Autoconhecimento

Organize-se com 10 dicas da guru Marie Kondo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Atenção: o seu bem-estar também depende da sua organização!

A organização da nossa casa interfere diretamente em como nos sentimos no dia a dia. Quando perdemos o foco das coisas, tudo vira uma bagunça.

Não arranque os cabelos, existe uma solução eficaz para resolver isso. A guru nipônica Marie Kondo lançou alguns livros com dicas de organização incríveis para facilitar as nossas vidas interior e exteriormente.

Kondo é uma das pessoas mais influentes do mundo. Com apenas 30 anos, transformou as suas dicas em best sellers. Seu livro “A Mágica da Arrumação” já vendeu mais de 2 milhões de cópias pelo mundo e suas dicas prometem fazer com que a sua casa fique organizada definitivamente. Isso, é claro, se você fizer cada passo da forma certa!

Desde os 5 anos, Kondo descobriu que tinha o dom para organizar as coisas. Até se tornar uma das consultoras mais requisitadas do mundo, ela caiu em diversas armadilhas de “arrume sua casa em 5 minutos”.

Abusando de sua orientalidade, assim como no Feng Shui, Kondo resolveu compartilhar sua sabedoria ensinando como a organização da casa interfere diretamente no nosso bem-estar e na nossa saúde.

Com base no método KonMari, separamos algumas dicas valiosas de organização para você colocar em prática em sua casa e alcançar o tão sonhado equilíbrio.

  1. O que você realmente precisa?

Decidir o que você quer e o que não quer é o primeiro passo para engatar a mudança. E isso serve para todos os setores da vida, não só para casa.

Através do método KonMari, que é muito mais intuitivo do que técnico, se pergunte o que te traz felicidade, o que te acrescenta, o que você precisa de verdade. Consequentemente, as coisas que pode descartar surgirão.

Segundo o Feng Shui, os excessos são barreiras na energia da casa. Então, pense bem no que você quer e não somente no que pode jogar fora para liberar espaço.

  1. Etapas são importantes

Embora as pessoas costumem iniciar uma faxina por cômodos, o essencial é categorizar o que é preciso fazer. Não é questão de por onde você deve começar, mas sim das coisas que precisa organizar primeiro.

Foque em objetos espalhados, organize seus livros, as roupas sujas, libere o espaço para ter uma noção do que você está fazendo. Categorizar é importante porque reúne as coisas em um mesmo lugar e te ajuda a ter uma visão ampla do que você quer e do que pode descartar.

Especificar locais para guardar as coisas é essencial, pois te ajuda a sempre manter o ambiente organizado.

  1. Livre-se de bagagens sentimentais

Não tem jeito, é preciso dizer adeus ao passado. Pelo menos para o quê já não te acrescenta mais nada hoje em dia.

Separe as coisas que realmente te transmitem boas energias, aquelas que já cumpriram seu propósito ficarão bem guardadas na sua memória. Isso inclui cartas, fotos, roupas antigas e qualquer coisa que te remeta a outra época da vida e não faça mais sentido nenhum em estar presente nas suas coisas.

Foque no que te faz bem hoje, inclusive nas pessoas. Não adianta nada guardar bagagem sentimental de coisas que você nem sente mais. De pessoas que você nem conversa.

  1. Não acumule

Isso serve para livros e roupas. Por mais difícil que seja desapegar dos livros que você não leu e nem irá, das roupas que você nunca vai usar, pense no quanto essas coisas podem fazer diferença na vida de outra pessoa.

Sabe aquelas roupas de ficar em casa? Por incrível que pareça, esse tipo de coisa ocupa muito espaço no guarda-roupa. Você não precisa de tudo isso, dois conjuntos são mais que o suficiente para você ficar bem.  

E nada de usar a casa da mãe como depósito! Não adianta nada fazer uma limpeza no guarda-roupa e mandar tudo para casa de outra pessoa. O intuito da organização é se desfazer do que não é mais utilizado por você e abrir espaço para o novo entrar na sua vida. Se não existe lugar na sua casa, por que haveria espaço em outra? Deixe esse apego para trás.

  1. Use os espaços com sabedoria

Deixar as coisas bem visíveis facilita a organização e possibilita uma melhor visão do ambiente e das coisas que você possui. Se começar a empilhar sapatos, livros, quase sempre bagunçará as coisas tentando encontrá-las. Já pensou que dor de cabeça?

Não precisa comprar caixas e prateleiras que só ocuparão um espaço que pode ser organizado de forma simples. Exceto se for extremamente necessário, use suas gavetas para diferenciar cada tipo de coisa e faça uso dos espaços de forma consciente.

É muito mais trabalhoso acumular coisas e empilhá-las, do que organizar de maneira visível para que você encontre aquela roupa favorita em um piscar de olhos.

  1. Não deixe nada para depois

Faça tudo o que você precisa fazer hoje, por mais complicado que pareça é necessário. Organize em sua mente tudo o que precisa ser feito e faça no seu tempo.

  1. Separe a papelada

Durante organizações, muitas pessoas acabam se desfazendo de documentos importantes, portanto, é preciso separar um momento antes, durante ou depois de começar sua faxina para arrumar a papelada.

Evite deixar papéis expostos e guarde apenas o essencial, eles acumulam ácaros.

  1. Dobre suas roupas de forma adequada

Segundo Kondo, podemos guardar de 20 a 40 peças de roupa no mesmo espaço que conseguimos pendurar apenas 10.

Apenas casacos pesados, roupas delicadas e vestidos devem ser pendurados. Faça com que as roupas respirem, use a inteligência para destacá-las na pilha. Como foi citado anteriormente, empilhar é uma cilada para quem quer manter as coisas em ordem por algum tempo.

Isso pode te chocar, mas preste atenção! Não enrole meias porque isso só ocupa mais espaço, além de afrouxar o elástico existente nelas. Além disso, dobrar a roupa como um retângulo facilita a sua vida.

  1. Tenha o seu momento

Não deixe ninguém interferir na sua forma de organizar as coisas. Separe um momento solitário do dia, aproveite para relaxar com alguma música instrumental ou com o próprio silêncio.

Esse momento é seu, ninguém deve atrapalhar tentando ajudar. Tudo pode ter um impacto negativo na hora do desapego, seja a sua melhor companhia e aproveite esse contato com seu Eu Interior.

  1. Força do hábito

Se você quer uma organização duradoura, precisa seguir certas regras. Não adianta arrumar a casa hoje e deixar coisas espalhadas pelo chão amanhã.

Antes de sair, desarrume a sua bolsa, isso vai facilitar a sua vida e fazer com que tudo que precisa esteja ao seu alcance sempre. Resista à tentação quando chegar em casa depois de um dia cansativo, só pare para descansar se o ambiente estiver organizado, isso facilitará sua vida.

Como você pôde notar, essas dicas são bem fáceis de se colocar em prática, mas exigem certa dedicação. Siga elas à risca e tenha uma casa organizada e uma vida mais equilibrada com o passar dos dias.


  • Texto escrito por Juliane Rodrigues do Nascimento da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]