Saúde Integral

Cabelo que não cresce: 5 razões do porquê disso estar acontecendo e o que fazer

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você alguma vez estava folheando uma revista de moda e parou para ver a modelo? Não por causa das roupas, mas por causa do cabelo? Ou talvez tenha alguém no seu trabalho que inveje secretamente por causa daquela trança superlonga, saudável e volumosa, enquanto uma parte de você fica se perguntando se algum dia vai conseguir ter um cabelo daquele também?

Quanto às modelos, não se prenda a elas. Graças aos megahairs e estilistas caros, às vezes, as aparências enganam. Quanto às pessoas normais, algumas devem agradecer todos os dias pela genética. Mas, se você sempre quis ter um cabelo comprido, não caia no mito de que o cabelo de algumas pessoas cresce e de outras não. As possibilidades são: existem coisas que você está fazendo — ou deixando de fazer — que estão te impedindo de ter o visual tão esperado.

A boa notícia é que não existe momento melhor que o presente para mudar tudo isso.

Mau uso do condicionador

Você sabia que o maior erro das pessoas tem sido condicionar os cabelos de forma errada? Por anos! Cabeleireiros estão descobrindo que, na realidade, é melhor condicionar os cabelos antes de lavá-los e não depois. Muitos xampus contêm ingredientes que podem secar os fios. Você precisa do condicionador para hidratar e protegê-los para que fiquem menos frágeis e quebradiços. E, por tudo o que há de mais sagrado nesse mundo, não deixe de usar o condicionador. Cabelo seco não é cabelo saudável. E, dessa forma, ele não vai crescer mesmo.

Não aparar as pontas

É o seguinte: quando apara as pontas a cada seis semanas, mais ou menos, você previne pontas duplas, frizz e a quebra dos fios. Quanto mais forte seu cabelo, maior a certeza de que ele vai crescer. Algumas mulheres odeiam aparar o cabelo por acreditarem que isso comprometa o crescimento. Seu cabelo nunca vai chegar a esse ponto se as pontas não estiverem fortes e saudáveis.

Não optar por estilos que exijam menos do cabelo

Às vezes, você quer usar a chapinha. Tudo bem. Mas ela faz um dano muito grande no cabelo que pode danificá-lo e estressá-lo. Alterne o cabelo liso com outras opções. Tranças, rabos de cavalo, coques, lenços ou cachecóis são todas ótimas tendências. Você com certeza ficará linda com uma dessas opções, e seu cabelo também vai te agradecer.

Mau uso de acessórios

Passar chapinha enquanto o cabelo está molhado. Colocar bóbis sem proteção de revestimento. Usar o secador na temperatura mais alta. Essas são apenas algumas coisas que podem acabar com o cabelo das piores formas possíveis! Um bom cabelo usa os melhores acessórios. E do jeito certo!

Agir como um hair stylist de forma exagerada

A internet nos leva a crer que podemos fazer qualquer coisa! Mas, quando o assunto for coloração e/ou tratamentos de alisamento, por favor deixe para os profissionais! Eles são treinados para chegar no resultado que você quer sem causar muito dano no processo. É claro, isso vai acabar te custando um pouco mais, mas é bem melhor do que ter que cortar todo o cabelo depois de algum experimento falho que você tentou em casa. Se deseja um cabelo comprido e saudável, liste os prós e os contras. Eles vão saber como te ajudar a alcançar o seu objetivo.

Consulte um dermatologista! Às vezes, pode haver algo de errado com seu couro cabeludo. Fale com um cabeleireiro, siga essas dicas e veja a mágica acontecer! Seu cabelo pode sim ser comprido e saudável. E logo mais você será a próxima mulher do trabalho a ter um cabelo invejado ou, melhor, quem sabe não será a próxima capa de revista? Gisele Bündchen que se cuide, porque você está chegando!


Texto escrito por Amanda Magliaro Prieto da Equipe Eu Sem Fronteiras 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]