Espiritualidade

Espiritualidade desigrejada

“O ser diante do nada? Quem somos sem o condicionamento religioso? Seriamos nós, sem a religião, pessoas selvagens, primitivas? Ou seria possível, sem o condicionamento religioso, ter ética e moral?”

O que seria espiritualidade desigrejada? Parece óbvia a resposta, só que não!

Ser espiritual sem ser de nenhuma igreja é ter comunhão com Deus, porém com resultados e realizações vindos da fé sobrenatural. Não se trata de ritos ou obrigações para alcançar resultados. Os sinais seguem aos que creem na palavra de Deus.

Espiritualidade desigrejada nada mais é do que ser livre, estar livre dos mitos, da prisão preventiva religiosa. Vamos problematizar isso um pouco.

Não depender de gurus, pastores, padres, mestres e outros. Ser dono do próprio destino, livre, livre para o amor. Querer ser feliz, senhor das minhas vontades e dono de mim.

Um homem quebrando correntes que atam os seu braços.
Urupong de Getty Images / Canva

Liberdade total, porém tendo consciência do que é a ética e a moral, utilizando-as sem precisar de ensinamentos religiosos. Ter ética e moral sem ter religião é como um tapa na cara da religião e dos moralistas de plantão. Ter respeito com a diversidade faz crescer o nível espiritual em relação ao Universo em geral.

Não precisamos da religião para criar um caráter. Sabemos que somos todos influenciados e influenciadores, que podemos mudar opiniões. Ter caráter e moral, bem como ter ética, não quer dizer nem sinalizar que somos religiosos.

Ser espiritual desigrejado é como ser um pássaro leve a voar. Parece loucura para os religiosos, no entanto o desigrejado é tão espiritual quanto o frequentador de denominação.

Sou desigrejado, falo com Deus diante da natureza, não em quatro paredes. Temos uma intimidade mais próximo com Deus do que quando se frequentava cultos. Existem pessoas fanáticas pela religião, que não aceitam mudar de opinião pelo fato de seguirem somente aquilo que aprenderam em seu estado de demência.

Queria ver um evangélico ou cristão assistir a documentários ou ler livros oficiais da teologia reversa, nos quais existem provas reais de que houve adulteração em diversos trechos da Bíblia, alterações em textos originais.

Muito bem! Se eles lerem teologia reversa, terão uma decepção imensa ao descobrir que grande parte do que lhes foi ensinado nunca aconteceu. Além disso, muita coisa relatada na Bíblia, segundo documentos oficiais históricos e pesquisas, é pura poesia, mitos, nunca aconteceu.

Um homem lendo uma bíblia.
StockSnap / pixabay

Infelizmente, eu não queria, mas terei que registrar: você foi enganado(a).

“Quer enxergar a ilha? Saia dela. Afinal de contas, do que você tem medo?”

Nenhuma coisa boa torna seu possuidor feliz, a menos que sua mente esteja habituada à possibilidade de perda. Educar a mente é não inventar um fantástico mundo, mas sim aceitar o ser diante do nada, sem alardes.

Espiritualidade é viver em silêncio, em paz, sem medo de flutuar sobre céus e infernos. É ser autêntico, solidário, fraterno, respeitar a diversidade. Ajudar ao próximo sem querer aparecer, sem alardes, sem mostrar à mão direita o que fez a mão esquerda. Óbvio, é ser secreto, enigmático, discreto e estar em movimento.

Ser espiritual é muito diferente de ser religioso. Porém muitos religiosos dizem que não são religiosos, mas seus comportamentos mostram que são tudo, menos espirituais; claro, isso se refere a alguns religiosos.

“A religião trava a mente e ela mente, porém, demente que é, prende gente pela retórica. Sofistas hipnotizam massas, que são de gente e, agora, moram na mente de gente que chora, que ora e em prece reza, espera e para, não anda sem ordem do clero ou do pastor. Vê se teu louvor chegou.” — Filósofo Nilo Deyson Monteiro Pessanha

“Desigrejado sou,
puro contato com o criador,
Não dependo do cajado apontador
Para mostrar para onde eu vou!
Eu sei,
eu sou o centro do Universo,
Sem problemas me peço um tempo
Aqui antes de ir,
Para debochar de quem acredita em
Mim sem ler aquilo que ainda
Eu não escrevi
” — Poeta Nilo Deyson Monteiro Pessanha

Muitas pessoas foram, ao longo da História, enganadas. Mentiram contra elas dizendo serem verdadeiras suas crenças, sendo que apenas mitos eram.

Tudo é passivo de investigação, então não acredite em tudo o que você aprendeu. Pesquisar sobre a história é evitar ser medíocre diante do orador. Quer ter argumentos para discutir? Leia sobre teologia reversa e filosofia, bem como sobre teologia e história da religião. Quanto mais você lê em livros, menos você se engana, mais você se afasta da religião, menor fica a distância entre Deus e você.

Uma mulher lendo um livro.
David Bortnik / Pexels

Ir além do bem e do mal, do super-homem, liberdade total, assim deve ser o desigrejado espiritualizado. Imparcialidade pura, comprometido apenas com a moral e a ética, logo é Deus, logo, o bem.

Deus estará sempre em todos os lugares. Repare na natureza, na simplicidade, no silêncio. Isso é Deus. Estamos diante do infinito, isto é, do Universo. Quando é que você vai compreender que Deus está mais na natureza do que nos gritos e berros vindos de palcos e “altares”?

O que é Deus? Como você prova a existência dele? Pensa com calma. Você consegue duvidar da sua crença? Não responda! Pense se você pode investir em pesquisar a história verdadeira sobre ela.

Ao longo de milhares de anos, pessoas morreram por causa da religião, desde escravos, índios e civis, que foram torturados pelas autoridades religiosas que desejavam se impor no poder. O passado da história da religião é muito violento. Você sabe quantas pessoas escreveram a Bíblia? Sabe quanto material escrito ficou de fora do texto “sagrado”?

Você sabe o tanto de textos bíblicos que foram adulterados para se alcançar o resultado de domínio de massa? Você desconfia que os textos bíblicos foram feitos para alcançar o resultado de interesse do clero? Qual é sua maior dúvida sobre a Bíblia? Você precisa crer pela fé, pois a letra mata, mas o espírito vivifica.

Qual é o maior desafio para você acreditar se isso aconteceu mesmo ou não? Será que houve o dilúvio em todos os continentes? Será que conseguiram juntar um par de cada animal em toda extensão dos continentes, se não havia, na época, estrutura para alcançar os continentes? Será que a arca de Noé poderia receber um par de urso polar da Antártida, um par de panda, um par de camelô, um par de pinguim…

Enfim, será que foi possível trazer um par de cada espécie de todos os continentes? Eles não se devorariam? Como foi feito para chegarem até a arca? Talvez a melhor resposta científica esteja ao pesquisar sobre teologia reversa.

Uma ilustração de uma grande arca que viaja em meio ao mar. Uma bíblia subjaz ao mar e à arca.
Javier Cruz Acosta / Shutterstock

Na Bíblia, qual é o maior absurdo que você acha impossível ter acontecido: a abertura do Mar Vermelho? O fogo cair do céu? Você talvez não acredite em saci-pererê, nem em mula-sem-cabeça, quiçá nem mesmo em unicórnios; mas talvez, pelo fato de cegamente acreditar em tudo que foi escrito por homens na Bíblia, você acredite em uma mula que falou com Balaão ou na serpente que falou com Eva. Tudo pode ser apenas mito, invenção humanas.

Não quero que você perca sua fé, mas que fortaleça sua crença por meio do saber direito das coisas, do conhecimento. Sou teísta, creio em Deus, mas não mais no deus religião, e sim no senhor Jesus.
Sou um pesquisador e filósofo, logo quero te provocar.

As respostas estão nas suas pesquisas. Dessa forma, não aceite nunca uma verdade dita e imposta sem antes ter tido a grandeza, o brio próprio de pesquisar profundamente sobre o assunto.

O ser espiritual desigrejado faz contato com Deus diretamente pela oração, pela observação da natureza. Consciência do Universo no sentido de saber direito quão importante é a imparcialidade diante de tanta complexidade. Quase nada pode ser provado por verdade última, absoluta e insubstituível. Neste sentido, há um turno enquanto vida, com leveza, aceitação e tolerância diante do outro que não sou eu, isto é, sobre aquilo que é diferente mesmo.

Desigrejado não significa afastado de Deus, pelo contrário! Significa próximo de Deus pelo contato sem intermediação do clero. Ter Deus no coração é ter o coração de Deus.

Enfim, somos todos livres, somos diante do nada.

Você também pode gostar

“Não toque em meu silêncio se não for para me apresentar uma companhia de verdade. Tudo é teatro, vaidade e interpretação. Existe o mundo espiritual, porém também, por mãos humanas, estórias foram criadas no lugar da história.”

Sobre o autor

Nilo Deyson Monteiro Pessanha

Sou filósofo, escritor, poeta, colunista e palestrante.
Meus trabalhos culturais estão publicados em diversas plataformas. Tenho obras e livros publicados.

Podem também pesquisar no Google: filósofo Nilo Deyson Monteiro Pessanha

Sou uma incógnita que deve ser lida com atenção e talvez somente outras gerações decifrem meu espírito artístico. Sou muitos em mim e todos se assentam à mesa comigo. Posso não ser uma janela aberta para o mundo, mas certamente sou um pequeno telescópio sobre o oceano do social.

Contato:
Email: dyson.11.monteiro@hotmail.com
Site: rota-om.com.br/
YouTube: FILOSÓFO NILO DEYSON MONTEIRO PESSANHA
Instagram: @nilo_deyson_monteiro_pessanha
Facebook: Nilo Deyson Monteiro Pessanha