Cristianismo Espiritualidade Religiões

Ele

Homem segurando uma bíblia erguendo os braços pra cima
Chatkarenstudio / Canva

Ele está em tudo e em todos, mas não está. Ele é cada Ser que criou. Ele deu causa a todas as situações, relações, sentimentos. Ele “abraça” a todos, mesmo os Ateos (a palavra ateu é equivocada, porque “Teo” é Deus), só aguardando um momento de crença que Ele estará esperando pelo antigo descrente para abençoá-lo.

Conforme Jesus Cristo disse: “Ele dá a opção para amá-lo, caso impusesse, seríamos seus escravos”, por causa dessa discricionariedade que somos seus filhos. Jesus também menciona que Ele quer falar conosco, porém não deixamos pela “poluição” de nossa mente, ou pela vontade contumaz de falar e não de ouvir. Limpando-a, por consequência, tudo fluirá.

Ele é o mesmo para todos, mas não é. É Jeová, YHWH (Yod Hei Wad Hei), Alá, Deus, Inominado, Criador, Fonte Suprema, Brahma. Imagine que uma simples árvore já leva a uma interpretação diversa entre duas pessoas, imagine o nosso Criador! Afora a manifestação do ego pelas religiões, há a abstração do Ser, por isso de vários caminhos com a mesma finalidade, isso é desafiador e fascinante ao mesmo tempo.

Os humanos sempre necessitaram de imagens para conversar ou manter um contato, porém Ele sempre foi contrário a isso, já que quanto mais querem defini-lo, menor Ele será. Com o tempo, conseguiu-se “vencer” o politeísmo (imagens pagãs) e a idolatria, sem idolatria, foi arrefecendo sob a Terra. Entende-se que a melhor forma de sua descrição: Ele é e está e ponto final.

Já foram imagens de um velhinho barbudo, de um punidor, de um Ser sentado ao trono do céu, de o pai de todos, essas interpretações dão limites ao SER dos seres, a Fonte de tudo que está conectada em todos. Ele é infinitamente maior do que essas nomenclaturas. Ele está em cada um de nós, é dada uma “procuração” por Ele para que O represente da melhor forma possível, não só para os humanos, mas a todo e qualquer Ser! Não somos únicos nesse infinito Universo!!

Mãos orando erguidas para o alto
Soupstock / Canva

A aqueles que querem respostas de prontidão, nada mais é do que a ansiedade tomando conta, já que não existe tempo e espaço, uma vez que Ele quem criou. O tempo é relativo, por isso do subjetivismo da humanidade, os que estiverem “contaminados” mais serão afetados pelo tempo, já os que têm a paz no coração o tempo não atingirá. A fé é o melhor “veículo” para se aproximar Dele, ela é a esperança de que o “próximo presente” será abençoado.

Fé, esperança, paz, bondade e caridade são os pilares do centro energético do Amor, são os quatro cantos da pirâmide, unidos pelo vórtice central. Nos primórdios de qualquer Planeta, os primeiros habitantes têm a incumbência de fixar a pirâmide num determinado local estratégico para emanar essas energias. Com a Terra não foi diferente, no início tudo transcendia esses nobres sentimentos, contudo, com o tempo, o ego foi contaminando as pessoas e hoje vimos no que deu.

Você também pode gostar

Como um dos pilares, a fé e a esperança, a pirâmide regressará a iluminar todos os cantos do Planeta com uma luz Metatrônica que não sobrará nenhuma sombra, só permanecerá quem for da luz, ou com potencial dela. Para que os 4 pilares retornem e o Amor, verdadeira razão de Ser de todo o cosmos, vibre sobre a Terra.

Sobre o autor

Marcell Schaidhauer Barcellos

Marcell Schaidhauer Barcellos

Formado em direito. E pós-graduado. Porém, na parte espiritual, por enquanto, não detém formação. Sua busca está para o lado espiritual na mesma velocidade que as informações estão correndo no presente ano. Tem como missão divina despertar o maior número de pessoas na sua verdadeira realidade interior. Semear aquilo está claro para alguns, para que outros bebam da mesma fonte. O caminho é a mensagem, mas a finalidade é o amor.

Email: [email protected]
Site: marcellbarcellos.blogspot.com
Facebook: marcell.schaidhauerbarcellos
Instagram: @marcellschaidhauer