Autoconhecimento

Berlim

alemães
Paola Mingardo
Escrito por Paola Mingardo
Cresci com a minha mãe falando mal dos alemães, ela morava em uma cidade na Itália, fronteira com a Áustria, onde os alemães se instalaram para proteger sua conquista. Ouvi e senti o medo que havia nela. Uma das histórias é que um dia, antes de uma festa da cidade de Belluno, para a qual todos estavam animados, uma noite antes, pegaram os presos políticos e enforcaram um em cada poste, e quando as pessoas chegaram para a festa no dia seguinte encontraram seus familiares rebeldes enforcados um em cada poste da praça principal.

Sou contemporânea da queda do muro de Berlim, mas nunca parei para entender a história dos alemães, afinal trouxe a crença de que eles eram do mal. Ironicamente minha filha se mudou para a Alemanha e então eu fui visitá-la e dei de encontro com o outro lado da história.

alemães

Quando perdeu a guerra, a Alemanha foi dividida em 4 partes, ficou para a União Soviética, os EUA, a Inglaterra e a França, por isso o muro de Berlim. A parte da União Soviética foi separada do resto da Alemanha por um muro, por ser comunista, e tornou uma parte da Alemanha socialista (um passo antes do comunismo). Fui visitar o museu do comunismo e o que mais me impressionou foi que na escola os pequenos faziam cocô em um banheiro coletivo e todos tinham que fazer na mesma hora e enquanto todos não fizessem não poderiam levantar do vaso, pois começava aí, pelo controle dos esfíncteres, o condicionamento da alma para obedecer a ordens.

Fui também a uma igreja que mudava todos os domingos de lugar pois no socialismo não se pode ter religião, e eles faziam as reuniões escondidas. Então sentei nessa igreja e pedi permissão para minha mãe para me conciliar com esse povo que também viveu as suas dores, seus desafios… Reverencio e agradeço a Bert Hellinger, que desenvolveu as constelações familiares e que certamente viveu muita dor, pois só quem sente pode entender a dor do outro, e ao meu professor de constelação Bernard Isent, alemães incríveis com os quais aprendi e aprendo muito.


Você também pode gostar de outro artigo desta autora. Acesse: CONSTELAÇÃO SISTÊMICA

Sobre o autor

Paola Mingardo

Paola Mingardo

Sempre tive o desejo de ajudar e fui aprendendo como melhorar a arte da ajuda, estudando, treinando, sendo mãe, empresaria, esposa, e hoje depois de conhecer as constelações familiares, me coloco disponível para o campo, acredito que a Energia Criativa do Universo aproxima quem está em sintonia então muitas vezes posso contribuir para mais um passo no crescimento.

Telefone: 11 99990-5147
E-mail: [email protected]
Facebook: Paola Mingardo
Instagram: @paolamingardo