Saúde Integral

O poder de decidir

Márcia Leite
Escrito por Márcia Leite
Quando observamos o mundo ao nosso redor, passamos a entender o quanto somos importantes. Sim! Recebemos diariamente 1440 minutos para viver. Dia após dia. Isso é algo verdadeiramente especial. É um bilhete premiado de loteria! Temos uma mente fantástica que trabalha o tempo todo com extrema eficácia. E se você a desenvolve, ela fica ainda mais perfeita! Temos também um corpo superinteligente com múltiplas capacidades, algumas das quais nem sequer conhecemos. Nossos corpos têm poderes de autocura, autorregenerarão, auto-equilíbrio, e o melhor, ele trabalha sozinho, involuntariamente. Você nem precisa pensar para que isso aconteça. Fantástico, não é?

Mas o que nós fazemos com esta dádiva? Nada!

Diariamente vamos contaminando a vida com pensamentos limitados de indignação, críticas, vitimismo, raiva e frustração, fazendo da mente um depósito de amargura e dor e em pouco tempo contaminamos o corpo, os órgãos e a vida.

Os dias ficam sobrecarregados, sem alegria. É incrível o quanto desperdiçamos os nossos dias, achando que a vida é infinita. Deixando para depois coisas importantes para nós, em detrimento de coisas importantes para os outros. Logo, o corpo responde em forma de doenças, a mente já confusa, não consegue trabalhar em benefício próprio e passa a viver em busca de fugas. E aquilo que era puro poder de equilíbrio, se transforma em uma bomba relógio, prestes a explodir a qualquer tempo.

Se você tem uma decisão a tomar que vai melhorar a sua história, decida-se agora. Porque esta é a hora.

Em qual momento você resolveu se deixar para depois? Não! A vida não é infinita! Ela está contida no seu próximo minuto, na sua próxima escolha, no seu próximo passo. E você tem vinte e 4 horas neste dia de hoje, onde pode escolher recomeçar. Cada minuto do seu dia é apenas um sopro de tempo te trazendo uma nova chance. Não a deixe ir. Pare por um minuto e observe os seus dias com um novo olhar. Aquela nova vida que vai fazer seus dias mais felizes não se inicia na próxima segunda-feira, quando se aposentar, ou no próximo ano… Ela começa no seu próximo minuto, na sua próxima respiração. No próximo momento que você vai decidir viver cada minuto como se fosse o último.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Márcia Leite

Márcia Leite

Graduada em Farmácia e atualmente estudante da área de Humanas, mostro interesse em diversos temas. Incomodada com questões sociais e que mexem com a convivência e a saúde das pessoas.