Autoconhecimento

Coisas que você precisa desaprender

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Somos eternos aprendizes. Adquirimos conhecimentos desde quando estamos no útero, pois, aprendemos a reconhecer as vozes dos nossos pais. Depois, aprendemos a falar, andar, comer e usar o banheiro sozinho, escrever…

Aprender é algo inerente à existência humana, mas, às vezes você precisa desaprender algumas coisas. É isso mesmo que você leu! Este “desaprendizado” é importante para arrancarmos da nossa alma certas ideias limitadoras, muitas vezes plantadas por nossos pais. Fique por aqui e entenda porque desaprender também faz parte do seu crescimento.

Seus pais não sabem de tudo

Como assim não sabem?

A gente tem essa ilusão infantil que eles sabem tudo, mas isso não é verdade. Eles são mais experientes, porém, mesmo sendo “calejados” ainda têm muitas dúvidas sobre várias coisas. Esta hesitação acontece porque são seres humanos, logo, em constante transformação e toda transformação vem carregada por avaliação e mudança de valores, o que acarreta dúvidas. Entendeu por que seus pais não sabem de tudo?

Ninguém é feliz o tempo todo

Você acredita que existem seres iluminados, sem problemas que são felizes 24 horas por dia, 7 dias na semana, 365 dias por ano? Então é melhor rever seus conceitos. Muita gente pensa assim porque é fácil se agarrar em tábuas de salvação nos momentos difíceis. Crer nesta felicidade incondicional e constante é ruim, pois, você pensa que uma fadinha tocará sua cabeça com a varinha de condão e tudo se resolverá. Informamos que isso não acontece nem nos contos de fada.

Adultos de verdade sabem que a felicidade é construída diariamente e está nas pequenas coisas. Adultos de verdade sabem que a felicidade é alternada com momentos não tão bons. Desaprender o mito da felicidade incondicional e constante é um importante passo para ser verdadeiramente feliz.

Namorar não é sinônimo de felicidade

Namorar é uma delícia, ninguém duvida disso, mas, não é garantia de felicidade. A equação namorar = ser feliz se intensificou após as redes sociais, porque todo mundo posta “textões” sobre o quanto estão plenamente felizes com seus namorados, sem contar as fotos dos casais 20.

Porém, a felicidade não é constante o tempo todo, nem nos relacionamentos. Antes de você querer se matar toda vez que ver atualizações de “fulano está em um relacionamento sério” e ver fotos de casais apaixonados ou embarcar numa relação apenas para não ficar sozinho, reflita se você quer namorar para ter um (a) companheiro (a) ou apenas para exibir nas redes sociais. Aprenda a ser feliz sozinho para então viver relações saudáveis, isso é pensar fora da caixa.

Desaprendendo e vivendo! Quer mais dicas para atingir a maturidade emocional? Reflita sobre isso.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]