Convivendo

O que podemos aprender com o Dia da Mentira

Um homem de smoking realizando uma expressão de surpresa. Seu nariz é grande e pontudo.
sifotography / 123RF
Escrito por Liggia Ramos

Mentira tem perna curta, ainda mais as mentiras que contamos para nós mesmos! Neste artigo quero aproveitar a brincadeira de todo 1° de abril para uma reflexão.

Ok, você está liberada para brincar com outros neste Dia da Mentira. O termo em inglês é “April Fools’ Day” (Dia dos Bobos de Abril, em tradução livre) e lembra muito o arcano O Louco do tarot – a criança pura e brincalhona.

Mas como toda criança um dia cresce e precisa amadurecer, que tal conversar com a sua Criança Interior e averiguar se vocês estão de pazes ou de birras? Parece papo de louco, não é? Não se assuste. Dizem que de louco todo mundo tem um pouco, então está tudo certo!

Agora, quer saber qual a pior loucura que se pode cometer?

Uma mão segurando uma bolinha de papel. Nesta, várias vezes a palavra "lie" escrita.
Ekaterina79 de Getty Images Signature / Canva

É enganar si mesmo. Levar uma vida à base de sobrevida, de autoenganos e inseguranças. Não arriscar para realizar sonhos por medo da opinião alheia, de mendigar atenção e viver ‘meios’ relacionamentos. Não dar o melhor de si nem se dedicar na profissão que escolheu, nem desenvolver os potenciais humanos e espirituais que Deus deu, visto que Ele deu a vida para cada um cuidar da sua.

Então eu te pergunto: como você vem cuidando da vida? Quem você vem sendo nesses últimos tempos? Será que a sua Criança Interior está feliz? Você tem acolhido a sua criança?

Pois bem, toda brincadeira tem hora certa para iniciar e para acabar. Hoje, você é uma adulta com muitas experiências vividas. Cabe a você refletir que tipo de jornada está criando para si mesma. Saiba que, por mais que o tempo passe, ainda temos tempo para recomeçar ou construir uma nova jornada, então o primeiro passo para tirar o próprio ‘véu da mentira’ é reconhecer a pessoa que se tornou hoje e agradecer a si mesma por todas as experiencias vividas.

Você também pode gostar

Depois, dedique um tempo para se conectar com sua criança interior e dizer a ela que tudo o que fez até aqui foi o seu melhor e que, daqui em diante, você vai se dedicar a melhorar mais ainda. Ah! E diz a ela que não vai mais abandoná-la, que sempre que puder vai se divertir e fazer coisas gostosas como uma criança pura e inocente, enquanto vai vivendo uma vida adulta madura, consciente e cheio de realizações.

Sobre o autor

Liggia Ramos

Sou numeróloga e oraculista com mais de quatro anos de experiência em atendimentos online e em feiras esotéricas, como Mercado Místico e Mystic Fair. Tenho conhecimento nas vertentes pitagórica, kármica, quântica e também na leitura do tarot, baralho cigano e baralho cromoterápico. Uno as técnicas aprendidas com muita pesquisa, leitura e o meu amor ao próximo, trazendo respostas e direcionamento para a vida dos consulentes. Chamo isso de numeroterapia, pois tudo que faço é com base na ciência e na terapia dos números. Uma vez compreendida, a vida flui com mais leveza em direção à prosperidade e à evolução cósmica.

Seja bem-vindo(a)!

Contatos:
Email: ramos.liggia@gmail.com
Linkedin: Liggia Ramos
Facebook: liggiaramosnumeroterapia
Instagram: @liggiaramos
Site: www.liggiaramos.com.br