Autoconhecimento Coaching Relacionamentos

O que mata um relacionamento?

Não, não é a mídia, a internet, a modernidade, a TV, o feminismo, o machismo, ou qualquer outro fenômeno o responsável pela quantidade cada vez maior de namoros e casamentos em crise, ou destruídos.

O câncer que corrói os relacionamentos chama-se EGOÍSMO. Nenhuma relação sentimental, até mesmo a amizade, pode perdurar se uma das pessoas priorizar a satisfação egoísta de seus desejos e vontades.

O egoísmo gera apenas mágoas e tristezas. O egoísmo edifica altas muralhas, escava profundos abismos entre pessoas que desejavam viver unidas sempre e para sempre.

Certamente, haveria muito menos sofrimento no mundo se as pessoas egoístas, ou seja, que não estão dispostas a dedicar-se à felicidade do outro, tivessem a sabedoria de permanecerem sozinhas.

Todo relacionamento deve ser uma rotina de doação mútua. Do contrário, ambos serão infelizes. E assim, alianças que deveriam ser eternas quebram-se como o mais barato vidro.

Neste sentido, precisamos evidenciar que egoísmo é sinal de imaturidade, pois trata-se de uma atitude natural nas crianças, as quais não precisam ser ensinadas a buscar sua satisfação pessoal acima de tudo e todos.

Então, fuja dessa imaturidade emocional, pois quem não tem prazer na satisfação e na felicidade das pessoas próximas, jamais será plenamente feliz, ou seja, se torna uma pessoa insaciável em seu egoísmo e por mais que você faça, jamais estará bom para o outro.

Alimentar o egoísmo do outro é tentar enxugar as águas do oceano.

Sobre o autor

Rogério Prado

Rogério Prado

Professor Rogério Prado é graduado em Letras, coach sentimental, escritor, poeta, especialista em comportamento, palestrante e produtor do canal do Youtube Vida em Abundância - palavras que transformam tua alma.

E-mail: [email protected]
Telefone/WhatsApp: (44) 99974-7726