Naturologia Saúde Integral

Como lidar com a ansiedade de fim de ano

Bruna Rei Freitas
Escrito por Bruna Rei Freitas

Émuito normal no final do ano surgirem alguns sintomas como tensão nervosa, inquietude, alteração de humor, distúrbio do sono, fadiga, dores de cabeça, dores nas costas, isto nada mais é do que ansiedade*.

A ansiedade é uma ferramenta do nosso organismo que age como reação, principalmente, às pressões do dia a dia, como também situações que oferecem algum tipo de perigo. Ela é normal quando atua como mecanismo de defesa, porém se torna problemática quando não há possibilidade de queimar a energia nervosa criada por ela1.

Isto porque estamos acostumados a suportar a sensação de desconforto que ela nos causa, somatizando em nosso corpo, que se perdurar por mais tempo do que o normal, ou sua frequência for constante poderá causar sérios danos à saúde, ou até mesmo agravar os problemas de saúde já existentes.

É muito importante diferenciarmos ansiedade normal da patológica.
A primeira atua como ferramenta de autopreservação nos dando informação de que algo não está certo; já a segunda denominamos distúrbio de ansiedade, onde os sintomas citados acima duram mais de seis meses, pois a identificação da origem não é precisa.

Se caso você identificar que sofre de  ansiedade e que talvez esta pode estar aumentando com o passar do tempo, existem algumas práticas naturais que podem ser feitas para aliviar os sintomas bem como atingir a causa do desequilíbrio.

Fitoterápicos podem ser administrados através de infusão (chás), como por exemplo, Passiflora sp (Maracujá) e Matricaria recutita (Camomila) que são excelentes plantas para relaxar os nervos. Ferva 1 colher de sobremesa de cada uma delas, abafe por 15 minutos após a fervura, coe e tome ainda morno. Consuma no mínimo 3 vezes ao dia.

Existem fitoterápicos com maior potencial ansiolítico como a Valeriana, Erva de São João, Mulungu que deverão ser prescritos por profissionais qualificados, pois poderão apresentar efeitos colaterais e interação medicamentosa.

A aromaterapia também auxiliará no processo ansiolítico e principalmente trabalhará diretamente as emoções que atuam neste processo de indivíduo para indivíduo, agindo de forma única para cada caso. Porém, uma ferramenta aromaterápica universal que pode ser utilizada para todos os casos de ansiedade é a utilização do óleo essencial de Lavanda, não só por promover o relaxamento mas também por trabalhar emoções  “guardadas” que possam estar contribuindo para o aumento da ansiedade.

shutterstock_284446268 Pegue um creme ou um óleo vegetal de sua preferência, quanto menos odor melhor para não interferir no aroma da Lavanda. Para cada 30g de creme ou 30mL de óleo vegetal pingar cerca de 15 gotas de óleo essencial de Lavanda dentro do recipiente. Passe na região do colo ou no peito (no caso dos homens) e também nos punhos, para facilitar a inspiração acerca do aroma permitindo com que ele trabalhe mais facilmente. Essa mistura poderá ser utilizada em qualquer situação em que traga algum ponto gatilho e desperte o processo ansiolítico como também ao deitar para induzir o relaxamento e, consequentemente, o sono.

Por fim, é bom lembrar que a mudança de hábitos alimentares, a prática de exercício físico e a diminuição de determinadas substâncias que possam gerar e potencializar a ansiedade (cafeína, nicotina, álcool, entre outros) são determinantes durante o tratamento da ansiedade, seja ela normal ou patológica.

*Se não houver nenhuma doença instalada que gere tais sintomas.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA 

  1.  BALCH. James, STENGLER. Mark. TRATAMENTOS NATURAIS – Um guia completo para tartar problemas de saúde com Terapias Naturais. Editora Elsevier. Rio de Janeiro, 2005.

Sobre o autor

Bruna Rei Freitas

Bruna Rei Freitas

Com uma vasta experiência na área da saúde, é formada desde 2009 pela Universidade Anhembi Morumbi em Naturologia e graduação modulada em Fitoterapia. Possui pós graduação em Medicina Ayurvédica pelo Instituto Naradeva Shala, curso de extensão universitária em Avaliação e Tratamento Interdisciplinar em Dor pela USP, além de cursos de extensão universitária em Iridologia, Terapia Floral e Antroposofia.

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 98307-0834
Site: www.espaconaturezahumana.com.br