Saúde Integral

Os efeitos do estresse para o seu cérebro

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
O que te estressa? Um chefe chato? Discussões em família? Vizinhos barulhentos? Os motivos são infinitos e acabamos até acostumando com a ideia de que é normal ficar estressado. Mas nem tudo pode ser desse jeito para sempre. Pesquisas científicas constataram que ficar sob o efeito do estresse por muito tempo causa danos no cérebro. Então aquele momento de estresse que você acha que vai passar, mas fica se repetindo dia após dia, pode ser mais prejudicial do que você imagina. Veja abaixo as possíveis consequências caso você não dê um jeito no estresse em sua vida:

Irritação

Quando ficamos estressados, é normal surgir aquela irritação com os outros. Até mesmo coisas pequenas despertam momentos de raiva. O problema é que existe uma enzima que, quando é provocada pelo estresse, agride moléculas do hipocampo, que tem como função controlar as sinapses no cérebro, o que causa uma diminuição das conexões neurais. Isso quer dizer que a sua memória é prejudicada, a capacidade entendimento também e até a vida social é afetada, pois o seu cérebro vai se cansar mais com as interações sociais, o que vai fazer você evitá-las. Então, um momento de irritação pode parecer pouco, mas, se acumulados por muito tempo, podem ter esses efeitos nada bons para você.

O seu cérebro pode diminuir de tamanho

O estresse crônico (e a depressão também) pode diminuir o tamanho da região do córtex pré-frontal mediano do cérebro. A consequência disso é que a sua cognição e suas emoções serão afetadas. Em outras palavras, a sua capacidade de raciocinar, de ter autocontrole e de ter capacidade de lidar com as emoções vai diminuir, o que não é nada bom.

O estresse mata células

O hipocampo é a região do cérebro relacionada à aprendizagem, memória e emoção. Quando estamos em contato com novas informações, novos neurônios surgem nessa região do cérebro. O problema é que, ao passar por situações estressantes, esses neurônios recém-criados podem ser destruídos, isso por causa dos efeitos do cortisol, que é um hormônio liberado para diminuir o estresse.


Escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]