Autoconhecimento Psicologia

Há um entardecer chuvoso em todos nós

Edu Rocha
Escrito por Edu Rocha
Quantas vezes olhamos para além da janela e nos confrontamos com o tempo frio, chuvoso e com nuvens escuras que parecem esconder o sol e torcemos ansiosamente para que o tempo mude e a alegria surja como em um passe de mágica?

Detestamos tudo o que nos tira da zona de conforto e nos lança frente ao universo do desconhecido. Somo seres humanos, temos a tendência de preservamos aquilo que nos traz segurança e comodidade. E isso envolve uma série de ações, pensamentos e comportamentos que não causam nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. É uma lugar onde nenhum indivíduo se sente ameaçado e muito menos “molhado”.

Ficando nesse lugarzinho confortável, subestimamos a chuva, a noite, o frio e tudo mais que a vida tem a nós oferecer. Somos feitos de sol, chuva, dia e também noite. Há um entardecer chuvoso em cada um de nós… E isso é bom!

De fato, a gente sempre quer mudar de vida, na maioria das vezes entrando em forma, correndo atrás do sonhado pote de ouro ou simplesmente aprendendo coisas novas. Buscando habitualmente no mesmo lugar o segredo que nos trará essa mudança. Em meio a essa busca insaciável, não nos damos conta de que existe uma alternativa que nos trará uma mudança duradoura e significativa. Mude o modo como enxerga o mundo, a chuva, o sol, o dia e a noite. Mude de perspectiva e tudo mudará com você.

zona de conforto

O modo como enxergamos a realidade é influenciado pela posição em que nos colocamos na vida. Se da janela da cozinha você só consegue enxergar as mesmas coisas, a velha escola e todas as coisas que compõem aquele velho bairro, talvez tenha chegado o momento de você se admirar com outra vista.

A posição em que você se coloca te permite observar as coisas de uma perspectiva, mas se você se colocar na posição de outro indivíduo, mudar de janela, passará a observar sob a perspectiva dele. E isso afeta basicamente a nossa mentalidade de um modo geral.

Não nos damos conta de que o tempo em que permanecemos em uma mesma situação está diretamente ligado ao tempo em que permanecemos pensando do mesmo jeito. E não porque existiam poucas ou nenhuma alternativa para uma saída, pois de nada adiantaria duas portas escancaradas se você não decidir sair, não é?

zona de confortoÉ importante concluir que todos nós temos padrões de pensamentos e que esses padrões te colocam exatamente onde você está. E que se você quiser mudar algo na sua vida, ou ela completamente, precisará mudar a forma como enxerga e reflete sobre a sua realidade.

Perspectiva tem a ver com mudar o seu ponto de vista. Tem a ver com trocar de janela de vez em quando. Observe um dia chuvoso e nublado, assim como quem observa um dia de sol pleno. E você se surpreenderá com a beleza que sempre esteve ali. Verás que a chuva, de uma certa forma, foi sempre a mesma. Você que a observou com outros olhos.

Você pode fazer isso pensando nas possibilidades, ou olhando para a moldura toda, e estará habituando o seu cérebro a se concentrar menos em irritações sem sentido e problemas que não merecem sua atenção. E consequentemente se sentirá melhor.

Abraços!
Até a próxima!

Sobre o autor

Edu Rocha

Edu Rocha

Formado em psicologia, especializado em psicologia esportiva, poeta de horas vagas e apaixonado por música e por tudo o que move e comove o ser humano. Trabalho com atletas e grupos na área social, sob a ótica cognitivo comportamental. Proponho também a abordagem da "atenção plena" na prática com os atletas, que possibilita uma maior consciência das nossas experiências e mudança radical de atitude e perspectiva, que impacta em uma melhor qualidade de vida.

Email: [email protected]
Instagram: @eduardo_psi