Fitoterapia Saúde Integral

Fitoterapia: a cura pelo uso das plantas

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
As plantas e ervas podem trazer benefícios para a saúde de quem as consome. A fitoterapia é um tratamento que utiliza ervas medicinais para tratar e combater doenças. O fato é que mesmo com a explosão dos remédios, a procura por ervas medicinais vem aumentando a cada ano.

A busca por esta técnica é devido a sua cura terapêutica a fim de acalmar, cicatrizar, emagrecer, entre outros. Seu significado é: fitoterapia, do grego onde phitos = planta e terapia está relacionada a tratamento, ou seja, tratamento através das ervas.  

O método é uma terapia alternativa dentro da medicina alopática e não é uma especialidade médica, como a homeopatia ou a acupuntura. Mas o seu uso é tão antigo quanto a própria humanidade.

A procura pela fitoterapia

De acordo com algumas pessoas, o mercado de fitoterápicos cresce de 10% a 20% ao ano. E uma das causas desse aumento é a valorização de um hábito de vida mais saudável, seja pelo consumo de frutas e verduras, prática de exercícios físicos e menos consumo de remédios para dores cotidianas.

"O método é uma terapia alternativa dentro da medicina alopática (...)"

“O método é uma terapia alternativa dentro da medicina alopática (…)”

E esse aumento também é sentido pelo crescimento de profissionais envolvidos com este método, desde a execução de palestras e cursos, como abertura de lojas voltadas apenas para a comercialização desse tipo de planta.

Apesar do aumento e da crença que nenhuma planta faz mal, é preciso cuidado para não misturar muitas plantas fitoterápicas. As mesmas podem sim trazer efeitos colaterais. Um exemplo é a planta Comigo ninguém pode, que é considerada tóxica. Por isso, antes de consumir procure um terapeuta holístico e sane todas as dúvidas com ele.

Benefícios da fitoterapia
  • Proporciona maior contato com a natureza;
  • Uma única erva para tratar diferentes males;
  • Ajuda no combate de doenças infecciosas;
  • Auxilia no tratamento de doenças alérgicas;
  • Ajuda a acalmar.
Algumas plantas fitoterápicas

Babosa (Aloe Vera): pode ser cultivada tranquilamente na sua casa e horta. Entre os seus benefícios estão: tratamento para queimaduras e feridas. Na estética é utilizada em xampus, pois acredita-se que fortalece e dá brilho aos cabelos;

Cavalinha: Encontrada facilmente em quase todo o mundo. É rica em cálcio e potássio. Funciona como diurético e é usada também para o tratamento de rins e reumatismo;

Erva-cidreira (melissa): Também pode ser cultivada na horta ou em casa. Sua propriedade é calmante. Também é utilizada para combater o estresse e no tratamento de pessoas que sofrem de insônia;

Valeriana: Planta comum encontrada na Europa que é indicada para problemas de insônia, pois tem um efeito tranquilizante.

Espinheira Santa: Árvore de pequeno porte. Possui um pouco de espinhos. É utilizada para o tratamento de úlceras e problemas estomacais. Uns afirmam que ela ajuda a curar ressaca.

Já conhecia algumas destas ervas fitoterápicas? Que tal comprar e cultivar essas mudas? Reflita sobre os hábitos de apenas se medicar com os remédios. Talvez o corpo encontre nestas ervas a melhor resposta para uma dor que não cessa. Vale a reflexão.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]