Categoria - Fitoterapia

A missão do EuSemFronteiras é trazer dicas de bem-estar físico para conquistar bem-estar mental. Hoje, você descobrirá que fitoterapia é o tratamento de doenças com plantas medicinais. A palavra fitoterapia vem do grego “phyton”, que significa vegetal, e “therapeia”, que significa tratamento.

Não há consenso sobre a origem da fitoterapia, pois essa terapia surgiu em diferentes épocas, na China, por exemplo, teve início em 3.000 a.C. pelas mãos do imperador Cho-Chin-Kei, que relatou os benefícios da cânfora e do ginseng. Algumas das plantas mais usadas na fitoterapia são o agrião, alfazema, alcaçuz, alecrim, arnica, boldo do Chile e calêndula.

A fitoterapia consiste na produção de cápsulas, extratos e tinturas usando fitocomplexos, os princípios ativos das plantas em versão integral, ou seja, essas propriedades não passam por refinamentos ou qualquer outro processo que reduzam a quantidade dos princípios ativos. É importante esclarecer que fitoterapia é diferente de medicamento fitoterápico, porque a fitoterapia é baseada em produtos exclusivamente naturais, o medicamento fitoterápico é feito com produtos naturais modificadas industrialmente.

A fitoterapia serve para tratamento coadjuvante de problemas ósseos, como artrose e artrite, doenças respiratórias, tensão pré-menstrual, ansiedade, depressão, câncer e AIDS. Os benefícios da fitoterapia são: reduzir a toxidade dos medicamentos tradicionais e fortalecer o sistema imunológico. Mas para obter esses resultados, você deve se consultar com um especialista em fitoterapia para ter a prescrição correta e a certeza de que vai usar produtos com registro na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O uso da fitoterapia é tão aceito no Brasil que, em 2006, foi criado o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, que visa dar mais segurança a todos os interessados na terapia das plantas. Nesse programa, os especialistas ficam a par do desenvolvimento industrial, tecnológico e também há o melhoramento da fitoterapia e demais terapias complementares no Sistema Único de Saúde.