Autoconhecimento

O silêncio interno te ajuda a evoluir

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Para o Budismo, falar é um ato muito importante, porque ao falar você está liberando energia. Em cada palavra que diz, uma parte do seu Chi (energia vital) sai de você. Por isso, é preciso escolher muito bem as palavras que vai usar, quando usar e porque usar.

Palavras machucam, curam, alegram, entristecem, sugam e dispersam energia. Ou seja, falar é um ato de grande responsabilidade. Por isso, o silêncio interno é muito importante. É nele que acontecem suas reflexões, pensamentos, ideias e conclusões. É ele que te ajuda, também, a decidir o que falar e se você precisa de fato fazer isso.

O silêncio interno traz sabedoria. Se você aprender a dizer somente o necessário e de forma correta, saberá falar sem perder seu Chi. Vale dizer que isso significa não falar coisas negativas como mentiras, reclamações, palavras chulas, julgamentos, críticas desnecessárias e promessas que você não pode cumprir.

Você é como o universo. Portanto, se falar coisas negativas, receberá negatividade. Então, fale coisas boas e necessárias ou não fale nada. Mantenha-se em seu silêncio interno, refletindo, pensando e aprimorando seus conhecimentos, até o momento que de fato seja necessário expressar o que você pensa.

O silêncio também te permite observar, ato muito importante para a evolução. Observe com atenção tudo em sua volta e deixe em você marcas das coisas boas. Aprenda com elas. O que for ruim jogue fora. Somente o silêncio proporciona a experiência da observação e do aprendizado.

Seja humilde, tenha compaixão, não se apegue às coisas. Falar demais mostra que você é prepotente e se acha mais inteligente do que os outros. O silêncio é o melhor caminho da humildade, da compaixão e da benevolência. Permita-se, também, ter discrição a respeito de sua vida. Falar muito e expor suas conquistas ou anseios mais do que devia pode chamar energias negativas. Guarde tudo para si por todo o tempo que puder. Lembre-se que isso não é sinal de desconfiança, mas, sim, de proteção. É sinal de que você está liberto da opinião de pessoas que não se importam com você.

“O silêncio também te permite observar, ato muito importante para a evolução”

Estar em silêncio também ajuda a compreender que competições são desnecessárias. Afinal, o próprio universo nos dá tudo o que precisamos: água, energia, alimento, luz e ar para respirarmos. O resto será fruto do nosso carma. Não permita que seu ego cresça e infle. Seja bondoso e humilde. Preserve sua paz interior. Não há nada melhor na vida do que saber estar calmo e tranquilo consigo mesmo.

Todas essas características são alcançadas por intermédio do silêncio interno. É absolutamente necessário ter um momento de silêncio interno todos os dias – quanto maior for o tempo de duração desse momento, melhor.

Pratique a arte de não falar. Fique em silêncio. Mostre respeito por você, pelo próximo, pelo planeta e pelo universo. Sinta a força e o poder do silêncio. Com isso, você será mais tolerante, mais humilde e sábio, além de ter seu Chi preservado.


Texto escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]