Autoconhecimento Comportamento

13 coisas que pessoas mentalmente fortes NÃO fazem

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Existem dois tipos de pessoas. Algumas estão constantemente cabisbaixas. Possuem olhar triste, postura curvada e demonstram muito cansaço. Elas enxergam apenas o lado feio da vida. Se chover, reclama por que não vai atrapalhar o passeio. Se fizer sol, reclama porque vai ficar cansado. A coluna dessas pessoas mais parece um anzol. Elas carregam pesos materialmente invisíveis, mas, completamente sentidos por quem está ao redor delas. O cansaço não é apenas físico. O negativismo dessas pessoas suga energia.

O outro grupo de pessoas é radiante. Os olhos estão sempre na direção do horizonte. A coluna ereta e apresentam muito vigor. O peso que elas eventualmente carregam é apenas das bolsas ou mochilas. Elas conseguem enxergar coisas boas, mesmo nas adversidades. Ok, isso é difícil, mas, traz muitos benefícios. Este grupo é repleto de positividade. O sentimento as leva para frente e atrai coisas e pessoas boas.

Então o pensamento positivo é a resposta para tudo? Sim e não.

Ele é importante, podemos dizer que é nosso combustível. Entretanto, precisa estar envolvido pela verdade. Digo isso, porque a coisa mais fácil do mundo é elaborar teorias e repeti-las feito um papagaio. Você não precisa dizer a todo o momento que é uma pessoa positiva. É o dia a dia quem comprova isso. E como diz a sabedoria popular “contra fatos, não há argumentos”.

As pessoas que encaram a vida de peito aberto possuem força mental. Para entender tal conceito, vamos pensar no conceito de força física. Um corpo musculoso é conquistado através de hábitos saudáveis. Exercícios regulares supervisionados por um educador físico. Dieta regrada e saudável elaborada por um nutricionista.  Os resultados demoram, mas, com determinação e foco seu corpo acostuma-se a rotina e ganha nova forma.

Para alcançar força mental os caminhos são os mesmos. Precisamos adotar uma rotina de exercícios e alimentação saudável. Em vez de musculação, exercícios aeróbios e suplementos alimentares, comportamentos, hábitos e emoções saudáveis. Conquistar força física e mental é difícil, porém, não impossível. Cuidar do corpo é relativamente fácil. Todo mundo conhece os princípios básicos. Vamos conhecer as 13 atitudes que pessoas mentalmente fortes não têm. Será que você se identifica com alguma?

shutterstock_160624757 (1)

1. Autopiedade

Já ouviu falar a frase “a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”?. Erroneamente atribuída ao escritor Carlos Drummond de Andrade, foi retirada do livro You gotta keep dancin de Tim Hansel. O autor fala sobre as fortes dores sentidas após um acidente. O sofrimento não é opcional. A perda de um familiar ou amigo, uma traição machuca a alma. A vida dá rasteiras na gente, a diferença é como nós reagimos. Pessoas mentalmente fortes não ficam pelos cantos lamentando. Elas não lamentam a falta de sorte. Elas rapidamente percebem que é perda de tempo. Levantar, sacudir a poeira e se reinventar são as palavras de ordem deste grupo. Autopiedade? Pessoas mentalmente fortes não sabem o que é isso.

2. Culpar os outros

Atribuir nosso sofrimento aos outros é muito fácil. O autoritarismo, o desprezo, vindo de quem deveria nos amar é o responsável pelo sofrimento? Não para as pessoas mentalmente fortes. Elas ficam decepcionadas, mas, não se escondem nessa tristeza. Não transformam suas vidas em um mar de lamentações. Tampouco culpam os outros pela sua fraqueza. Pessoas fortes assumem as responsabilidades por seus hábitos e comportamentos. Viu só como este tópico é intrínseco ao anterior?

3. Viver de passado

Refletir sobre o passado ajuda a construir o futuro. O problema é quando o passado é presente. Faça as pazes com o passado. Experiências ruins são oportunidades para acertar.  

4. Repetir erros

Extremamente ligado ao item anterior. Às vezes, os erros são mais visíveis que uma escola de samba. A pessoa até entende que a situação é arriscada, mas, mesmo assim entram em barcas furadas.

5. Não vivem para agradar os outros

Deixar de ouvir o que gosta. Não assistir os filmes favoritos. Deixar de comer o que adora. Quem abre mão do que adora para agradar os outros não é feliz. Pessoas mentalmente fortes sabem que não precisam matar sua essência para serem queridas. Elas são respeitadas exatamente pela autenticidade e coragem.

6. Não tem medo de ficarem sozinhas

Ficar sozinho e em silêncio não é bem visto. Porém, momentos assim são muito importantes. Conectar-se com sua alma é importante para reconhecer suas virtudes e ver o que precisa ser mudado. Indivíduos mentalmente fortes criam e aproveitam para refletir sobre suas atitudes. Eles ainda estabelecem metas e meios para alcançá-las.

7. Temer mudanças

A casa da gente é nosso porto seguro. Mas, o mundo não se resume a isso. As conquistas, amizades, emprego, amores são possíveis quando saímos para o mundo. Dá muito medo enfrentar as situações, as pessoas, mas, isso é fundamental. Na verdade, o medo vem devido à intolerância ao que é diferente. Pessoas fortes respeitam as diferenças e percebem a beleza e importância delas.

8. Ter o medo como parâmetro

Quando as decisões são baseadas pelas emoções corremos riscos. Sentimentos podem ser muito traiçoeiros. A plenitude não vem de graça. É preciso correr riscos. Os tropeços esfolam os joelhos, entretanto, fortalecem a mente e o espírito.

9. Querer tudo pra ontem

Isso atrapalha muito. Tudo na vida é demorado. Ninguém perde peso do dia para a noite. Cientistas não desenvolvem remédios em uma semana. Ninguém muda suas atitudes de repente.  

10. Desistir

As derrotas trazem vergonha e desanimo. O senso comum diz que o fracasso é o fim. Na verdade, só fracassa quem trabalha arduamente para conquistar seus objetivos. Quem é forte aprende e fica mais forte com as derrotas.

11. Invejar o sucesso alheio

A pessoa é medrosa, quer tudo para ontem, desiste e ainda inveja o sucesso alheio? Por preguiça ela não faz nada para alcançar seus objetivos. Não estudou e trabalhou com empenho. Não tratou bem as pessoas. Chuva é a única coisa que cai do céu.

12. Sabem que o mundo não deve nada

Muita gente não luta por seus objetivos, por acreditar que um dia as coisas vão acontecer. Mas, as fadas madrinhas existem apenas nos filmes e desenhos. O mundo não tem que dar nada a você. Cada um é responsável pelo seu sucesso.

13. Gastar tempo e energia com coisas que não podem controlar

Nem sempre podemos controlar as coisas. Por exemplo, torcer para não chover é perda de tempo. Se houver condições climáticas, isso vai acontecer. Prepare-se para enfrentar a situação. Tranque portas e janelas e tire aparelhos eletrônicos da tomada. Isso é muito mais produtivo.

shutterstock_282616388Pessoas mentalmente fortes não fazem nada disso. O vocabulário delas também é diferente. Confira algumas coisas que eles não dizem:

“A vida é uma só”

Quem exagera na comida, no álcool, vai ao SPA e clínica de estética sem ter dinheiro, tem esta frase na ponta da língua.

“Eu mereço ser feliz”

Todo mundo merece. Mas, o que você faz para ser feliz? Usa o cartão de crédito como se não houvesse amanhã? Compra um mundo de roupas e sapatos? Ingere bebida alcoólica? Isso não é ser feliz. Esta frase é usada para justificar situações destrutivas. Saúde, família, amigos e realização profissional representam a felicidade.

“Eu prefiro pedir desculpas a pedir permissão”

Quem faz escolhas conscientes, sem prejudicar os outros não precisa se preocupar em pedir desculpas.

“Eu não me importo com o que pensam e digam”

Esta tese tem duas faces. Não viver para agradar os outros é saudável. Porém, desprezar o que as pessoas pensam e dizem é desrespeito. É preciso saber dosas as coisas.

“Eu só estou sendo honesto”

Usar palavras cruéis não é ser honesto. Todos têm direito de expor sua opinião, o problema é como isso é feito. Antes de falar, coloque-se no lugar dos outros.

Ser mentalmente forte não é a mesma coisa de ser uma pessoa dura. A dureza em um primeiro momento defende o indivíduo. Entretanto, a dureza esconde problemas sérios. Pessoas autoritárias disfarçam sua fraqueza mental impondo suas vontades “goela abaixo”.

Diferenças entre força mental e dureza

Pessoas duras disfarçam sua insegurança

Quem é assim ressalta os pontos fracos dos outros para se sentir mais forte. Em um primeiro momento a tática dá certo. Entretanto, no íntimo dessas pessoas existe muita insegurança. Pessoas mentalmente fortes estão preocupadas em melhorar.

Pessoas duras escondem suas emoções 

Esconder as emoções pode ser útil em algum momento. Contudo, reprimi-las deixa a pessoa sufocada. Elas vêm à tona em momentos de explosão. Ser mentalmente forte significa admitir suas emoções e saber administrá-las.  

Adoram mostrar que suportam a dor

O maior orgulho das pessoas duras. Elas têm isso como seu cartão de visitas. Mas, na verdade é um mecanismo de defesa. Elas não mentalmente fortes, pois, não aprenderam nada com o sofrimento, já que ficam remoendo.

São orgulhosas

Não pedem ajuda de jeito nenhum. Acreditam que isso é sinal de fracasso. Para as pessoas duras, a autoestima é determinada pelo que os outros pensam delas. Pessoas mentalmente fortes reconhecem suas fraquezas e pedem ajuda.

Querem ter controle sempre

Controlar situações e pessoas é o passatempo das pessoas duras. Manipular para conseguir o que desejam não é problema. Força mental é controlar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos.

Leu tudo isso e ficou confuso?
[block]0[/block]

As interrogações ecoam em sua cabeça? Acha que é mais fácil conquistar músculos? Reconhecer sentimentos, pensamentos e comportamentos destrutivos é difícil. Convertê-los em padrões positivos exige muita força de vontade. A gente acha que não vai dar pé. Mas, as mudanças não ocorrem do dia para noite.

Conquistar força física requer uma rotina de exercícios e alimentação saudável. Para adquirir força mental também precisamos adotar hábitos saudáveis. Não sentir pena de si mesmo, não remoer o passado, não culpar os outros e não ter medo das mudanças são algumas características de quem é mentalmente evoluído.

Todos podem ser mentalmente fortes. Adquirir autoconsciência sobre pensamentos, comportamentos e sentimentos é fundamental. Tire momentos para ficar longe do barulho e demais distrações. Reflita sobre sua vida. Com certeza você verá que há muita coisa a ser mudada.

Demos aqui dicas para transformar padrões destrutivos. Contudo, eles podem ser resumidos em uma palavra: gratidão. Ela vem do latim gratia que significa graça. Outra origem da palavra também vem do latim, gratus que quer dizer agradável. Precisamos ser agradecidos por tudo. Se chover, agradeça porque vai limpar o ar, nutrir plantas e encher represas.  Se fizer sol, aproveite para ir ao parque.

Devemos agradecer até mesmo as experiências difíceis.

Já viu como algumas pessoas renascem após o sofrimento? Elas ficam tristes, mas, voltam a si rapidamente. Entendem que lamentar e chorar pelos cantos consomem tempo e que ele é precioso. Levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima é o lema, o mantra das pessoas evoluídas.

Ser mentalmente forte não é importante apenas para si. Pessoas assim são pais e mães melhores. O mundo terá crianças prontas a lidar com frustrações e adultos conscientes de suas responsabilidades diante a vida. Criar um filho não é apenas fornecer alimentação, educação e saúde física. O bem-estar psicológico, embora negligenciado é importantíssimo. Crianças expostas aos comportamentos destrutivos dos pais repetirão um ciclo vicioso. Pessoas fortes transmitem os seguintes ensinamentos aos seus filhos:

  • Transmitem autoridade sem invadir o espaço da criança;
  • Não fazem dramas;
  • Não são ambíguos. Falam sim quando querem dizer sim. Falam não quando querem falar não;
  • Trabalham na construção do caráter da criança;
  • Mostram a importância da gratidão;
  • Não criticam os filhos;
  • Ensinam que cometer erros não é o fim do mundo;
  • Ensinam os filhos a enfrentarem seus medos;
  • Dão lições de como reconhecer e controlar emoções negativas;
  • Não ficam apenas no discurso, tem exemplos para ilustrar.

Ser emocionalmente forte é bom para você. É bom para seus filhos. Torna o seu mundo e o mundo dos outros melhor. Dá trabalho, mas, os benefícios são para toda a vida. Repense suas atitudes. Por mais que você seja uma pessoa consciente e grata, sempre tem algum ajuste a ser feito. Você também pode ajudar um familiar ou amigo a conquistar a força mental. Será um grande feito. Lembre-se, gentileza gera gentileza. Você ajuda, quem é ajudado retribui… é uma corrente.

Quanto mais forte você ficar, mais gentil você será.

– Provérbio japonês


  • Escrito por Sumaia Santana da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]