Nutrição Saúde Integral

Como se alimentar bem fora de casa?

alimentos
Carla Trevisan
Escrito por Carla Trevisan
Amaior dificuldade das pessoas que querem ter uma boa alimentação é se alimentar de forma saudável fora de casa. Muitas pessoas trabalham o dia todo, saem de casa de manhã e voltam à noite. E como fazer para manter a alimentação saudável dessa forma?

ORGANIZAÇÃO – Acho essa dica a mais importante! Quando não nos preparamos para ter a nossa alimentação saudável, acabamos comendo aquilo que tem no armário e na geladeira, ou na padaria mais próxima, e muitas vezes não é algo mais indicado.

Os alimentos mais saudáveis são aqueles preparados em casa, nada de industrializados, corantes e conservantes, gordura vegetal e um monte de açúcar. Para isso, devemos escolher um dia mais tranquilo da nossa semana e deixar alimentos pré-preparados para serem consumidos durante a semana. Podemos cozinhar uma quantidade maior de feijão e congelar em porções menores. Isso vale para todos os alimentos. Deixar a salada já lavada e guardar na geladeira. É importante não guardar as folhas molhadas. Podemos usar o “seca salada” para isso.

alimentos

Os alimentos mais saudáveis são aqueles preparados em casa, nada de industrializados, corantes e conservantes, gordura vegetal e um monte de açúcar

 

CONHECER OS LOCAIS PRÓXIMOS AO SERVIÇO – Dê uma passeada pela região onde trabalha e visite os estabelecimentos onde vende alimentos. Entre em uma padaria e conheça as suas opções, pare em uma conveniência de posto por onde passa e veja quais produtos são vendidos, vá aos mercados próximos no horário de almoço e conheça os seus produtos.

alimentos

LEVE COMIDA COM VOCÊ – Tenha sempre com você algo prático e saudável! Algo que funciona muito bem são os mix de castanhas e frutas secas. Misture castanha de caju, do Pará, amêndoas, uva passa e damasco, coloque porções pequenas dentro de saquinhos plásticos já deixando várias porções prontas. Barrinhas de fibras, de proteína e pedaço de coco sem açúcar também são boas opções.

alimentos

TENHA UTENSÍLIOS PARA TE AJUDAR – Hoje em dia, temos vários produtos que ajudam na organização da nossa alimentação. Temos bolsas térmicas bonitas e estilosas, potinhos de plásticos para guardar os seus snacks que serão consumidos durante o dia, garrafinhas térmicas, jarras para fazer água aromatizada, vale a pena dar uma conferida em sites de utensílios para a cozinha e produtos fitness.

alimentos

PENSE FORA DA CAIXINHA – Experimente novos produtos, saia da sua rotina alimentar. Entre em sites e procure receitas saudáveis. Hoje em dia, já temos bastante receitas sem glúten, sem açúcar, opções rápidas e práticas, porém, que podem ser saudáveis. Pegue algumas receitas e comece a fazer. As primeiras vezes parece difícil, mas com o tempo você se acostuma com os ingredientes, consistência e sabor. Aliás, tem receitas muito mais saborosas do que as convencionais.

alimentos

SE AUTOAVALIE – Veja quais são os pontos que estão sendo mais difíceis e impedindo que você siga a sua alimentação saudável. Conseguindo avaliar isso, com certeza, fica mais fácil saber o que você precisa fazer para melhorar. Está pecando na organização? Não tem ideias de receitas e preparo? Não sabe onde encontrar os produtos fora de casa? Então, se dedique a melhorar esse ponto! Após resolver isso, você consegue estabelecer um hábito e não fica mais difícil pensar e seguir a sua alimentação como deseja.

alimentos


Você pode também pode gostar de outros textos da autora: Creatina: além dos benefícios esportivos

 

Sobre o autor

Carla Trevisan

Carla Trevisan

Nutricionista formada em 2010 pela Universidade de Ribeirao Preto (UNAERP)
Pós graduada em Nutrição clinica e Fundamentos Metabólicos pela Gama Filho
Pós graduada em Fitoterapia Funcional pela VP
Pós graduada em Nutrição clinica Funcional pela VP

A nutrição funcional consegue tratar diversas patologias ajustando as deficiências de vitaminas e minerais, otimizando os processos metabólicos e tendo assim melhores resultados.

A fitoterapia me dá suporte para minhas prescrições sendo uma ferramenta importante nos diversos tratamentos.

Condições que podemos tratar:

- Obesidade
- Gastrite/refluxo
- Síndrome do intestino irritável
- Câncer
- Depressão/ansiedade
- Colesterol alto
- Hipotireoidismo
- Menopausa
- TPM
- Enxaqueca
- Prisão de ventre
- Gestante, nutriz
- Artrite/artrose
- Diabetes
- Alzheimer
- Ganho de massa muscular
- Osteopenia/osteoporose
- Intoxicações por metais pesados
- Alergia alimentar
- Rinite/sinusite
- Celulite, edema, queda de cabelo
- Acne, foliculite
- Hipertensão
- Distúrbios alimentares (anorexia, bulimia, compulsão alimentar)
- Introdução alimentar no bebê
- Insônia
- Anemia
- Infertilidade
- Fadiga crônica
- Psoríase
- Aumento de imunidade
- Fibromialgia