Saúde Integral

O que é novembro azul?

Fundo azul da fita da conscientização do câncer da próstata. Símbolo da conscientização do câncer de próstata, isolado no fundo azul.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada no mês de novembro. A ação é dirigida à sociedade, principalmente aos homens, com o objetivo de conscientizar sobre as doenças masculinas, enfatizando a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O movimento surgiu na Austrália, em 2003, com o nome de Movember, pegando o gancho com as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, que acontece em 17 de novembro.

novembro azul

Já aqui no Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o simples objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e fazer o exame de toque, quando necessário. A iniciativa teve ampla divulgação e em 2014 o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil, que incluíram a iluminação de pontos turísticos, adesão de celebridades, ativações em estádios de futebol, corridas de rua e autódromos, além de palestras informativas e intervenções em eventos populares.

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que pesa cerca de 20 gramas e se assemelha a uma castanha. Ela fica localizada abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

Sintomas do câncer de próstata:

No início, o câncer não apresenta sintomas e, quando começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, o que dificulta a cura. Na fase avançada os sintomas são:

-dor óssea; 
-dores ao urinar; 
-vontade de urinar com frequência; 
-presença de sangue na urina e/ou no sêmem.

Fatores de risco:

• histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
• raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
• obesidade.

novembro azul

Prevenção e tratamento:

Para garantir a cura do câncer de próstata é necessário o diagnóstico precoce, ou seja, mesmo na ausência dos sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem os fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, o que permite ao médico avaliar possíveis alterações na glândula, como o endurecimento e presença de nódulos suspeitos, além de também fazer o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

Cerca de 20% dos pacientes são diagnosticados somente pela alteração no toque retal, porém outros exames podem ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

Por fim, o importante é se manter atento aos sintomas, mas principalmente fazer o acompanhamento médico regularmente.

O câncer, assim como outras doenças, pode se desenvolver por causa de problemas emocionais e psicológicos que carregamos (você pode conferir mais aqui no livro de Cristina Cairo “A Linguagem do Corpo”).


Você também pode gostar de outros artigos do autor: O que a meditação faz com o seu cérebro

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]