Autoconhecimento Filosofia Waldorf

Pedagogia Waldorf: A escola vendo seu filho como um ser único

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Rudolf Steiner (1861-1925) foi um filósofo austríaco que desenvolveu ideias em diversas áreas, desde a antroposofia, como a Pedagogia Waldorf, a agricultura biodinâmica entre outros. Neste texto vamos falar um pouco da pedagogia Waldorf.

rudolfsteiner

Rudolf Steiner

A primeira Escola Waldorf surgiu em 1919, na Alemanha. A orientação era de Rudolf Steiner e a escola recebia os filhos dos operários e funcionários da fábrica. No Brasil, a primeira Escola foi criada em 1956, em São Paulo.

Qual é a proposta da Pedagogia Waldorf?

O que caracteriza a pedagogia Waldorf é o modo como coloca as crianças, como seres harmoniosos em uma dimensão física-espiritual. O que mais ela tenta abranger é a relação com o mundo, para que a criança desde pequena se sinta livre para pensar, sentir e emergir em seu mundo.

O que ela busca agregar também são as atividades artísticas, como pintura, tricô, costura, trabalho em madeiras, jardinagem, não focando apenas nas questões intelectuais ou obrigatórias que são repassadas em aula nas escolas tradicionais. A proposta é desenvolver as crianças e os adolescentes em todas as suas dimensões possíveis,

O grande diferencial da Pedagogia Waldorf é a sua estrutura curricular que  dispensa livro didático e esta estruturada no desenvolvimento humano nas seguintes esferas: corpo, alma e espírito. Ou seja, desenvolver a imaginação, não oferecendo brinquedos prontos que limitam a criança de ela mesma construir o seu mundo.

Como é dividido o ensino da Pedagogia Waldorf?

Assim como em outras escolas, a pedagogia Waldorf é dividida em educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. O que muda é a forma de criar e ensinar. Conheça um pouco de cada uma das etapas:

shutterstock_106233647-2Educação infantil: Esta fase é o primeiro setênio (de 0 a 7 anos). Nesta fase as crianças conquistam o mundo, colocam para fora seus desejos e imaginação. Exercitar os sentidos é algo bem presente neste ensino. As atividades mais comuns são: brincar, fazer desenhos livres, fazer pão, coisas manuais, ouvir histórias, cantar.

Ensino fundamental: Esta fase compreende o segundo setênio (7 a 14 anos), onde o foco é o desenvolvimento intelectual da criança/adolescente. É composto pelo Núcleo Comum e uma parte diversificada. Tudo é levado em consideração respeitando a faixa etária de cada criança e o destaque fica por conta do professor de classe que acompanha os alunos por quatro anos.

Ensino médio: Este é o terceiro setênio (14 a 21 anos) onde o que prevalece é a integração dos conteúdos curriculares. Assim os alunos são desafiados a serem jovens críticos, que buscam os seus ideais. A muitos trabalhos de campo, teatro, desenhos e pinturas. Todos eles possibilitam vivências sociais.

O que diferencia a escola Waldorf?

Talvez o seu principal diferencial seja compreender e respeitar que cada ser é único. Algumas crianças tem mais facilidade, outras não. É um erro grande das escolas tradicionais colocar todo mundo numa caixa e fazer com que todos aprendam da mesma forma, sendo que na pratica isso não funciona.

Conhecer os limites, as dificuldades é fundamental para que cada criança saiba evoluir, crescer, amadurecer, aprender. Se você se interessou por essa pedagogia e gostaria que seu filho frequentasse uma escola assim, acesse esse link para encontrar mais perto da sua casa uma escola Waldorf.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]