Autoconhecimento

5 passos para se reconectar

Mulher sorrindo enquanto toma banho de chuva.
Antonio Guillem / 123RF
Luh Keskissian
Escrito por Luh Keskissian

E se você pudesse dar um passeio em torno da sua existência? E se você pudesse mergulhar nas águas mais profundas de seu próprio ser?

Começando a lançar o olhar, sobre o que éramos antes desta histórica pandemia, observamos que sim, esses anteriores é que foram tempos difíceis, em que não tínhamos tempo para nada, não tínhamos tempo nem atitude para olhar para as pessoas ao lado, muito menos de olhar para si!

Talvez você esteja se perguntando se foi antes ou depois disso tudo que o brilho nos olhos se ofuscou e deu lugar à ansiedade, tristeza ou angústia!

Sabe aquele olhar que lhe fazia conquistar tudo que se sonhasse? Aquele olhar de criança, sereno e ingênuo, que podia criar um Universo de possibilidades e encantos na mente, liberto de mágoas, de ressentimentos e do ego… Onde ele estaria?

Refletindo sobre isso, poderíamos hoje conversar com aquela sua criança interior, que está aí, bem viva…

Talvez o seu lado adulto tenha cansado, se fechou, se ressentiu, encruou, se revoltou, desistiu… mas a sua criança interior não… ela está aí, sempre presente, quando requisitada!

E eu posso lhe provar isso…

Lembre-se rapidamente de:

  • uma roda-gigante bem iluminada
  • um sorvete bem cremoso e cheio de cobertura
  • um banho de espuma bem quentinho e cheiroso
  • um colo aconchegante
  • plumas coloridas
  • tintas e pincéis
  • a viagem dos sonhos
Três bolas de sorvete de chocolate com cobertura ao lado de cones de sorvete espalhados pela mesa.
Rawan Jo / Pexels

Algum dos itens acima fez seu coração se acalentar ou bater mais rápido?

Se sim… foi ela, sua criança interior, respondendo por meio do seu coração àquilo que sua mente teria racionalizado, argumentando:

“Roda-gigante pode ser perigosa”

“Sorvete engorda”

“Banho de espuma vai gastar muita água”

“Colo de quem? Alguém me ama?”

E assim você teria feito ao longo de toda a sua vida… criado argumentos para não realizar aquilo que é o mais importante, que é afagar a sua essência!

Você também pode gostar

Mas você não chegou até aqui à toa! Se você encontrou este texto, é porque ele é para você, sim! Afinal, como dizia Osho: “Nunca existiu uma pessoa como você antes, não existe ninguém neste mundo como você agora nem nunca existirá. Veja só o respeito que a vida tem por você.” E por você, por sabermos o quanto a sua alma necessita de cuidados especiais, estamos aqui com estes cinco passos para você resgatar o seu brilho interior!

1: Não acredite quando disserem que isso é normal! Quando dói a alma, cuide dela, e não espere incentivo ou que o outro o faça por você! “O estado natural da alma é a felicidade”, apenas redefina seu critério sobre ser feliz! E nisso o mestre Roberto Shinyashiki nos inspira: “Para ser feliz, você não precisa de grandes conquistas materiais. Você já tem o pôr-do-sol, as estrelas, os pássaros, o sorriso dos seus amigos, seus irmãos. Agradeça a Deus, pois você tem sua vida. Tem o dia que está começando, tem sua força e determinação. Com todos esses presentes da vida, o resto você constrói.” – Roberto Shinyashiki

2: Saia do automático: “A vida é assim e não posso mudar”. Acorde! Sim, nós entramos nessa hipnose geral, de que tem que ser um escravo das normas sociais e acabamos fazendo tudo que todos fazem ou somos só criticismo, em relação aos outros! Saia disso, se reinvente pelos seus próprios parâmetros! O que são os outros? O que eles sabem sobre a trajetória da sua alma? É a si mesmo que você deve se consultar para ir na direção das suas verdades e daquilo que lhe preenche a alma!

Mulher com os cabelos ao vento sorrindo em um campo de centeio.
Quan Nguyen / Unsplash

3: Desconecte-se das redes sociais, ao menos uma vez por semana! Sabemos que sua curiosidade está louca para saber se fulana(o) voltou com o(a) ex, se seu(sua) ex está com outra pessoa, se sua ex-amiga se deu bem… Opssss… detecte um padrão aí, olha você deixando o passado ocupar o seu precioso tempo presente! Tanta gente nova ao seu redor e você conectado(a) com coisas que já não preenchem mais! Hora de fazer uma faxina geral! Na casa, na mente e nas coisas que o cercam! Mãos à obra!

4: Tenha em mente que o que parece negativo é muito positivo! Que se você está muito irritada, ansiosa, angustiada e cansada de tudo, é porque aquela vida sem sentido, cheia de dores, desorganizada, sem rumo ou totalmente desestruturada já não lhe serve mais! Se antes você ia tolerando as coisas ruins, hoje você chegou ao seu limite, a ponto de querer ir embora! Mas saiba, não é um querer desistir, é apenas querer aliviar uma dor gigante que até muitas vezes rouba o ar! É apenas o lado adulto querendo fugir… ele já não encontra respostas racionais para os problemas que não consegue resolver! Então é hora de tirá-lo do controle!

É hora de nutrir a criatividade, relaxar, brincar, meditar, costurar, pintar, cantar, e tudo aquilo que faz a mente racional “dar um tempo!”

Pessoa pintando folhas de árvore em um papel com tinta aquarela.
Joanna Kosinska / Unsplash

Qual era o dom que você deixou de lado, por causa das obrigações diárias, como contas, filhos, casamento, trabalho e outras tarefas do cotidiano? Agora é a hora de você trazer isso para o momento presente! Coloque no seu dia aquilo que você sempre amou fazer, aquilo que no final da tarefa fez você sentir que você era ainda mais VOCÊ!

5: E por último lembre que você não está só, use terapias integrativas, naturais e saudáveis, aquelas que cuidam de você como um todo, seja seu corpo, sua mente, seu campo vibracional, e todas as técnicas que se complementam, para realinhar os “fios soltos” dos seus pensamentos, em uma só palavra: bem-estar!

Este é o seu momento de reconexão, valorize, confie, acredite e floresça!

Você pode, você é Luz!

Namastê!

Sobre o autor

Luh Keskissian

Luh Keskissian

Formada em arquitetura, desde 1992, comecei harmonizando ambientes, com cores, elementos de paisagismo e iluminação, e descobri que muito além da simetria e das formas harmoniosas existia algo mais sutil, que poderia contribuir ou interferir na vida de seus moradores. Foi então que com o Feng Shui pude trabalhar com a harmonização mais sutil e com a radiestesia e radiônica, e fui promovendo a cura quântica. Foi então que senti a real necessidade de saber mais sobre as energias e como isso se manifestava na saúde e no bem-estar de meus clientes. E as terapias integrativas foram sendo inseridas ao longo do caminho, enquanto fui permitindo que eu também obtivesse transformações essenciais ao longo do processo (aprendizado/aplicação das técnicas), como coach... fui acelerando transformações, e com o mindfulness as ferramentas foram sendo mais integralizadas em minha essência, fazendo com que a busca pelo bem-estar de todos, pelo equilíbrio da saúde mental, emocional e energética fosse hoje a minha missão de vida! Como MBA em gestão de projetos e pessoas, tenho implementado processos de transformação e como Master Practioner em PNL segui tratando traumas, bloqueios e limitações mentais, a fim de instalar crenças possibilitadoras. E agora como pós-graduanda em nutrição e doenças sistêmicas acredito na alimentação como essencial nos processos de cura. Lembrando que me submeto a todas as ferramentas que aplico, a fim de que você encontre a chave mestra para a sua qualidade de vida!

Email: [email protected]
Facebook: clubedaclorofila
Instagram: @lukeskissian