Alimentação consciente Comportamento

Chutando o balde mais uma vez antes do ano acabar

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

É comum que nas festas de fim de ano as pessoas acabem comendo um pouquinho mais do que o habitual, afinal, as datas comemorativas como Natal e Ano Novo são grandes sinônimos de mesas fartas e cheias de pratos incrivelmente deliciosos. Muitas pessoas levam essas celebrações com um certo peso por terem que “sair da dieta”, mas acredite: todo o burburinho que permeia a alimentação nesta época é superestimado!

Poucos sabem, mas as dietas malucas que são adotadas por aqueles que querem emagrecer com pressa são extremamente desnecessárias e podem causar um grande desequilíbrio no organismo. Muitos perdem as estribeiras e comem mais do que aguentam com a justificativa de que farão no início do ano uma dieta super regrada para perder os quilinhos que foram adquiridos no fim de ano – mas você sabe com toda a certeza que as pessoas apenas criam desculpas esfarrapadas que tornam ainda mais pesada essa situação. É aquele famoso ditado: “Posso comer o que eu quiser hoje porque a partir de tal dia começarei tal dieta”, o que é uma grande ilusão, não é mesmo?

Além dos problemas criados que são relacionados à alimentação nesse período do ano e da desenfreada busca por dietas malucas que prometem um emagrecimento quase que instantâneo, as pessoas adotam cardápios completamente fora do comum por conta própria, na maioria das vezes na internet – não buscam por orientação médica e nem consultam com um nutricionista, por exemplo. 

Imagem de nozes sobre uma mesa branca decorada com enfeites natalinos como pinha, boneco de neve e galho de um pinheiro.
Imagem de NickyPe por Pixabay

De uma forma geral, essas dietas “milagrosas” fazem com que as pessoas percam grande quantidade de massa muscular em vez de reduzir a gordura, como o esperado. Se você parar para analisar o que ocorre no organismo, você entenderá que além dessa problematização desnecessária com o peso ser apenas uma justificativa ilusória para não sentir culpa, as dietas comumente escolhidas não possuem eficácia.

Preste atenção: a massa muscular consome calorias; se uma dieta faz com que um indivíduo perca massa muscular, isso significa que ele perderá músculos e, ao perder estes músculos, passará a gastar menos calorias e por conseguinte, recuperará o peso perdido com muita facilidade. Sendo assim, você acha que vale apena esse desgaste emocional simplesmente para não se sentir culpado? É muito mais simples perceber que estes eventos são esporádicos e que tudo bem sair da dieta. A sua relação com a comida não precisa ser motivo de culpa!

Se você sabe que consumirá alimentos mais pesados, adote nos outros dias uma alimentação mais leve, busque por meios de digerir estes alimentos com mais facilidade! Para fugir dessa pressão e não ir em busca de dietas malucas depois das festas do fim de ano, confira aqui algumas dicas para não chutar o balde e cuidar da sua saúde, mesmo comendo um pouquinho a mais!

Imagem de uma linda mesa de Natal. Ela está decorada com tolhas branca e vermelha, enfeites natalinos e sobre a mesa um cantil de vidro com vinho e várias taças.
Imagem de planet_fox por Pixabay

1. Alimentar-se corretamente antes das festas

Já que você está ciente de que ingerirá alimentos mais pesados, antes das festas mantenha uma alimentação mais equilibrada. As calorias extras que serão consumidas no Natal e no Ano Novo podem simplesmente ser compensadas com uma alimentação bem leve: coma saladas, frutas e proteínas que contenham somente gorduras boas.

2. Atente-se às bebidas

Substitua os refrigerantes e sucos industrializados cheios de conservantes por sucos naturais, verdes ou até mesmo um drink de frutas sem álcool. Se você deseja ingerir alguma bebida alcoólica, troque o famoso champanhe por vinho tinto seco, que contém uma porcentagem significativa de antioxidantes que podem beneficiar o seu organismo – mas claro, beba com moderação!

3. Não belisque!

Enquanto estiver preparando os alimentos, não belisque! Se você for provando aos pouquinhos, irá consumir sem perceber um número bem maior de calorias! Coma apenas quando tudo estiver pronto e servido!

Travessa de vidro cheia de tomates cereja. A travessa está sobre uma mesa forrada com uma linda toalha de cetim bege decorada com um colar de bolas prateadas.
Imagem de Алексей Чижов por Pixabay

4. Antes de tudo, coma salada!

Nestas festas as saladas são incrivelmente chamativas e apetitosas! Por conterem grande quantidades de minerais, vitaminas e fibras, as saladas promovem a sensação de saciedade e assim, podem te ajudar a não exagerar durante o resto da noite. Substitua a maionese e o creme de leite por molhos mais saudáveis!

5. Coma de tudo, mas não tudo!

Em uma ceia de Natal existe uma grande variedade de alimentos e você pode comer de tudo um pouco, mas claro, em poucas quantidades. Dê preferência às proteínas como o peru, peixe ou o tender, que têm menos gordura! Evite os alimentos prontos já temperados, pois eles possuem um grande teor de sódio.

6. Beba água

Manter-se hidratado é essencial! Beber água gera saciedade e também auxilia na desintoxicação caso você coma algo em excesso. Além disso, alguns alimentos presentes nestas festas carregam em si uma grande quantidade de sódio, e a água é uma grande arma contra a retenção de líquidos!

Imagem de uma perna feminina. A mulher usa tênis rosa e está caminhando na orla no início de um lindo dia ensolarado.
Imagem de Daniel Reche por Pixabay

7. Não deixe de lado as atividades físicas

Época de fim de ano é também época de férias, mas manter a prática de exercícios físicos é de extrema importância! Você não deve treinar de forma exagerada para compensar algo, nem para se punir e nem como recompensa. Você deve ter a consciência de que cada exercício contribui para a sua saúde! Faça caminhadas para que o seu organismo permaneça no mesmo ritmo queimando calorias em todas as épocas do ano!

8. Troque alguns alimentos por outros

Substitua o arroz branco por grãos como linhaça, quinoa ou arroz negro. Nas clássicas farofas das ceias, troque o bacon, ovos e embutidos por ameixa, uva passa e castanhas. É válido enfatizar que as frutas secas possuem o dobro de calorias do que as naturais, portanto dê preferência às frutas fresquinhas como melancia, melão, uva, morango, kiwi, ameixa e cereja que contém muitos nutrientes e são pouco calóricas.

Você também pode gostar
Sobremesa de maçã cozida feita com mel e castanhas servidas em potes de porcelana na cor vermelha servida sobre uma mesa decorada com enfeites natalinos.
Imagem de RitaE por Pixabay

9. Coma sobremesa, sim!

A sobremesa é liberada, desde que você coma em pouca quantidade. Você pode abusar da sua criatividade para preparar doces deliciosos, nutritivos e saudáveis. Opte por panetone 70% cacau, mousse de chocolate meio amargo, acrescente leite vegetal nas receitas e troque ingredientes industrializados por naturais.

10. Acha que exagerou? Não tem problema!

Se por acaso você exagerar no consumo de determinados alimentos, não desista de uma dieta regrada e da boa alimentação! Você pode superar esse excesso se alimentando de forma mais saudável nos próximos dias – nada de dietas malucas! Siga em frente e não repita essa atitude, está tudo bem!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]