Saúde Integral

Descubra os benefícios da magnoterapia

doctor examining woman at Magnetic resonance imaging
Bruna Rei Freitas
Escrito por Bruna Rei Freitas

De acordo com Werner, “saúde significa ter capacidade de lidar com as mudanças nas condições externas, ou seja, ser resiliente; da mesma forma que estar saudável está diretamente ligado a nossa capacidade de se adaptar ao meio ambiente interno, nosso organismo”.

Para o auxílio desta adaptação, a Magnetoterapia é uma prática única de restabelecimento da saúde através da aplicação de magnetos nas áreas afetadas pela dor, ou apenas nas áreas reflexas dessa sensação. O magnetismo, por ser um fenômeno reconhecido pela física, já possui comprovação científica, o que facilita tanto sua aplicação quanto sua aceitação nos dias hoje – apesar de ser uma prática milenar.

Mas, afinal de contas, o que é um magneto?

É um corpo constituído por um material que gera atração por partículas de ferro e que suspensos, são capazes de indicar a direção norte-sul. Desta forma, pode-se definir magnetismo como a força de interação que existe entre dois magnetos que, como resultado, geram o movimento dos elétrons.

Como tudo o que nos cerca e nos constitui são formados por células, e estas por elétrons, podemos afirmar que o efeito dos magnetos afeta em maior ou menor grau todos os organismos vivos; deduzindo – se que o campo magnético gerado pela interação dos magnetos no corpo tem efeito sobre as propriedades magnéticas do corpo vivo.

No corpo humano, cada órgão e substância desempenha um papel importante, porém, daremos ênfase ao sangue, cuja função juntamente com os magnetos tem repercussão na saúde em geral.

Medical Device For Physiotherapeutic Treatment Of The Magnetic F O magneto atrai não somente o ferro presente no sangue, mas também todo líquido orgânico existente no organismo. Ao ser aplicado no local escolhido por seu desequilíbrio, ondas magnéticas são geradas, e ao entrarem em contato com as ondas magnéticas da região afetada, produzem calor e, consequentemente, este auxilia na redução de dores e inchaços.

Outra reação esperada com a aplicação de ímãs é o aumento na movimentação da hemoglobina, que auxilia na diminuição do acúmulo de substâncias nas artérias como o colesterol, partículas de cálcio, entre outros. Com a purificação do sangue, a circulação aumenta diminuindo a dor e o cansaço que possam aparecer em determinados casos. Pacientes com Ataxias, que apresentem quadros clínicos relacionados a estas questões podem se beneficiar com esta terapia e complementar seu tratamento diário.

A indução Magnética gerada pela aplicação de magnetos na musculatura gera estímulos através de uma corrente elétrica, o que auxilia na regulação do sistema nervoso e endócrino, ou seja, a produção de hormônios, regulando todo o organismo para responder melhor a qualquer outro tipo de tratamento convencional, tornando o indivíduo mais resistente a qualquer tipo de doença.

O principal objetivo da Magnetoterapia é aumentar o índice de ionização dos líquidos orgânicos do nosso corpo, facilitando a comunicação celular e consequentemente sua função, gerando processos saudáveis no corpo humano.

Outra função é melhorar a transmissão dos impulsos nervosos, afetando o envio e a recepção das informações nervosas que mantêm a homeostase do organismo, deixando mais uma vez o indivíduo suscetível à saúde e não ao processo patológico, restaurando-a e facilitando o próprio equilíbrio do corpo.

Sobre o autor

Bruna Rei Freitas

Bruna Rei Freitas

Com uma vasta experiência na área da saúde, é formada desde 2009 pela Universidade Anhembi Morumbi em Naturologia e graduação modulada em Fitoterapia. Possui pós graduação em Medicina Ayurvédica pelo Instituto Naradeva Shala, curso de extensão universitária em Avaliação e Tratamento Interdisciplinar em Dor pela USP, além de cursos de extensão universitária em Iridologia, Terapia Floral e Antroposofia.

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 98307-0834
Site: www.espaconaturezahumana.com.br