Autoconhecimento Comportamento

Os benefícios de ficar em silêncio todos os dias

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Na rua, o som dos carros, das buzinas e do rádio. No trabalho, pessoas conversando no telefone, dedos tamborilando sobre os teclados dos computadores. Na sala de aula, estudantes conversando sem parar ou crianças aproveitando o intervalo entre as aulas. Em casa, as panelas sendo lavadas e guardadas, a televisão, os cachorros. Nas redes sociais, vídeos engraçados ou de animais fofinhos fazendo alguma peripécia. Na televisão, uma série de propagandas, notícias, filmes e séries. Quais outros barulhos estão ao seu redor no cotidiano?

Quando prestamos atenção aos sons que nos cercam, percebemos que a vida é bastante barulhenta. Algumas pessoas até se incomodam com o silêncio, tornando até um percurso no elevador uma tentativa de construir uma conversa. O desejo de comunicar os próprios pensamentos ou de sentir que há alguma companhia no ambiente (tendo como exemplo as pessoas que deixam a televisão ligada sem assisti-la) faz as pessoas romperem o silêncio em qualquer situação.

Faça um rápido exercício. Pense sobre as seguintes reflexões: quantas vezes você já foi a pessoa que não consegue lidar com o silêncio de um ambiente ou de uma pessoa? Você já deixou a televisão ligada apenas para sentir que mais alguém estava com você? Sentiu medo ou desconforto ao atravessar uma sala silenciosa? Ficou torcendo para uma pessoa colocar uma música durante uma viagem de carro? Você é capaz de apreciar o silêncio?

Se você é uma pessoa que precisa de uma música ou de um barulho para se sentir melhor, está deixando passar uma experiência incrível. Permanecer em silêncio, ainda que por alguns minutos, pode trazer benefícios para a sua vida e para a sua convivência com outras pessoas. A seguir, descubra quais são as vantagens de se ficar em silêncio!

Imagem de uma mulher sozinha e em silêncio sentada sobre uma mureta em frente ao mar. Ela está concentrada e pensativa admirando a vista silenciosamente.
Imagem de SnapwireSnaps por Pixabay

1) Favorece a atenção

Em um ambiente barulhento, uma pessoa pode ser facilmente distraída. É como se ela estivesse fisicamente naquele lugar, mas mentalmente está perdida entre inúmeras informações. Permanecer em silêncio, nesse sentido, é o que permite a você prestar atenção em uma atividade específica, além de ocupar o mesmo lugar física e mentalmente.

2) Facilita o ato de pensar

Muitas pessoas alegam que só conseguem estudar ou se concentrar em alguma coisa se estiverem ouvindo música. E, então, elas passam a acreditar que o cérebro precisa de um estímulo sonoro para funcionar. A verdade é que esse órgão continua em atividade quando estamos em silêncio e ainda pode conduzir os pensamentos de forma mais eficiente. Se você estiver em uma situação difícil, refletir sobre ela em silêncio pode ser mais útil do que ligar o som.

3) Permite o diálogo entre duas pessoas

Ao pensar em “diálogo”, é comum que uma pessoa interprete que ela deve falar o tempo todo. Nesse caso, ou será um monólogo, com somente uma pessoa falando, ou será uma confusão, com dois indivíduos proferindo palavras ao mesmo tempo. Colocar-se em silêncio durante uma conversa é o que dá espaço para a outra pessoa se expressar. É assim que você será capaz de ouvi-la com atenção e sensibilidade.

Imagem de um casal de jovens menino e menina sentados em um banco em frente a um lindo lago. Eles estão abraçados e observado a paisagem em silêncio.
Imagem de pasja1000 por Pixabay

4) Ameniza a sensação de ansiedade

Alguma vez você já sentiu ansiedade ao ver uma série de notificações chegando por meio de seu celular? A chuva de informações que recebemos pode ser perturbadora em diferentes situações. É por isso que manter o seu celular silenciado por algumas horas pode ajudá-lo a relaxar, a fazer outras atividades e a sentir-se em paz. Esse silêncio será restaurador!

5) Alivia o estresse

Quando ouvimos barulhos e sons que não são úteis para o contexto no qual estamos inseridos, o estresse toma conta dos nossos sentidos. O desejo de que pessoas parem de falar, de que os barulhos da rua diminuam ou até de que uma goteira pare de pingar cresce junto com a irritação provocada por esses barulhos. Algumas pessoas dizem que não conseguem pensar quando um lugar está barulhento e se sentem estressadas por isso. O silêncio é a solução!

Conhecendo todos os benefícios de ficar em silêncio, basta saber como incorporar essa prática na sua vida, todos os dias. Você pode criar as suas próprias regras para isso, mas aqui deixamos algumas sugestões que vão ajudar você nas mais variadas situações do cotidiano:

Homem jovem usando barba e boina sentando em um banco de madeira no meio de uma floresta. Ele está em silêncio contemplando a beleza da natureza.
Imagem de Igor Yastrebov por Pixabay

1) Uma viagem silenciosa

Durante uma viagem, seja de carro ou de transporte público, fique em silêncio, sem ouvir música. Você terá a oportunidade de prestar atenção nas pessoas que estão ao seu redor, de se encantar com a paisagem de um lugar novo e de, quem sabe, decorar o caminho que você está fazendo.

2) Somente o essencial

Se você encontrou uma pessoa em um elevador ou está perto dela em um café, não há necessidade de começar uma conversa como se vocês tivessem intimidade. Permanecer em silêncio, nesses casos, é um sinal de respeito. Uma simples saudação é suficiente para mostrar que você sabe que a outra pessoa está lá. Construir uma conversa tão rápida pode ser constrangedor.

3) Chega de notificações

O silêncio do celular é essencial para quem precisa se dedicar a outras atividades. Deixe seu celular no modo avião por um tempo ou deixe-o desligado. Você vai perceber que terá uma sensação de paz instantânea, como se todo o barulho de um ambiente parasse de repente. Se não quiser ficar longe das redes por muito tempo, faça isso por uma hora, todos os dias.

4) Para ouvir mais

Quando estiver conversando com uma pessoa, em vez de interrompê-la sistematicamente, contando coisas das quais você se lembrou ou questionando o que ela diz, faça o exercício de ficar em silêncio para ouvi-la. Além de ser um sinal de respeito, também é uma forma de se comunicar com compreensão e atenção. Experimente ouvir mais do que falar!

5) Uma recuperação eficiente

Se você está tentando se recuperar de alguma doença e não consegue, tente ficar em um cômodo sem barulho, em silêncio, por algumas horas. Talvez você durma nesse processo, mas será um ótimo exercício para que o seu corpo relaxe e não tenha que lidar com as múltiplas distrações que o barulho promove nos nossos cérebros.

Imagem de uma garota jovem vestindo uma jaqueta jeans azul clara. Ela está em silêncio observando as folhagens que caíram da árvore em uma linda tarde de outono.
Imagem de klimkin por Pixabay

6) Apreciar sem dizer

Deparar-se com um novo cenário ou com uma paisagem de tirar o fôlego pode provocar a vontade de comentar cada detalhe do espaço. E se você poupasse o seu cérebro para que, em vez de ver e falar, ele só visse? É uma forma de concentrar a sua atenção em todos os pormenores desse ambiente incrível. Absorva tudo que há para ver e só depois comente sobre isso.

7) Um momento bem aproveitado

Viver um momento único, como uma cerimônia ou o pedido que marca o início de um relacionamento, não deve incluir a poluição de barulhos de todos os lados. Quando você estiver sentindo algo novo, aproveite esse sentimento, reflita sobre ele, analise como essas sensações são novas. Existem experiências que nem todas as palavras são capazes de traduzir. Então, permaneça em silêncio para um momento bem aproveitado.

8) Está na hora de refletir

Pensar sobre atitudes, comportamentos e decisões nem sempre é uma tarefa fácil. E será ainda mais difícil se você se cercar de distrações. Experimente refletir sobre algo em um lugar tranquilo, sem barulhos atrapalhando-o. Você vai perceber que é possível pensar com mais qualidade sobre uma questão se não tiver que focar nos mais variados sons.

Você também pode gostar

9) Para a raiva ir embora

Em um momento de raiva, milhares de palavras e argumentos poluem nossas mentes. Queremos brigar, discutir, tirar satisfações com a outra pessoa. É nesse ponto que a falta de silêncio pode ser agressiva e perigosa. Precisamos ficar em silêncio para esperar a raiva passar, colocar os pensamentos no lugar e só então procurar a pessoa com quem devemos conversar.

10) Antes de falar

Pensar antes de falar é intuitivo para algumas pessoas, mas uma novidade para outras. Nem sempre nós devemos falar tudo aquilo que pensamos. É preciso fazer uma autocrítica, repensar sobre falas e sentimentos que estão internalizados em nós. Por meio do silêncio, somos capazes de pensar antes de falar, para dizer somente aquilo que não magoará outras pessoas.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]