Autoconhecimento Terapias

Por que ferramentas terapêuticas energéticas ou não, não me trouxeram os resultados que eu esperava?

Homem vestido de preto, sentado em pier, observando lago, montanhas e céu azul.
Karla Ramonda
Escrito por Karla Ramonda
Um sábio, em uma de suas palestras, certa vez disse: “A iluminação acontece rapidamente, mas após uma longa preparação”. Percebam o quanto de informação tem em poucos caracteres e pode imediatamente trazer luz à reflexão quanto aos padrões negativos repetitivos ou limitantes que há em nossas vidas após várias buscas por soluções, ou tentativas, como muitos diriam.

Essas buscas poderiam ter sido por meio de psicoterapia, coach, religião… E por meio de abordagens como o Psych-K®, EMF Balancing Technique®, Ressonância Harmônica, Reiki, Constelação Sistêmica Familiar, entre outros sistemas. Menciono essas por fazerem parte de minhas experiências mais próximas, tanto pessoais quanto profissionais. Todas elas, mais do que abordagens terapêuticas, são ferramentas para promoverem a autotransformação: traz à tona a sabedoria inata do indivíduo para o autodesenvolvimento dele. E esse é um processo contínuo, apenas diferenciando para qual o próximo nível que se vai em direção à automaestria. Assim, deixe de “comprar” a ideia de que abordagens energéticas, ou não, possam se apresentar como soluções mágicas que resolverão os seus problemas a partir de “fora” e no mesmo instante.

ferramentas terapêuticas

A verdadeira transformação ocorre com a ativação de suas próprias potencialidades, daquele poder inato, moldado ao longo do processo de amadurecimento em todos os níveis de nosso ser.
 Isso significa que, se algo em nossa realidade não esteja a contento, um estímulo às potencialidades internas se faz necessário para desenvolvermos os conteúdos de expansão e ele começa na alma, na consciência e será preciso exercícios e observações constantes (sem expectativas e julgamentos, apenas discernimento e receptividade para a verdade). A exemplo disso, se seu emprego ideal não chega, se você não é uma pessoa de sucesso de acordo com um script bem delineado e recheado de valores familiares e da sociedade, preste atenção, pois você pode estar em guerra com esse script que pode não ser necessariamente e genuinamente o da sua alma, mas do entorno. E, consequentemente, ao dar foco apenas às dificuldades e dramas, você deixa de estar alinhado com a experiência e a riqueza de aprendizagem que a vida pode proporcionar, além de considerar que qualquer limitação que acometa você ou a sua vida pode ser uma oportunidade de autodesenvolvimento em que os resultados essenciais possam ser colhidos mais à frente, demore o tempo que for.

Posso falar por mim mesma sobre o quanto contei com diversos sistemas ou técnicas que surgiram nestes últimos 30 anos para promover transformação de vida com a solução de meus entraves (de todos os tipos). Entrava em um, processava, caia e levantava… Seguia para outra experiência relacionada ao sistema de “cura” ou reprogramação, processava, caia e levantava, não necessariamente nesta ordem. E assim seguia sucessivamente, de tempos em tempos, provando as ferramentas terapêuticas ou de empoderamento, para acabar de vez com as dores emocionais e as sofríveis limitações.

ferramentas terapêuticas

Na verdade, quando se está na dor, a gente quer se livrar de vez do problema e uma saída o mais rápido de tudo o que ele possa implicar.
 Não queremos passar a vida apenas tentando, mas nem sequer nos abrimos, de verdade, para o reconhecimento amoroso do que consideramos problema, colocamos o foco nele, na não aceitação, na luta, no errado, no insucesso, na dor, no que o outro fez de errado para mim, enfim, não agradecemos por nada. Nem sequer tentamos e nos arriscamos a começar, mesmo que a nossa mente e o nosso coração estejam na direção contrária à vida, pois não a reconhecemos como oportunidade de contribuir e crescer. Seguimos mantendo a eterna insatisfação, mas se não agradecemos à vida, como poderemos dar algo a ela? Então, naturalmente, opera-se a lei do equilíbrio dinâmico entre o dar e o receber, um dos princípios do Universo. O que você dá, você recebe de volta.

Então, antes de querermos que um sistema ou uma ferramenta terapêutica, ou de suporte, seja quântica ou não, nos dê a solução para os problemas, sejamos coerentes na vida e com a vida. Trabalhemos ininterruptamente para transformar as nossas crenças, paradigmas, cultura, alinhando o pensar, com o sentir e com o agir: congruência pura! Se isso não estiver alinhado, o caminho poderá ser mais longo e tortuoso agora e também lá na frente. Então, conte com as suas iniciativas dia após dia para construir um quantum de energia com as intenções positivas para poder colher, quando for apropriado, ao seu bem maior e ao da coletividade.

Deixe de contar com os sistemas de cura energéticos/quânticos para fazer o trabalho por você. Valha-se deles, claro! E lembre-se de que o (verdadeiro) sucesso na vida começa com o sucesso espiritual. Ferramenta alguma ou facilitador algum fará por você se você não estiver engajado no seu próprio processo e expansão de consciência. Facilitadores, terapeutas e sistemas energéticos ou técnicas diversas darão, sim, o suporte e auxiliarão na iluminação e nas resoluções de limitações em algum nível do que quer que esteja se mantendo como limitação, porém não farão a mágica da maneira que costumamos esperar, porque o milagre somos nós!

Sentir, pensar e agir em congruência, a partir de hoje, requer treino e nada de julgamento. Comece!

ferramentas terapêuticas

O caminho se faz ao caminhar aprendendo, estudando, processando o conhecimento com a experiência, com o caminhar individual. É preciso saber como funcionam as Leis Universais para que possamos liberar paradigmas obsoletos e limitadores e abrir o coração e a mente para a verdade.

Desejo a você todo o sucesso e abertura para o amor em sua trajetória!


Você também pode gostar de outros artigos da autora: Limitações e potencialidades: você é quem escolhe, sabendo ou não

Sobre o autor

Karla Ramonda

Karla Ramonda

Facilitadora profissional de PSYCH-K® | Praticante de EMF Balancing Technique® | Terapeuta reikiana III-A (Mikao Usui)

​Facilito a reprogramação de conteúdos limitantes do subconsciente; a expressão de habilidades latentes; a saída dos processos de traumas e dores emocionais por perdas e mudanças bruscas em qualquer área da vida mais rapidamente que qualquer outro processo faria; mudanças de hábitos quanto a vícios - álcool e drogas ou compulsões em geral; facilito a expressão de habilidades para administração de equipes, finanças pessoais e organizacionais; harmonização em relacionamentos pessoais e profissionais; autoconfiança para concursos e eventos competitivos; o aumento de energia do sistema da pessoa para clareza, saúde, rejuvenescimento e paz profunda, entre outras metas relacionadas à autotransformação e a conquista de objetivos.

Saiba mais: Abordagens

Manifeste com magnificência o seu poder inato em qualquer área de sua vida e viva energeticamente consciente.
#reprograme seu subconsciente e
#atualize-se energeticamente.
Ajudo você na administração de suas emoções e energia.
Resultados perceptíveis desde a primeira sessão.
Atendimento de PSYCH-K® por skype: karla.ramonda

- Praticante/facilitadora de EMF Balancing Technique® (Eletro Magnetic Field Balancing Technique®) - Técnica de Equilíbrio do Campo Eletromagnético - Fases I a IV. (Energy Extension, Inc., Sedona, Arizona/USA).
- Constelação Sistêmica para atendimento individual com abordagem fenomenológica das Novas Constelações. (Pan Desenvolvimento Humano - Curitiba/PR).
- Practitioner em Programação Neurolinguística, pelo Instituto de -
Neurolinguística Aplicada - INAp/Rio, com certificação internacional pela World NLP Council.
- Facilitadora profissional de PSYCH-K® certificada pelo PSYCH-K® Centre International, Colorado/EUA.
- Iniciada em Reiki (Sistema do Dr. Mikao Usui), nível III – A (Mestre Marco Antônio Gomes/Curitiba/PR).
- Extensão universitária em Psicologia Corporal Reichiana.
- Jornalista graduada pela Univ. São Judas, São Paulo/SP.

Contatos:

Telefone: (041) 9 9929 2511 | Curitiba | PR | (Tim/whatsapp)

Email: [email protected] /
Facebook: facebook.com/karlaramonda
Site: karlaramonda.com