Autoconhecimento

Mude os seus hábitos em 3 passos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Hábito: inclinação por alguma ação, ou disposição de agir constantemente de certo modo, adquirida pela frequente repetição de um ato.

Ao longo da vida, vamos colecionando hábitos, alguns saudáveis, outros nem tanto. Os que fazem mal parecem raízes que nos fincam no chão. Mas, assim como uma árvore pode ser retirada quando é detectada uma doença, também podemos mudar os hábitos que prejudicam nossa vida, o livro “O Poder do Hábito” (Ed. Objetiva), de Charles Duhigg, mostra como.

Hábito: uma análise profunda

No livro, Charles Duhigg, repórter do New York Times esclarece que os hábitos possuem três pilares que se conectam: Deixa, Rotina e Recompensa.

  • Deixa

Algo que com o tempo se torna rotina. Um exemplo que ilustra bem isso é a ansiedade que só passa após uma tarde de compras no shopping. A ansiedade é a deixa, compras representam a rotina e o bem-estar é a recompensa. Quando você repete isso mais de dez vezes, chegará ao ponto de sempre querer fazer compras e não conseguir identificar que está ansioso.

  • Rotina

Acontecimentos provocados pela Deixa. Esses fatos podem ser o cafezinho pós-refeição, o chopp com os colegas do trabalho na sexta-feira, a macarronada no almoço de domingo… A rotina nem sempre é ruim e pode ser provocada por emoções ou por outras pessoas.

  • Recompensa

O que você recebe com a rotina. O ansioso fica bem quando come um doce, o apaixonado por café se sente bem quando toma a bebida…

3 passos para mudar seus hábitos

Investigação

Qualquer mudança envolve um raio-X de toda sua vida. Você precisa investigar como e quando esses hábitos maléficos tiveram início. Identificar os acontecimentos e emoções que fizeram tais costumes criarem raízes é o ponto de partida para traçar estratégias para se livrar das ervas daninhas.

Treinar a força de vontade

É isso mesmo! Força de vontade não é um presente que alguns privilegiados ganham ao nascer. O exercício abaixo é ótimo para treinar isso, veja como:

  • Determine a rotina que deseja alterar.
  • Modifique a recompensa, anote as 3 palavras que vierem a mente e coloque um alarme para tocar dentro de 15 minutos, para ver se continua desejando a recompensa.
  • Identifique a deixa, pilar que é provocado por 5 fatores: emoções, pessoas, lugar, hora e atos anteriores.

Colocando em prática

Para mudar os hábitos é preciso incorporar outros. Por exemplo, quem não fica um dia sem doces pode andar com um livro. Se após os 15 minutos a vontade continuar e sucumbir a ela, a pessoa escreve em um papel: “ansiosa, irritada e dispersa”.

Se no dia seguinte, uma mesa de doces chamar atenção e novamente comer, anote: “estou na doceria/restaurante”, “horário”, “ansiosa/tensa” (emoções), “estava fazendo outra coisa e parei aqui” (atos anteriores).

O ideal é fazer o exercício até conseguir diminuir o consumo de doces.

E você, precisa mudar algum hábito, ou já se livrou de costumes viciados? Queremos saber o que você está fazendo ou fez para mudar o que não estava bom em sua vida.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]