosa de consolo, em qualquer momento da vida.

Esse gesto cheio de carinho e de cuidado é capaz de arrancar suspiros das pessoas apaixonadas e de trazer uma sensação de segurança e de confiança para quem está precisando de um ombro amigo. Embora essas sensações possam ser percebidas por quem recebe e por quem dá o beijo na testa, existe um significado oculto e poderoso nesse gesto.

Homem louro de cabelos cacheados usando camisa branca de mangas longas. Ele está dando um beijo na testa de sua namorada negra. Ela está linda e feliz. Ambos estão em uma praça.
Direitos autorais : mangostar

O local da testa que normalmente é beijado está entre as sobrancelhas de uma pessoa. Coincidentemente, esse é o ponto no qual está localizado o chakra ajna, que concentra e equilibra as energias referentes a conhecimento, intuição e percepção. Por esse motivo, esse local é conhecido como terceiro olho, aquele que é capaz de ver o que não está no mundo material.

Também é no ponto entre as duas sobrancelhas que está localizada a glândula pineal, responsável por promover o contato entre o corpo terreno e o corpo espiritual. Quando uma pessoa está sofrendo tensão, desânimo, tristeza e desmotivação, pode ser que ela precisa se reconectar com o divino e liberar as energias negativas que rodeiam a glândula pineal.

É nesse ponto que o beijo no terceiro olho pode ajudar. Um simples beijo na testa, quando os lábios encontram o chakra ajna, funciona como um beijo na alma da outra pessoa. É uma forma de transmissão de energias muito benéfica para ambos os envolvidos. Porém existem alguns passos a serem seguidos para que esse processo ocorra adequadamente.

Pai dando um beijo na testa de sua filha em sinal de amor.
Direitos autorais : Elena Vagengeim

Depois de localizar o terceiro olho da pessoa que está passando por um momento de solidão, de tristeza ou de desilusão, você deve segurar as mãos dela. Pense em palavras e em sensações positivas que você gostaria de transmitir para essa pessoa, como se fizesse uma oração para ela.

Quando vocês estabelecerem uma conexão, segure a cabeça da outra pessoa com as duas mãos, acima das orelhas, e dê um beijo entre as sobrancelhas, de olhos fechados. Imagine um triângulo que tem Deus na ponta mais alta, você na primeira ponta de baixo e a outra pessoa na outra ponta. Dessa forma, você terá ativado a glândula pineal e a comunicação entre corpo material e divino.

Você também pode gostar

Experimente beijar o terceiro olho da pessoa que você ama. Pergunte para ela quais sentimentos surgiram depois desse ato. Ela deve sentir segurança, carinho, proteção, respeito e muito amor. O beijo, nesse caso, não é necessariamente um ato romântico. É um símbolo de pureza, uma forma de conexão entre duas almas. Incorpore esse gesto no seu cotidiano e perceba como as energias fluirão melhor no ambiente!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]