Autoconhecimento

Cinco filmes sobre a mente humana

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

O comportamento da mente humana é sempre algo que desperta a nossa curiosidade, porém é um tema muito difícil de tratar nos filmes. Como mesclar a realidade com a sensibilidade e sem fazer com que a adaptação cinematográfica se torne entediante? De fato, não é algo fácil, considerando que a subjetividade humana pode ter recepções extremas de apoio e crítica ao material produzido.

Neste texto, selecionamos cinco filmes bastante diferentes um do outro e que buscaram trabalhar o assunto. Alguns mais, outros menos fiéis à realidade, porém todos trazem a temática da complexidade do cérebro do ser humano. Confira:

O Enigma de Kaspar Hauser

kasparhauser

A história de um jovem que foi encontrado no meio de uma praça, totalmente abandonado, e que não tem nenhuma noção da realidade, pelo fato de que foi criado dentro de um quarto escuro e sem nenhum contato com outro ser humano. Essa história por si só já seria bizarra, ainda mais por ser baseado em um fato verdadeiro. Para quem conhece o Mito da Caverna, narrado por Platão, qualquer semelhança não é mera coincidência.

Melancolia

200px-Melancolia_2011

A Terra está prestes a ser atingida por um meteoro. Isso já é digno de sofrimento e o diretor Lars von Trier vai além, ao abordar os dramas dos personagens em meio ao cenário de um iminente apocalipse. Como você reagiria ao ter certeza que a vida no planeta está condenada? Aproveitaria os últimos instantes ou um medo crescente subiria em você a ponto de prolongar a sua dor?

Eu, eu mesmo e Irene

download

Essa é uma comédia que difere totalmente dos dois títulos acima. Tratando do assunto mente de uma maneira bem-humorada, o filme tem Jim Carrey no papel principal, interpretando um personagem que sofre de bipolaridade. De maneira caricata, o roteiro também traz um pouco dos extremos de personalidades que todos nós temos dentro da gente. Se quiser algo mais aprofundado sobre o tema, a sugestão é a série “United States of Thara”.

Uma mente brilhante

UMA-MENTE-BRILHANTE

Também baseado em uma história real, o filme narra a história do matemático John Nash, que é atormentado por delírios e alucinações. Nash é diagnosticado com esquizofrenia e passa por tratamento para definir o que é real e o que é imaginário, aliás, algum de nós tem propriedade para afirmar qual é a verdadeira realidade?

Matrix

The_Matrix_Poster

Por fim, falando na definição de realidade, o lado filosófico de Matrix é um belo filme para se analisar a mente humana. Da mesma forma que Melancolia trabalha com a recepção das pessoas sobre o fim do mundo, como você reagiria se tudo o que você acreditava ser verdade fosse ilusão? Você escolheria a pílula vermelha ou azul? Matrix vai muito além de uma ficção científica.


Texto escrito por Diego Rennan da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]